PASSAGEM DE CHEFIA

Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos tem novo Chefe

O Coronel Aviador Adolfo Aleixo da Silva Júnior assumiu a chefia do CENIPA nesta quinta-feira (13), em Brasília (DF)
Publicado: 14/02/2020 12:59
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea, por Aspirante Letícia
Edição: Agência Força Aérea - Revisão: Tenente-Coronel Santana

A Força Aérea Brasileira (FAB) realizou, nesta quinta-feira (13/02), a cerimônia militar de transmissão do cargo de Chefe do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA), do Brigadeiro do Ar Frederico Alberto Marcondes Felipe ao Coronel Aviador Adolfo Aleixo da Silva Júnior. A solenidade, realizada em Brasília (DF), foi presidida pelo Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Antonio Carlos Moretti Bermudez.

Participaram, ainda, o Chefe do Gabinete do Comandante da Aeronáutica, Major-Brigadeiro do Ar Pedro Luís Farcic, e o Major-Brigadeiro do Ar Jorge Kersul Filho, além de Comandantes, Chefes e Diretores de Organizações Militares da Aeronáutica e convidados.

O Comandante da Aeronáutica agradeceu ao Brigadeiro Felipe pelo seu trabalho à frente do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos. “Gostaria de agradecer pelo seu empenho e dedicação nos assuntos do CENIPA", disse.

O Tenente-Brigadeiro Bermudez também comentou sobre as expectativas com relação ao novo Chefe. “Tenho certeza de que o CENIPA estará sob a liderança de um profissional habilidoso, inteligente e dedicado, que garantirá a continuidade dos êxitos da política de segurança de voo e de seus elos no Comando da Aeronáutica”, acrescentou.

Na mesma cerimônia, o Chefe do CENIPA substituído se despediu do serviço ativo. O Comandante da Aeronáutica o homenageou com uma recordação da Força Aérea Brasileira, como símbolo do dever cumprido. E o Suboficial João Rosa, graduado que foi seu auxiliar nos últimos anos da carreira, entregou-lhe a insígnia de Brigadeiro do Ar.

O Brigadeiro Felipe agradeceu a todos que participaram de sua trajetória na FAB. “Nesses 38 anos de serviço, passei por muitas experiências. Tive a oportunidade de crescer pessoalmente e profissionalmente graças às oportunidades que a FAB me proporcionou”, comentou.

Desafio
O Coronel Aviador Adolfo, que assume o Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos, disse que as expectativas para a função são as melhores possíveis. "O CENIPA é um centro de excelência e a missão aqui é muito nobre. Tenho certeza que a equipe é eficiente e qualificada para mantermos os índices de acidentes tão baixos quanto têm sido atualmente", concluiu.

O novo Chefe do CENIPA é natural da cidade de São Paulo (SP). Foi declarado Aspirante a Oficial Aviador em 8 de dezembro de 1991 e promovido ao atual posto em 31 de agosto de 2014. Possui todos os cursos acadêmicos e operacionais de carreira e, ainda, o Curso Básico de Sensoriamento Remoto e o Curso de Segurança de voo.

Dentre as principais funções exercidas estão: Comandante do Segundo Esquadrão do Sétimo Grupo de Aviação (2º/7º GAV); Vice-Chefe do Centro de Comunicação Social da Aeronáutica (CECOMSAER); Comandante da Base Aérea de Salvador (BASV) e Adido Aeronáutico do Brasil na África do Sul.

O Coronel Adolfo possui mais de 3.000 horas de voo, em 7 tipos diferentes de aeronaves. Já recebeu 13 condecorações nacionais.

Assista ao vídeo sobre a cerimônia realizada em Brasília.

Fotos: Soldado A. Soares/CECOMSAER

Vídeo: Sargento Keyla/CECOMSAER

imagens/original/39903/200213ASO011_Anderson_Soares.jpg
imagens/original/39903/200213ASO015_Anderson_Soares.jpg
imagens/original/39903/200213ASO018_Anderson_Soares.jpg
imagens/original/39903/200213ASO025_Anderson_Soares.jpg
imagens/original/39903/200213ASO043_Anderson_Soares.jpg