NOTIMP - NOTICIÁRIO DA IMPRENSA

Capa Notimp Acompanhe aqui o Noticiário relativo ao Comando da Aeronáutica veiculado nos principais órgãos de comunicação do Brasil e até do mundo. O NOTIMP apresenta matérias de interesse do Comando da Aeronáutica, extraídas diretamente dos principais jornais e revistas publicados no país.


JORNAL DA BAND - TV


Brasil tem pela primeira vez uma brigadeiro mulher na FAB


Da Redação | Publicada em 01/12/2020 20:37

O país nomeou na semana passada, pela primeira vez, uma brigadeiro mulher nas Forças Aéreas Brasileiras (FAB). O cargo é a patente mais alta da aeronáutica e equivale ao posto de general no exército.

PORTAL AEROIN


Caças da FAB testam novo sistema de comunicação para uso no campo de batalha


Carlos Ferreira | Publicada em 01/12/2020

A Força Aérea Brasileira (FAB), por meio da Comissão Coordenadora do Programa Aeronave de Combate (COPAC) e da empresa AEL Sistemas, deu início à Campanha de Ensaio em Voo do Projeto Link-BR2. O sistema permitirá à FAB a comunicação, em tempo real, entre vetores aéreos e estações de Comando e Controle. As atividades preparatórias ocorreram, de 23 a 27 de novembro, em Porto Alegre (RS) e, na Ala 3, em Canoas (RS). A previsão é que o primeiro voo do F-5M, com o sistema embarcado, ocorra neste mês de dezembro.

A comunicação pela qual o sistema é desenvolvido será realizada por meio de protocolo criptografado e com alto grau de segurança, proporcionando o compartilhamento de informações de radares, troca de mensagens, vídeos e outras aplicações operacionais, permitindo a ampliação da consciência situacional de todos os participantes da rede, no ar e no solo. 

O Diretor de Programas da AEL Sistemas, Leonardo Martins Vegini, destacou a parceria entre a Força Aérea e a empresa, ao desenvolver um sistema altamente tecnológico. “O Link-BR2 proporciona uma nova condição operacional para a Força Aérea, onde consegue, através do sistema, uma rede segura para as plataformas aéreas e as estações terrestres, como se fosse o estabelecimento de uma conexão de internet entre as aeronaves”, salientou.

COPAC gerencia o desenvolvimento do Projeto Link-BR2

Além da COPAC, o Projeto Link-BR2 conta com as gerências temáticas do Comando de Operações Aeroespaciais, o COMAE; do Comando-Geral de Apoio, o COMGAP; do Comando de Preparo, o COMPREP; do Estado-Maior da Aeronáutica, o EMAER; do Departamento de Controle do Espaço Aéreo, o DECEA; do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial, o DCTA; do Centro de Inteligência da Aeronáutica, o CIAER; e do Instituto de Fomento e Coordenação Industrial, o IFI.

Para o Gerente do Projeto Link-BR2, Major Especialista em Comunicações Romulo Silva de Oliveira, o sistema será capaz de garantir um salto estratégico à Força Aérea. “É um projeto importante para a Força Aérea e iniciou-se com as Diretrizes da Estratégia Nacional de Defesa e, com base nisso, começou a se preparar com a visão de unificar o sistema de Enlace de Dados de seus meios aéreos, com um Data Link único em prol da interoperabilidade”, explica.

Campanha de Ensaio em Voo no F-5M

O Comandante do Primeiro Grupo de Defesa Aérea (1º GDA) e Piloto de ensaio da FAB neste projeto, Tenente-Coronel Aviador Leonardo Vinícius Coelho, é quem participa das atividades preparatórias para a Campanha de Ensaio em Voo. Ele comenta sobre a importância da implantação do sistema. “O Link-BR2 vai possibilitar um ganho operacional para a Força Aérea, na medida em que as aeronaves que tiverem múltiplos sensores embarcados, como é o caso do F-39 Gripen, poderão compartilhar todas as informações que forem coletadas e geradas no campo de batalha, sendo compartilhadas com os demais participantes da rede, maximizando a consciência situacional dos pilotos”, disse o Oficial.

A previsão entre Força Aérea e a empresa é que o projeto seja finalizado em 2021. O mesmo sistema será aplicado no novo caça da FAB, o F-39E Gripen, e de forma estratégica, nas demais aeronaves operacionais.

PORTAL DEFESANET


Força Aérea Brasileira realiza formatura de novos soldados

Organizações Militares em todo Brasil realizaram as cerimônias seguindo os protocolos de segurança em combate à COVID-19

Agência Força Aérea | Publicada em 01/12/2020 15:40

Organizações Militares (OMs) da Força Aérea Brasileira (FAB), realizaram, no dia 27 de novembro, a Cerimônia Militar alusiva ao Compromisso à Bandeira Nacional e a Conclusão do Curso de Formação de Soldados. Os novos soldados foram formados e, a partir de agora, estão à disposição da Força  Aérea para servir ao Brasil. Todas as solenidades seguiram os protocolos de segurança em combate à COVID-19.

