NOTIMP - NOTICIÁRIO DA IMPRENSA

Capa Notimp Acompanhe aqui o Noticiário relativo ao Comando da Aeronáutica veiculado nos principais órgãos de comunicação do Brasil e até do mundo. O NOTIMP apresenta matérias de interesse do Comando da Aeronáutica, extraídas diretamente dos principais jornais e revistas publicados no país.


PORTAL UOL


A nova rotina dos controladores de voo


Por Redação | Publicada em 19/10/2020 22:59

Na pandemia, o movimento dos aeroportos caiu 90% e trouxe um pouco de calma a uma das profissões mais tensas do mundo – a dos controladores de voo.

PORTAL PODER AÉREO


Esquadrilha da Fumaça vai sobrevoar o Rio de Janeiro no dia 20 de outubro

O objetivo é levar uma mensagem de esperança à população do Rio de Janeiro diante das dificuldades trazidas pela pandemia

Por Redação | Publicada em 19/10/2020 15:35

A Força Aérea Brasileira (FAB) realiza, na terça-feira (20/10), no Espelho D´Água do Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro (RJ), o Concerto Musical intitulado “O Amanhã nas Asas da Força Aérea Brasileira”, em homenagem ao Dia do Aviador e Dia da FAB, celebrados em 23 de outubro.

Durante o evento, serão respeitados os protocolos de prevenção à Covid-19, conforme as orientações das autoridades de saúde.

Na ocasião, o Esquadrão de Demonstração Aérea (EDA) – conhecido como Esquadrilha da Fumaça – realizará sobrevoos nos principais pontos da cidade, com passagem pelo Museu do Amanhã. O objetivo é levar uma mensagem de esperança à população do Rio de Janeiro diante das dificuldades trazidas pela pandemia: é a Força Aérea abraçando a cidade por meio de seus aviadores.

O dia 23 de outubro foi instituído como o Dia do Aviador e da Força Aérea Brasileira por ser a data em que Alberto Santos-Dumont realizou o primeiro voo com o 14 BIS, o aparelho mais pesado que o ar.

O fato histórico ocorreu no Campo de Bagatelle, em Paris, em 1906, quando o brasileiro percorreu 60 metros, voando a cerca de dois metros do solo, perante mais de mil espectadores e da Comissão Oficial do Aeroclube da França.

Serviço

Data: 20/10/20 a partir das 16h
Local: Museu do Amanhã – Praça Mauá, 1 – Rio de Janeiro (RJ)

PORTAL DEFESANET


Cerimônia na AFA marca despedida operacional do Tenente-Brigadeiro Amaral

Após 45 anos de carreira nas fileiras da Força Aérea Brasileira (FAB), o Oficial-General tomará posse como Ministro do Superior Tribunal Militar

Publicada em 19/10/2020 10:10

Uma cerimônia militar, realizada nesta quinta-feira (15), marcou a despedida operacional do Tenente-Brigadeiro do Ar Carlos Augusto Amaral Oliveira. Após 45 anos de carreira nas fileiras da Força Aérea Brasileira (FAB), o Oficial-General tomará posse, em alguns dias, como Ministro do Superior Tribunal Militar (STM). A solenidade, que ocorreu na Academia da Força Aérea (AFA), em Pirassununga (SP), foi presidida pelo Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Antonio Carlos Moretti Bermudez.

Participaram, ainda, da cerimônia o Comandante-Geral de Apoio, Tenente-Brigadeiro do Ar Carlos de Almeida Baptista Junior; o Comandante de Preparo, Tenente-Brigadeiro do Ar Luiz Fernando de Aguiar; o Comandante-Geral do Pessoal da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Luis Roberto do Carmo Lourenço; o Diretor-Geral do Departamento de Controle do Espaço Aéreo, Tenente-Brigadeiro do Ar Heraldo Luiz Rodrigues; o Chefe de Logística e Mobilização do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas, Tenente-Brigadeiro do Ar João Tadeu Fiorentini; o Chefe do Gabinete do Comandante da Aeronáutica, Major-Brigadeiro do Ar Pedro Luís Farcic; o Diretor de Ensino da Aeronáutica, Major-Brigadeiro do Ar Marcos Vinicius Rezende Mrad; Comandantes, Chefes, Diretores e Prefeitos de Organizações Militares da Aeronáutica; e o Graduado Master da Guarnição de Aeronáutica de Pirassununga, Suboficial Sandro Aurélio Renno Martinez.

