NOTIMP - NOTICIÁRIO DA IMPRENSA

Capa Notimp Acompanhe aqui o Noticiário relativo ao Comando da Aeronáutica veiculado nos principais órgãos de comunicação do Brasil e até do mundo. O NOTIMP apresenta matérias de interesse do Comando da Aeronáutica, extraídas diretamente dos principais jornais e revistas publicados no país.


DEFESA AÉREA & NAVAL


COMGAP conhece o projeto de revitalização das asas do P-3AM na Akaer


Guilherme Wiltgen | Publicada em 02/09/2020 12:37

Uma comitiva composta por autoridades do Comando-Geral de Apoio (COMGAP) visitou o complexo industrial da Akaer, em São José dos Campos (SP), na manhã do dia 19 de agosto.

Além de conhecer as instalações da Akaer, a comitiva pôde acompanhar o trabalho realizado no projeto de revitalização das asas da aeronave P-3AM Orion da Força Aérea Brasileira (FAB).

A revitalização estenderá a vida útil das aeronaves e para isso, a Akaer está realizando a substituição de diversos elementos da asa, tais como revestimentos superiores, longarinas dianteiras e traseiras, painéis superiores dos caixões centrais asa/fuselagem, entre outras ações.

Dentre as autoridades presentes na visita, se destacam as presenças do Comandante do Comando-Geral de Apoio, o Tenente-Brigadeiro do Ar Carlos de Almeida Baptista Junior, do Diretor de Material Aeronáutico e Bélico, Major-Brigadeiro do Ar José Madureira Junior, e o Sub Diretor de Fiscalização e Controle da DIRMAB, Brigadeiro do Ar José Virgílio Guedes de Avellar.

FONTE E FOTO: Akaer

PORTAL DEFESANET


FAB lança paraquedistas e cargas das aeronaves C-130, C-105 e C-95

A Aviação de Transporte cumpre a tarefa de sustentação ao combate, fundamental nas missões de Guerra Irregular

Fab, Por Tenente Iris | Publicada em 02/09/2020 09:30

Lançar paraquedistas e suprimentos para auxiliar tropas amigas. Esse é um dos principais cenários simulados no treinamento das aeronaves C-130 Hércules, C-105 Amazonas e C-95 Bandeirante no Exercício Operacional Tápio 2020, que teve início em 17 de agosto e acontece até 04 de setembro, na Ala 5 – Base Aérea de Campo Grande.

O objetivo é capacitar as tripulações das aeronaves da Aviação de Transporte para atuação em Guerra Irregular. Ao todo, são realizadas, diariamente, cerca de 12 decolagens das aeronaves dos Esquadrões Gordo (1°/1° GT), Onça (1°/15° GAV), Arara (1°/9° GAV), Tracajá (1° ETA), Pastor (2° ETA), Pioneiro (3° ETA) e Pégaso (5° ETA).

“A Aviação de Transporte pode incrementar significativamente o poder de ação das tropas terrestres, levando material e pessoal de modo a obter a vantagem necessária em relação ao oponente. As características de velocidade e alcance das aeronaves são bastante exploradas”, ressalta o Comandante do Esquadrão Onça (1°/15° GAV), Tenente-Coronel Aviador Marcelo Alexandre Browne Issa.

Os lançamentos fazem parte da Ação de Força Aérea conhecida como Assalto Aeroterrestre, ou seja, o emprego de Meios de Força Aérea para introduzir paraquedistas em áreas de interesse. Os principais desafios em realizar essas missões são identificar as condições mínimas de visibilidade e vento para a realização de um lançamento seguro e eficaz, além de atingir a Zona de Lançamento (ZL) evitando a exposição às ameaças vindas do solo.

A aeronave C-105 Amazonas realiza o lançamento de paraquedistas a uma altura de cerca de 300 metros sobre terreno, com uma velocidade de mais de 200 km/h. Já o lançamento de carga é realizado a cerca de 180 metros, com uma velocidade de cerca de 240 km/h.

De acordo com o Comandante do Esquadrão Arara (1°/9° GAV), Tenente-Coronel Aviador Leonardo Amorim de Oliveira, são realizados cálculos balísticos para saber o momento exato do lançamento. "Para lançamento de pessoal e carga é fundamental que tripulação e tropa estejam bem treinadas", ressalta.

Em um dos treinamentos, o C-130 Hércules chegou a lançar uma viatura de mais de duas toneladas. De acordo com o Comandante do Esquadrão Gordo (1°/1° GT), Tenente-Coronel Aviador Rogério Vieira Maciel Júnior, o principal desafio é o gerenciamento do compartimento de carga para que esta chegue com segurança e em boas condições. "O elevado peso deste tipo de carga influencia diretamente no centro de gravidade da aeronave, o que exige apurada coordenação no momento deste lançamento", explica.