Ala 7

A cerimônia militar alusiva à formação dos novos soldados, Turma Hydra, da Ala 7, localizada em Boa Vista (RR), foi presidida pelo Comandante da Ala 7, Coronel Aviador Newton de Abreu Fonseca Filho. Na oportunidade foram entregues os prêmios de mérito acadêmico ao primeiro colocado da turma, o Soldado André Lucas Miranda Borges Gomes e ao militar padrão, o Soldado Israel Araújo da Silva.

Durante a formação, os militares se prepararam para exercer diversas funções dentro das Organizações Militares da Aeronáutica com instruções no campo geral e militar a fim de assegurar uma sólida formação moral, desenvolver valores militares, propiciar o desenvolvimento de aptidões físicas e estimular o espírito de corpo dos novos soldados.

“Neste viés, é necessário ressaltar que o militar, desde seu primeiro dia de caserna, conhece o termo 'espírito de corpo', entendendo que o conjunto é a representação do todo, formado por pequenas e importantes peças, que levarão todos a um objetivo comum. Entende-se a importância da palavra camaradagem, amizade nas dificuldades, lealdade ao companheiro ao lado e ao que está comandando”, disse o Comandante da Ala 7.

Ala 2

Na região Centro-Oeste do País, a Ala 2, localizada em Anápolis (GO), os novos Soldados da FAB prestaram juramento à Bandeira Nacional e foram incorporados às fileiras da Força Aérea Brasileira. Durante a solenidade, presidida pelo Prefeito de Aeronáutica de Anápolis, Coronel Intendente Leonardo Freitas de Souza Lima, foram entregues os prêmios de primeiro colocado da turma ao Soldado Lucas Soares Ribeiro e de militar Padrão ao Soldado Wellington Hernesto Marques.

"Apesar das dificuldades experimentadas por conta da pandemia do COVID-19, os soldados concludentes do CFSD 2ª/2020 apresentaram um bom rendimento no curso. Em particular, desenvolveram qualidades e valores dentro da concepção da Força Aérea Brasileira e estão prontos para enfrentar os desafios da rotina castrense", disse o Tenente Guilherme de Lucena Silva.

Após quatro meses de curso, com 25 disciplinas ministradas, como Educação Cívico Militar, Legislação Militar, Ordem Unida, instruções com armamentos, atividades de campanha, dentre outras, os novos soldados estão preparados para colocarem em prática os ensinamentos e valores adquiridos ao longo do curso.

Ala 5
A Ala 5, por meio do Esquadrão de Segurança e Defesa, realizou, a cerimônia militar de compromisso à Bandeira Nacional pelos recrutas da Segunda Turma de 2020, Turma Harpia. A solenidade foi presidida pelo Chefe do Estado-Maior da Ala 5, Coronel Aviador Mateus Barros de Andrade, acompanhado do Comandante do Esquadrão de Segurança e Defesa, Major de Infantaria Leonardo Lopes Teixeira.

A turma teve como destaques o Soldado Vinicius de Oliveira Costa, Destaque Intelectual por ter obtido a maior média geral da turma e o Soldado Leonardo Recaldes Nunes Filho, Soldado Padrão eleito pelos instrutores e colegas de turma pela irrepreensível conduta militar, zelo pelo uniforme, responsabilidade e elevado espírito de corpo.

Em suas palavras aos novos Soldados da Força Aérea, o Comandante da Ala 5, Brigadeiro do Ar Luiz Cláudio Macedo Santos, ressaltou o significado do juramento proferido pelos soldados. ”Esse juramento tem uma particularidade que não tem paralelo em nenhum outro grupo profissional: a defesa daquilo que se jura pode implicar a doação da própria vida. Os senhores agora são o espelho da Força Aérea Brasileira e representam a Instituição mais confiável aos olhos da população, lembrem-se disso na condução de suas vidas doravante”, destacou.

PORTAL AEROFLAP


FAB inicia atividades preparatórias para Campanha de Ensaio em Voo do Projeto Link-BR2


André Magalhães | Publicada em 01/12/2020

A Força Aérea Brasileira (FAB), por meio da Comissão Coordenadora do Programa Aeronave de Combate (COPAC) e da empresa AEL Sistemas, deu início à Campanha de Ensaio em Voo do Projeto Link-BR2. O sistema permitirá à FAB a comunicação, em tempo real, entre vetores aéreos e estações de Comando e Controle. As atividades preparatórias ocorreram, de 23 a 27 de novembro, em Porto Alegre (RS) e, na Ala 3, em Canoas (RS). A previsão é que o primeiro voo do F-5M, com o sistema embarcado, ocorra neste mês de dezembro.

A comunicação pela qual o sistema é desenvolvido será realizada por meio de protocolo criptografado e com alto grau de segurança, proporcionando o compartilhamento de informações de radares, troca de mensagens, vídeos e outras aplicações operacionais, permitindo a ampliação da consciência situacional de todos os participantes da rede, no ar e no solo. 