O Tenente-Brigadeiro Amaral pousou na AFA a bordo de um T-27 Tucano e foi recebido pelo Comandante da Academia da Força Aérea, Brigadeiro  do Ar Ramiro Kirsch Pinheiro, e pelo Comandante do Corpo de Cadetes da Aeronáutica, Coronel Aviador Alessandro Barbosa Arrais de Oliveira. Depois, fez também um sobrevoo nas dependências da Academia em uma aeronave T-25. Após o pouso, encontrou-se com o Comandante da Aeronáutica para o início da cerimônia.

O Tenente-Brigadeiro Bermudez, em seu discurso, disse que uma importante etapa encerra-se para o Tenente-Brigadeiro Amaral e citou que o Oficial-General chega ao final da sua missão na Força Aérea do mesmo modo que o jovem Cadete Amaral enfrentou os desafios da vida acadêmica, agindo com sabedoria e paciência. "Ao escolher encerrar sua missão aqui na AFA, servindo de exemplo aos nossos bravos Cadetes, deixa mais uma vez um rastro luminoso que talha uma nítida mensagem nos céus da terra dessa Academia. Parabéns pela brilhante carreira e que ela sempre inspire nossos jovens filhos altivos dos ares", completou.

Emocionado, o Tenente-Brigadeiro Amaral comentou o fato da solenidade ocorrer no Ninho das Águias - como é conhecida a Academia -, onde realizou seus primeiros voos ainda como Cadete e de onde foi Comandante. “Retorno a esses laços que foram criados desde o primeiro dia que entrei na FAB. É um sonho de menino que tive a oportunidade de realizar. Mais uma vez, eu sinto que a Força Aérea me recebeu e cuidou de mim. Espero continuar contribuindo com toda minha energia, com tudo que eu tenho de melhor, tudo aquilo que me transformei. Sou muito grato à FAB e ao que ela me propiciou”, disse.

Homenagens

Durante a cerimônia, o Líder da Aviação, Cadete Aviador Ayrton de Figueiredo Miranda, entregou ao Tenente-Brigadeiro Amaral o cachecol de voo da Esquadrilha da qual o Oficial-General fez parte quando Cadete da AFA. O Comandante da Aeronáutica também entregou uma lembrança ao homenageado e os Esquadrões formados por Cadetes entoaram os gritos de guerra. Ao final do evento, a tropa desfilou em continência ao Oficial-General, ao som da canção Bandeirantes do Ar.

Carreira

O Tenente-Brigadeiro Amaral é natural da cidade do Rio de Janeiro. Ingressou na Força Aérea Brasileira em 3 de março de 1975. Foi declarado Aspirante a Oficial Aviador em 10 de dezembro de 1981 e atingiu o atual Posto em 31 de março de 2017.

Dentre os principais cargos que assumiu, cita-se: Comandante do Corpo de Cadetes da Aeronáutica, Presidente da Comissão Coordenadora do Programa Aeronave de Combate (COPAC), Comandante da Academia da Força Aérea (AFA), Vice-Diretor do Departamento de Ensino da Aeronáutica, Vice-Chefe Interino da Chefia de Operações Conjuntas (CHOC) do Ministério da Defesa, Diretor-Geral do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA), Secretário-Geral do Ministério da Defesa e Chefe do Estado-Maior da Aeronáutica.

O Oficial-General possui cerca de 3.000 horas de voo, das quais mais de 1.000 na Aviação de Caça, e recebeu 18 condecorações nacionais.

