OPERAÇÃO REGRESSO

Cerimônia de encerramento da Operação Regresso à Pátria Amada Brasil

Repatriados retornam ao seio de suas famílias, nas diversas regiões do país
Publicado: 24/02/2020 07:01
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea, por Tenente Elias
Edição: Agência Força Aérea - Revisão: Tenente-Coronel Santana

A cerimônia de encerramento da Operação Regresso à Pátria Amada Brasil foi realizada neste domingo (23), na Ala 2 - Base Aérea de Anápolis, em Goiás, após serem cumpridos todos os protocolos da área de saúde e o período de quarentena dos 34 brasileiros e familiares estrangeiros, que estavam em Wuhan, na China, bem como dos 24 integrantes da equipe de apoio. A solenidade foi presidida pelo Ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, acompanhado do Governador do Estado de Goiás, Ronaldo Caiado, e do Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Antonio Carlos Moretti Bermudez.

A cerimônia contou, ainda, com a presença das seguintes autoridades: Comandante de Preparo, Tenente-Brigadeiro do Ar Luiz Fernando de Aguiar; Coordenador da Operação e Secretário de Economia, Finanças e Administração da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Marcelo Kanitz Damasceno; Secretário de Pessoal, Ensino, Saúde e Desporto do Ministério da Defesa, General de Exército Manoel Luiz Narvaz Pafiadache; Assessor Especial Militar do Ministro de Estado da Defesa, Major-Brigadeiro do Ar Ricardo Reis Tavares; Prefeito de Anápolis, Roberto Naves; Chefe do Estado-Maior do Comando da Força de Fuzileiros da Esquadra, Contra-Almirante Roberto Lemos; Comandante de Operações Especiais, General de Brigada Mário Fernandes; Chefe do Emprego da Força Aérea Terrestre, General de Brigada José Ricardo Vendramin Nunes; Chefe do Centro de Comunicação Social da Aeronáutica, Brigadeiro do Ar Paulo César Andari; e Comandante da Ala 2, Coronel Aviador Gustavo Pestana Garcez, entre outras autoridades militares e civis.

“Eu quero agradecer muito a todos vocês por esses dias aqui, pela demonstração de competência. Quando o Ministério da Saúde me mandou o resultado dos exames, todos negativos, a sensação foi de alívio”, afirmou o Ministro da Defesa.

O Comandante da Aeronáutica falou sobre a importância da participação da Força Aérea Brasileira nessa Operação. “Nós nos sentimos muito honrados pela confiança recebida do Presidente da República e do Ministro da Defesa, diante de uma missão complexa como a Operação Regresso, que hoje se encerra”, destacou.

Durante a cerimônia, duas crianças, que vieram de Wuhan, entregaram ao Ministro da Defesa duas Bandeiras do Brasil assinadas por todos os repatriados, em homenagem ao Governo Federal e ao Ministério da Defesa. Em seguida, a psicóloga Ana Carolina, do Ministério da Saúde, e o Suboficial Ataíde, do Grupo de Apoio Logístico de Campanha (GALC), um dos responsáveis pela dieta do grupo, entregaram lembranças à Senhora Lízia e à Senhora Hui, respectivamente.

Com o término da quarentena, o Ministério da Defesa iniciou o Plano de Desmobilização da Operação. Conforme previsto no planejamento, o grupo foi apoiado por aeronaves da Força Aérea Brasileira (FAB). Os deslocamentos foram realizados em duas aeronaves, em aproveitamento de voos de transporte logístico de material e de militares, tendo como destinos: Distrito Federal, São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Santa Catarina, Minas Gerais e Pará. Ao final, os repatriados retornaram ao seio de seus familiares.

“Agora, voltamos para nossas famílias e poderemos retomar nossas atividades. A sensação é de tranquilidade e de dever cumprido”, enfatizou o piloto civil Márcio Paula de Oliveira, que há seis anos morava na China.

Operação

A Operação Regresso à Pátria Amada Brasil constituiu um esforço conjunto dos Ministérios da Defesa, das Relações Exteriores e da Saúde, bem como da Agência Nacional de Vigilância Sanitária. No dia cinco de fevereiro, duas aeronaves VC-2, da Força Aérea Brasileira, iniciaram o voo até Wuhan, na China, para o transporte de brasileiros e familiares estrangeiros que lá viviam.

No dia nove de fevereiro, as duas aeronaves pousaram na Ala 2 - Base Aérea de Anápolis. Os repatriados ficaram hospedados no Hotel de Trânsito, onde seguiram uma rotina de acompanhamento médico, lazer e programação cultural, entre outras atividades. “Esses dias aqui superaram em muito as expectativas que a gente tinha. Foi extremamente carinhosa a forma como fomos tratados”, ressaltou o estudante universitário, Cabele Guerra.

Após receberem a declaração de estado de saúde livre do novo coronavírus, a quarentena foi encerrada e o grupo retornou ao convívio social.

A Força Aérea Brasileira produziu um vídeo que retratou o empenho e a coordenação entre os diversos profissionais e Órgãos que atuaram na Operação Regresso, sob o gerenciamento do Ministério da Defesa. Confira aqui

Para mais informações, acesse a página especial da Operação Regresso à Pátria Amada Brasil.

Veja, ainda, o álbum de imagens da Operação no Flickr da FAB.

Assista ao vídeo sobre a cerimônia realizada na Ala 2 - Base Aérea de Anápolis.

Fotos: Soldado T. Amorim / CECOMSAER

Vídeo: Soldado Chagas / CECOMSAER

imagens/original/39941/200223TAM0015_Thallys_Amorim.jpg
imagens/original/39941/200223TAM0083_Thallys_Amorim.jpg
imagens/original/39941/200223TAM0339_Thallys_Amorim.jpg
imagens/original/39941/200223TAM0377_Thallys_Amorim.jpg
imagens/original/39941/200223TAM0463_Thallys_Amorim.jpg
imagens/original/39941/200223TAM0499_Thallys_Amorim.jpg
imagens/original/39941/i2022316435102773.jpg
imagens/original/39941/WhatsApp_Image_2020_02_23_at_14.27.01.jpeg
imagens/original/39941/WhatsApp_Image_2020_02_23_at_14.27.03.jpeg
imagens/original/39941/WhatsApp_Image_2020_02_23_at_16.44.19_(2).jpeg
imagens/original/39941/WhatsApp_Image_2020_02_23_at_17.57.38.jpeg
imagens/original/39941/WhatsApp_Image_2020_02_23_at_17.57.39.jpeg
imagens/original/39941/WhatsApp_Image_2020_02_23_at_17.57.40.jpeg
imagens/original/39941/WhatsApp_Image_2020_02_23_at_19.10.55.jpeg
imagens/original/39941/WhatsApp_Image_2020_02_23_at_19.11.38.jpeg