ENTREVISTA

Astronauta brasileiro é indicado embaixador da ONU para o desenvolvimento industrial

Publicado: 01/12/2011 15:51
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea

Com surpresa, o primeiro astronauta brasileiro, Tenente Coronel Marcos Pontes, recebeu a notícia de que seria embaixador da Boa Vontade da Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial (ONUDI). O oficial da Força Aérea Brasileira (FAB) é o único latino-americano entre os quatro embaixadores do órgão da ONU, que tem em seu quadro nomes de peso como o Prêmio Nobel da Paz de 2007, Rajendra K. Pachauri.

A história de vida do Tenente Coronel Marcos Pontes pesou na escolha. De acordo com nota divulgada pela ONUDI, o astronauta nasceu em condições pobres e conseguiu se destacar em uma carreira ligada à área tecnológica aeronáutica. O militar passou pela Academia da Força Aérea (AFA) e cursou engenharia no Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA). Segundo o Tenente Coronel Marcos Pontes, o ITA proporcionou muitas oportunidades, inclusive de intercâmbio em projetos com outros países.

O astronauta também é embaixador da World Skills, organização mundial que promove o ensino técnico profissionalizante em países em desenvolvimento. A organização realiza todos os anos uma competição mundial e o Brasil tem conseguido bons resultados: em 2009, conquistou o terceiro lugar, e em 2010, subiu mais um degrau, e ficou com a segunda colocação.

FORÇA AÉREA FM - Ouça a entrevista com o Tenente Coronel Marcos Pontes

imagens/original/10721/marcospontes.jpg