PORTAL AEROFLAP


Cerimônia militar marca passagem de Chefia do Estado-Maior da Aeronáutica


Agência Força Aérea | Publicada em 19/10/2020 16:31

Nesta sexta-feira (16), foi realizada a cerimônia militar de transmissão do cargo de Chefe do Estado-Maior da Aeronáutica (EMAER) do Tenente-Brigadeiro do Ar Carlos Augusto Amaral Oliveira ao Tenente-Brigadeiro do Ar Marcelo Kanitz Damasceno. A solenidade ocorreu na Ala 1, em Brasília (DF), e foi presidida pelo Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Antonio Carlos Moretti Bermudez.

Também participaram da solenidade os ex-Comandantes da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Juniti Saito e Tenente-Brigadeiro do Ar Nivaldo Luiz Rossato; o Chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas, Tenente-Brigadeiro do Ar Raul Botelho; o Chefe do Estado-Maior do Exército, General de Exército Marcos Antônio Amaro dos Santos; o Ministro do Superior Tribunal Militar, Tenente-Brigadeiro do Ar Carlos Vuyk de Aquino; integrantes do Alto-Comando da Aeronáutica; além de Oficiais-Generais da Marinha do Brasil, do Exército Brasileiro e da Força Aérea Brasileira; Comandantes, Chefes e Diretores de Organizações Militares, entre outras autoridades e convidados, civis e militares.

Durante a cerimônia, o Comandante da Aeronáutica relembrou alguns feitos importantes do Tenente-Brigadeiro Amaral. “Dentre tantas realizações, ressalto a aprovação da Diretriz do Comando da Aeronáutica 16-4, que trata do acompanhamento institucional do Comando da Aeronáutica, e que institui uma nova sistemática de monitoramento e avaliação das organizações subordinadas”, pontuou.

Em seguida, o Tenente-Brigadeiro Bermudez ressaltou alguns atributos do novo Chefe do EMAER. “Oficial-General congregador, dotado de aguçada visão estratégica, inconteste cordialidade, detentor de inquestionável capacidade de comando e gestão”, destacou.

Em seu discurso de despedida, o Tenente-Brigadeiro Amaral fez agradecimentos e recordou fatos marcantes do percurso da sua carreira militar. “Olhar para trás, após 45 anos de serviço, quero registrar que eu gosto do que eu vejo, das opções que eu fiz e das opções que fizeram por mim, porque isso ocorreu inúmeras vezes. O voo realizado nas asas da Força Aérea me permitiu experiências ímpares que confirmaram o que sou hoje, e me sinto muito bem, com o sentimento que valeu a pena”, declarou o Oficial-General.

Ao assumir o novo cargo, o Tenente-Brigadeiro Damasceno ressaltou o papel do EMAER para a FAB. “O Estado-Maior da Aeronáutica congrega o planejamento de alto nível da Força. Além de seguir os ditames do nosso Comandante, baseados nas diretrizes de Comando, o EMAER tem uma coesão muito grande com os Órgãos de Direção Geral e Setorial, de modo a planejar as ações em médio e longo prazo para o engrandecimento da Força Aérea”, destacou.

O Tenente-Brigadeiro do Ar Marcelo Kanitz Damasceno nasceu em Canoas, no Rio Grande do Sul. Ingressou na Força Aérea Brasileira em 08 de março de 1976. Foi declarado Aspirante a Oficial Aviador em 09 de dezembro de 1982 e promovido ao atual posto em 25 de novembro de 2018. Assume o EMAER após passar o cargo de Secretário de Economia, Finanças e Administração da Aeronáutica. Possui cerca de 6 mil horas de voo, além de 28 condecorações nacionais.

Foto e Vídeo: Gripen F-39E pousa em Brasília pela primeira vez


Por Redação | Publicada em 19/10/2020 12:33

Neste sábado, dia 17 de outubro, o primeiro Gripen F-39E brasileiro pousou pela primeira vez na capital federal Brasília. O caça chegou a capital por volta das 14h30 e veio  acompanhado por um F-5FM do 1º GAvCa (1° Grupo de Aviação de Caça da Força Aérea Brasileira).

A vinda do F-39E a Brasília é em virtude a sua apresentação oficial que vai acontecer na ALA-1 na sexta-feira, dia 23 de Outubro, data comemorativa ao Dia do Aviador e da Força Aérea Brasileira.

