SAÚDE

Laboratório Químico-Farmacêutico da Aeronáutica auxilia no combate ao Coronavírus

LAQFA adquiriu materiais para abastecer Unidades de Saúde e militares e civis da Aeronáutica que estão à frente do atendimento
Publicado: 26/03/2020 15:55
Imprimir
Fonte: LAQFA
Edição: Agência Força Aérea, por Tenente Elias - Revisão: Major Monteiro

O Laboratório Químico-Farmacêutico da Aeronáutica (LAQFA), Unidade da Força Aérea Brasileira (FAB) localizada no Rio de Janeiro (RJ), juntamente com a Diretoria de Saúde da Aeronáutica (DIRSA) e o Centro de Aquisições Específicas (CAE), adquiriu materiais para abastecer, em caráter emergencial, as Unidades de Saúde e os militares e civis da Aeronáutica que estão à frente do atendimento aos pacientes com sintomas ou infectados pelo Coronavírus. Entre os materiais estão máscaras, toucas, sapatilhas e luvas.

Os materiais recebidos no LAQFA serão distribuídos para abastecer os Hospitais, Esquadrões e Esquadrilhas de Saúde da FAB em todo o país.

O LAQFA, utilizando insumos farmacêuticos adquiridos pelo CAE, produzirá e fracionará inicialmente 2000 litros de álcool em gel 70% - 100 litros ao dia a contar de 27 de março, para serem distribuídos às Organizações de Saúde e Organizações Militares da FAB.  No entanto, a expectativa é de chegar a 8.000 litros de álcool em gel após a chegada do restante do material que será adquirido por meio do CAE. O álcool em gel 70% tem a ação antisséptica para limpeza de mão, sendo o mais recomendável pelos profissionais de saúde em relação ao Coronavírus.

Além disso, os três laboratórios militares - Laboratório Químico-Farmacêutico do Exército (LQFEx), Laboratório Farmacêutico da Marinha (LFM) e o LAQFA -, juntos, participarão da produção do medicamento Cloroquina 150 mg. O LQFEx, detentor do Registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), iniciou a produção em 23 de março, cabendo, neste momento, a etapa de embalagem e rotulagem para o LAQFA e para o LFM, assim que a produção for concluída.

“Medidas de segurança pessoal e coletiva, para manter a epidemia dentro de padrões gerenciáveis, são necessárias por um bom período de tempo. Assim como todo o Sistema de Saúde da Aeronáutica, o LAQFA se manterá sempre pronto para cumprir sua missão, pela FAB e pelo Brasil”, afirmou a Diretora Interina do LAQFA, Tenente-Coronel Farmacêutica Andreia Brum Sampaio.

Enfrentamento à COVID-19

Por meio da Operação COVID-19, as Forças Armadas iniciaram ações de apoio a órgãos públicos e à sociedade com foco no enfrentamento ao novo Coronavírus. Desde sexta-feira (20), a Marinha do Brasil, o Exército Brasileiro e a Aeronáutica atuam coordenados em função da ativação de um Centro de Operações Conjuntas (COC), situado no Ministério da Defesa, em Brasília (DF), e de dez Comandos Conjuntos, distribuídos por todo o território nacional.

Fotos: LAQFA