O C-130, o C-105 e o C-95 também realizam em conjunto os voos de pacote. De acordo com o Comandante do Esquadrão Pégaso (5° ETA), Tenente-Coronel Aviador Fabiano Pinheiro da Rosa, a complexidade da missão aérea composta está em integrar um grupo composto por aeronaves que possuem missões distintas, além de configurações, velocidades e altitudes diferentes, na mesma área e de forma coordenada e sincronizada. “Nessa situação, a margem para erros, mudanças e adaptações é reduzida”, comenta.

PORTAL AEROFLAP


Cerimônia marca promoção de 82 novos Oficiais na Guarnição de Aeronáutica de Natal (RN)


Fab, Por Tenente Cristiane | Publicada em 02/09/2020 11:00

A Guarnição de Aeronáutica de Natal (GUARNAE-NT) realizou, nesta segunda-feira (31), cerimônia militar de promoção ao primeiro posto do oficialato. Ao todo, 82 Aspirantes a Oficial, sendo 77 Aviadores, um Infante e quatro Oficiais da Reserva de 2ª Classe Convocados (QOCON) da área de saúde, foram promovidos a Segundo-Tenente. A solenidade, realizada na Ala 10 – Base Aérea de Natal, sediada em Parnamirim (RN), foi presidida pelo Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Antonio Carlos Moretti Bermudez, acompanhado do Comandante da Ala 10, Brigadeiro do Ar Marcelo Fornasiari Rivero.

Também prestigiaram o evento o Comandante de Preparo, Tenente-Brigadeiro do Ar Luiz Fernando de Aguiar; o Chefe do Gabinete do Comandante da Aeronáutica, Major-Brigadeiro do Ar Pedro Luís Farcic; o Comandante do Comando Aéreo Nordeste (II COMAR), Brigadeiro do Ar Cesar Faria Guimarães; o Assessor Especial do Comandante de Preparo, Brigadeiro do Ar R1 Cláudio Alves da Silva; além de Comandantes, Diretores e Chefes da GUARNAE-NT.

A promoção ao primeiro posto contou com juramento à Bandeira Nacional pelos novos Oficiais e, posteriormente, com a imposição do distintivo de Segundo-Tenente.

O Tenente-Brigadeiro Bermudez realizou uma palestra aos promovidos e destacou a importância da solenidade. “O dia de hoje coroa mais uma etapa importante da carreira desses novos Oficiais, que serão os futuros líderes da nossa Força. Tenho plena convicção que cada um cumprirá, com bastante entusiasmo, a missão de servir e contribuir para engrandecer ainda mais o nosso País, honrando, assim, o compromisso aqui assumido, perante a Bandeira Nacional”, afirmou.

Programa de Especialização Operacional

Ao se formarem na Academia da Força Aérea (AFA), os Cadetes se tornam Aspirante a Oficial e seguem para a cidade de Natal (RN), onde passam um ano recebendo instruções no Programa de Especialização Operacional (PESOP), na Aviação escolhida no final do quarto ano da Academia: Caça, Asas Rotativas ou IVR (Inteligência, Vigilância e Reconhecimento).

O PESOP é coordenado administrativamente pela Ala 10 e operacionalmente pelo Grupo de Instrução Tática e Especializada (GITE) e pelas três Unidades Aéreas de instrução sediadas em Natal. O Comandante da Ala 10, Brigadeiro Rivero, desejou sucesso aos novos  Oficiais. “Mais uma vez, a Guarnição de Natal tem a oportunidade de exercer sua maior vocação: transformar jovens, moldar, lapidar e fortalecer valores, desenvolver as competências e qualidades necessárias para o exercício do comando e da liderança de nossa Força, essa, com certeza, a mais importante e dignificante missão que uma Organização pode se incumbir”, discursou. 

O Tenente Aviador Richardy Barcellos Almeida, primeiro colocado na turma, falou da emoção do momento. “Tenho certeza que todos os integrantes da Turma Asterion, promovidos ao posto de Segundo-Tenente, estão desejosos por dar o melhor para a Força Aérea Brasileira e para nossa Pátria”, disse.

Interceptacão

Ainda nesta segunda, minutos antes da Aeronave VC-99, do Grupo de Transporte Especial (GTE), pousar em Natal (RN) para a solenidade, o Aspirante Richard saudou, com uma mensagem, o Comandante da Aeronáutica e a comitiva. 

Fonte: Força Aérea Brasileira

Vídeo: Soldado Chagas / CECOMSAER