No vídeo abaixo podemos ver a chegada dos caças que foi liderada pelo F-5FM (biposto), também é possível notar o tamanho do Gripen em relação ao Tiger (F-5).

O FAB 4100 Gripen F-39E decolou do Centro de Ensaios em Voo do Gripen, localizado na planta da Embraer, em Gavião Peixoto (SP), onde está realizando os vários testes necessários para obter sua certificação.

Durante o dia 21 (quarta-feira) está previsto um voo de ensaio do caça sobre a capital federal.

O F-39E da FAB fez sua primeira decolagem no Brasil na tarde do dia 24 de setembro. A aeronave decolou do Aeroporto Internacional de Navegantes (SC) seguiu para Gavião Peixoto (SP).

As primeiras unidades operacionais do Gripen E/F estão previstas de chegar ao Brasil no final de 2021. Ao todo serão 36 caças Gripen F-39E/F, sendo que 15 serão construídos no país.

A previsão é que em 2026 a entraga dos 36 seja concluída. Os caças ficarão sediados na ALA 2, em Anápolis (GO).

 

C-390 Millennium recebe o Grand Laureate de Defesa concedido pela Aviation Week


Por Redação | Publicada em 19/10/2020 17:49

A aeronave de transporte multimissão C-390 Millennium, fabricada pela Embraer, recebeu hoje da revista Aviation Week os prêmios Grand Laureate, na categoria Defesa, e o Laureate Awards, na categoria “Melhor Novo Produto” de Defesa. “O primeiro C-390 de transporte/reabastecedor, maior e mais sofisticada aeronave já desenvolvida pela Embraer, foi entregue à Força Aérea Brasileira em 2019”, escreveu a publicação no site da premiação.

“Receber um prêmio tão tradicional como o Laureate Awards é uma distinção muito significativa do trabalho excepcional realizado por todos os colaboradores da Embraer, ao reconhecer o mérito dos nossos engenheiros e a capacidade da nossa força de trabalho em executar com excelência o desenvolvimento de um produto tão avançado”, disse Francisco Gomes Neto, presidente da Embraer. “A nova estratégia de negócios da Embraer tem foco no crescimento com aumento da rentabilidade e o C-390 Millennium desempenha um papel importante ao inserir a Companhia em um novo segmento de mercado”.

“Ficamos honrados com esta premiação, que é um reconhecimento da excelência dos nossos programas e desta aeronave, projetada para estabelecer novos padrões na categoria, que reúne desempenho excepcional e o menor custo de ciclo de vida no mercado”, disse Jackson Schneider, Presidente e CEO da Embraer Defesa & Segurança. “O C-390 Millenium oferece maior flexibilidade e valor para os operadores que procuram uma aeronave para realizar missões de transporte aéreo e mobilidade aérea, entre outros.”

Desde sua criação, o Laureate Awards da Aviation Week homenageia conquistas extraordinárias e personalidades inovadoras que representam os valores e a visão da comunidade aeroespacial global e que mudaram a forma como as pessoas trabalham e se movem pelo mundo. A Aviation Week reconhece as melhores realizações nos quatro pilares da indústria: Defesa, Aviação Comercial, Espaço e Aviação Executiva.

Em 2009, a Força Aérea Brasileira (FAB) contratou a Embraer para projetar, desenvolver e fabricar a aeronave C-390 Millenium em substituição à sua frota de C-130. As entregas para a FAB começaram em setembro de 2019. O C-390, que também foi adquirido recentemente pelo governo de Portugal, é um jato de transporte multimissão de nova geração que oferece mobilidade incomparável, rápida reconfiguração, alta disponibilidade e segurança de voo aprimorada, tudo em uma única e exclusiva plataforma.

A aeronave pode executar uma variedade de missões, como transporte de carga e tropas, lançamento aéreo de cargas e paraquedistas, reabastecimento aéreo, busca e salvamento, combate aéreo a incêndios, evacuação médica e missões humanitárias.