O Diretor de Programas da AEL Sistemas, Leonardo Martins Vegini, destacou a parceria entre a Força Aérea e a empresa, ao desenvolver um sistema altamente tecnológico. “O Link-BR2 proporciona uma nova condição operacional para a Força Aérea, onde consegue, através do sistema, uma rede segura para as plataformas aéreas e as estações terrestres, como se fosse o estabelecimento de uma conexão de internet entre as aeronaves”, salientou.

COPAC gerencia o desenvolvimento do Projeto Link-BR2

Além da COPAC, o Projeto Link-BR2 conta com as gerências temáticas do Comando de Operações Aeroespaciais, o COMAE; do Comando-Geral de Apoio, o COMGAP; do Comando de Preparo, o COMPREP; do Estado-Maior da Aeronáutica, o EMAER; do Departamento de Controle do Espaço Aéreo, o DECEA; do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial, o DCTA; do Centro de Inteligência da Aeronáutica, o CIAER; e do Instituto de Fomento e Coordenação Industrial, o IFI.

Para o Gerente do Projeto Link-BR2, Major Especialista em Comunicações Romulo Silva de Oliveira, o sistema será capaz de garantir um salto estratégico à Força Aérea. “É um projeto importante para a Força Aérea e iniciou-se com as Diretrizes da Estratégia Nacional de Defesa e, com base nisso, começou a se preparar com a visão de unificar o sistema de Enlace de Dados de seus meios aéreos, com um Data Link único em prol da interoperabilidade”, explica.

Campanha de Ensaio em Voo no F-5M

O Comandante do Primeiro Grupo de Defesa Aérea (1º GDA) e Piloto de ensaio da FAB neste projeto, Tenente-Coronel Aviador Leonardo Vinícius Coelho, é quem participa das atividades preparatórias para a Campanha de Ensaio em Voo. Ele comenta sobre a importância da implantação do sistema. “O Link-BR2 vai possibilitar um ganho operacional para a Força Aérea, na medida em que as aeronaves que tiverem múltiplos sensores embarcados, como é o caso do F-39 Gripen, poderão compartilhar todas as informações que forem coletadas e geradas no campo de batalha, sendo compartilhadas com os demais participantes da rede, maximizando a consciência situacional dos pilotos”, disse o Oficial.

A previsão entre Força Aérea e a empresa é que o projeto seja finalizado em 2021. O mesmo sistema será aplicado no novo caça da FAB, o F-39E Gripen, e de forma estratégica, nas demais aeronaves operacionais.

FAB celebra Dia da Tecnologia da Informação da Aeronáutica


André Magalhães | Publicada em 01/12/2020 15:00

Com o foco central no gerenciamento de informações, envolvendo banco de dados, redes, engenharia de hardwares e softwares, informática e análises, o profissional da Tecnologia da Informação tem atuação estratégica na Força Aérea Brasileira (FAB). Sendo assim, o Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Antonio Carlos Moretti Bermudez, instituiu o 1º de dezembro como o Dia da Tecnologia da Informação da Aeronáutica, por meio da Portaria nº 1.914/GC3, assinada em 29 de outubro de 2019.

A comemoração está relacionada com a data de criação do Centro de Informática e Estatística do Ministério da Aeronáutica (CINFE), em 1º de dezembro de 1983. De acordo com o Diretor de Tecnologia da Informação da Aeronáutica, Brigadeiro Intendente Luiz Fernando Moraes da Silva, a TI atua em duas frentes: a corporativa ou administrativa tradicional, presente na maioria das corporações por meio de diversos sistemas e aplicações que dão suporte à administração financeira, de pessoal e documental; e a operacional, voltada para o suporte à atividade-fim da FAB, como sustentação logística, proteção cibernética, comando e controle, entre outras. “Somos uma ‘TI Militar’, fato que nos distingue no cenário nacional e que deve ser motivo de orgulho para todos os homens e mulheres que labutam na Informática dentro da Profissão Militar”, afirma o Brigadeiro Luiz Fernando.

Centros de Computação da Aeronáutica

O Oficial-General disse, ainda, que, atualmente, o Comando da Aeronáutica (COMAER) conta com três Centros de Computação sediados em Brasília, São José dos Campos e no Rio de Janeiro. Cada um deles com um DNA específico, de acordo com as características de suas principais atividades. Para o Brigadeiro Luiz Fernando, é importante destacar o avanço obtido nos últimos anos. “As novas plataformas aéreas F-39 Gripen e KC-390 Millennium e o Programa Estratégico de Sistemas Espaciais (PESE) trazem uma série de modernos equipamentos, processos e paradigmas relacionados à TI e que estão sendo avidamente absorvidos para que sejam efetivos catalisadores de modernidade, conhecimento e inovação no STI”, disse.

Patrono da Tecnologia da Informação da Aeronáutica

O Major-Brigadeiro Engenheiro Tércio Pacitti é o Patrono da Tecnologia da Informação da Aeronáutica, pois ele foi o grande responsável pela concepção e implementação da tecnologia da Informação no COMAER e no País.