Voando mais rápido e agregando mais valor, o Millennium é a plataforma ideal para os principais cenários de utilização de uma aeronave de transporte aéreo. Um número minimizado de inspeções e uma filosofia de manutenção sob demanda, combinados com sistemas e componentes altamente confiáveis, reduzem o tempo da aeronave no solo e os custos totais da operação, contribuindo para níveis de disponibilidade excelentes e baixo custo do ciclo de vida.

O C-390 se beneficia de um moderno sistema de controle fly-by-wire com tecnologia integrada que diminui a carga de trabalho da tripulação e aumenta a segurança de sua operação. Além disso, o jato pode reabastecer outras aeronaves em voo, com a instalação de tanques internos de combustível removíveis, podendo também ser reabastecida em voo, proporcionando maior flexibilidade para missões mais longas. Um sistema avançado de autodefesa aumenta a capacidade de sobrevivência da aeronave em ambientes hostis.

Equipado com dois motores turbofan International Aero Engines V2500, aviônicos de última geração, uma rampa traseira e um avançado sistema de movimentação de carga, o KC-390 pode transportar até 26 toneladas a uma velocidade máxima de 470 nós (870 km/h), com capacidade de operar em ambientes austeros, incluindo pistas não pavimentadas ou danificadas. A aeronave pode transportar tropas, paletes, veículos blindados e helicópteros.

FAB apresenta trabalhos de novo sistema de comunicação brasileiro para uso militar


Por Redação | Publicada em 19/10/2020 23:00

A Mectron Comm – empresa brasileira do Grupo Ael Sistemas – apresentou, em setembro, o avanço do Projeto Link-BR2 para a Força Aérea Brasileira (FAB). O Sistema Link-BR2 permitirá à FAB a comunicação, em tempo real, entre vetores aéreos e estações de Comando e Controle.

Esta comunicação, realizada por meio de protocolo encriptado e com alto grau de segurança, proporcionará o compartilhamento de informações de radares, troca de mensagens, vídeos e outras inúmeras aplicações operacionais, permitindo a ampliação da consciência situacional de todos os participantes da rede, no ar e no solo.

A apresentação ocorreu em dois momentos, o primeiro na Ala 3, em Canoas (RS), e o segundo na sede da empresa, em Porto Alegre (RS).

Durante os encontros, foi tratado sobre o Design Reviews, quando foram verificadas  as modificações da Plataforma do caça F-5M e o Protocolo de Comunicação. Também foram verificadas as modificações que permitirão a integração no Sistema de Enlace de Dados Táticos.

A equipe da FAB também realizou visita ao Laboratório para comprovação de testes necessários e que garantem a confiabilidade das etapas desenvolvidas.

Visando a um esforço conjunto de gerenciamento e acompanhamento da evolução do Projeto Link-BR2, participaram da apresentação, representantes da Comissão Coordenadora do Programa Aeronave de Combate (COPAC), do Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE), do Comando-Geral de Apoio (COMGAP), do Comando de Preparo (COMPREP), do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA) e do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA).

De acordo com o Gerente do Projeto na COPAC, Major Especialista em Comunicações Romulo Silva de Oliveira, com a apresentação foi possível verificar a atual fase de maturidade do Programa.

“Estamos bastante satisfeitos com a evolução apresentada e estamos confiantes na preparação para a Campanha de Ensaios em Voo que, em breve, será iniciada. A integração dos diversos meios na Rede Link-BR2 colocará a Força Aérea em um novo patamar operacional, permitindo a  efetiva atuação na era da Guerra Centrada em Redes (NCW – Network Centric Warfare)”, finalizou o Major.

OUTRAS MÍDIAS


EMBRAER - C-390 Millennium recebe o Grand Laureate de Defesa concedido pela Aviation Week


Publicada em 19/10/2020 18:00

São Paulo, 19 de outubro de 2020 – A aeronave de transporte multimissão C-390 Millennium, fabricada pela Embraer, recebeu hoje da revista Aviation Week os prêmios Grand Laureate, na categoria Defesa, e o Laureate Awards, na categoria “Melhor Novo Produto” de Defesa. “O primeiro C-390 de transporte/reabastecedor, maior e mais sofisticada aeronave já desenvolvida pela Embraer, foi entregue à Força Aérea Brasileira em 2019”, escreveu a publicação no site da premiação.

“Receber um prêmio tão tradicional como o Laureate Awards é uma distinção muito significativa do trabalho excepcional realizado por todos os colaboradores da Embraer, ao reconhecer o mérito dos nossos engenheiros e a capacidade da nossa força de trabalho em executar com excelência o desenvolvimento de um produto tão avançado”, disse Francisco Gomes Neto, presidente da Embraer. “A nova estratégia de negócios da Embraer tem foco no crescimento com aumento da rentabilidade e o C-390 Millennium desempenha um papel importante ao inserir a Companhia em um novo segmento de mercado”.

“Ficamos honrados com esta premiação, que é um reconhecimento da excelência dos nossos programas e desta aeronave, projetada para estabelecer novos padrões na categoria, que reúne desempenho excepcional e o menor custo de ciclo de vida no mercado”, disse Jackson Schneider, Presidente e CEO da Embraer Defesa & Segurança. “O C-390 Millenium oferece maior flexibilidade e valor para os operadores que procuram uma aeronave para realizar missões de transporte aéreo e mobilidade aérea, entre outros.”

Desde sua criação, o Laureate Awards da Aviation Week homenageia conquistas extraordinárias e personalidades inovadoras que representam os valores e a visão da comunidade aeroespacial global e que mudaram a forma como as pessoas trabalham e se movem pelo mundo. A Aviation Week reconhece as melhores realizações nos quatro pilares da indústria: Defesa, Aviação Comercial, Espaço e Aviação Executiva.

Em 2009, a Força Aérea Brasileira (FAB) contratou a Embraer para projetar, desenvolver e fabricar a aeronave C-390 Millenium em substituição à sua frota de C-130. As entregas para a FAB começaram em setembro de 2019. O C-390, que também foi adquirido recentemente pelo governo de Portugal, é um jato de transporte multimissão de nova geração que oferece mobilidade incomparável, rápida reconfiguração, alta disponibilidade e segurança de voo aprimorada, tudo em uma única e exclusiva plataforma.

A aeronave pode executar uma variedade de missões, como transporte de carga e tropas, lançamento aéreo de cargas e paraquedistas, reabastecimento aéreo, busca e salvamento, combate aéreo a incêndios, evacuação médica e missões humanitárias.

Voando mais rápido e agregando mais valor, o Millennium é a plataforma ideal para os principais cenários de utilização de uma aeronave de transporte aéreo. Um número minimizado de inspeções e uma filosofia de manutenção sob demanda, combinados com sistemas e componentes altamente confiáveis, reduzem o tempo da aeronave no solo e os custos totais da operação, contribuindo para níveis de disponibilidade excelentes e baixo custo do ciclo de vida.

O C-390 se beneficia de um moderno sistema de controle fly-by-wire com tecnologia integrada que diminui a carga de trabalho da tripulação e aumenta a segurança de sua operação. Além disso, o jato pode reabastecer outras aeronaves em voo, com a instalação de tanques internos de combustível removíveis, podendo também ser reabastecida em voo, proporcionando maior flexibilidade para missões mais longas. Um sistema avançado de autodefesa aumenta a capacidade de sobrevivência da aeronave em ambientes hostis.

Equipado com dois motores turbofan International Aero Engines V2500, aviônicos de última geração, uma rampa traseira e um avançado sistema de movimentação de carga, o KC-390 pode transportar até 26 toneladas a uma velocidade máxima de 470 nós (870 km/h), com capacidade de operar em ambientes austeros, incluindo pistas não pavimentadas ou danificadas. A aeronave pode transportar tropas, paletes, veículos blindados e helicópteros.

EMBRAER - SEMANA DA ASA 2020


Publicada em 19/10/2020 05:43

O Instituto Embraer abre esta Semana da Asa inaugurando uma exposição virtual, com depoimentos, imagens e arquivos que ilustram a trajetória de sucesso do #Embraer #Tucano. O avião de treinamento voou pela primeira vez em 1980 e quebrou diversos paradigmas, se destacando entre as aeronaves de treinamento. Confira!

spark.adobe.com/page/Ft2N4qgnprotH/