CARREIRA

AFA e EPCAR recebem futuros cadetes e alunos

Jovens chegaram às escolas e já iniciaram o período de adaptação
Publicado: 21/01/2020 17:31
Imprimir
Fonte: AFA e EPCAR
Edição: Agência Força Aérea, por Ten Raquel Alves - Revisão: Major Monteiro

Os 215 jovens recém-chegados à Academia da Força Aérea (AFA), localizada em Pirassununga (SP), já iniciaram o estágio de adaptação à vida militar. Os futuros cadetes se apresentaram na AFA, entre os dias 9 e 15 de janeiro, munidos com documentos e malas, prontos para o início do processo de adaptação à nova rotina. No total, são 78 cadetes oriundos do meio civil, 132 egressos da Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR), além de cinco estrangeiros (República Dominicana, El Savador, Senegal, Bolívia e Honduras) que realizam o curso como resultado de um acordo de cooperação entre o governo brasileiro e nações amigas. 

Os cadetes enfrentarão, nos próximos quatro anos, uma rotina intensa de estudos, formação ética e moral e de exercícios físicos, necessária para a formação de um Oficial da Força Aérea Brasileira (FAB). “A fase de adaptação é muito importante para que eles se integrem à rotina da Academia, por isso nos empenhamos e oferecemos o apoio necessário a todos”, disse o Comandante do Primeiro Esquadrão do Corpo de Cadetes da Aeronáutica (CCAER), Capitão de Infantaria Fernando Galante.

Entre as 35 cadetes que alcançaram a vaga para ingressar na AFA, estão as primeiras alunas que fizeram parte da primeira turma da EPCAR com mulheres. A Estagiária Laniz França Ferreira é uma delas.  “As expectativas para essa nova fase são muito grandes. A fase de adaptação é um período em que passaremos por muitos desafios, mas com determinação e dedicação venceremos esta etapa. Estou muito feliz por ter chegado à Academia depois de passar três anos na EPCAR. Estou realizando meu sonho”, contou.

Novos alunos

A EPCAR, em Barbacena (MG) também recebeu, no sábado (18/01) os 152 candidatos aprovados para o Curso Preparatório de Cadetes do Ar (CPCAR) e seus familiares, para o início do ano letivo.

Os estagiários e seus familiares assistiram às palestras proferidas pelo Comandante da EPCAR, Brigadeiro do Ar Mauro Bellintani, sobre a missão da Escola, metodologia de ensino e formação militar. Para o Estagiário Gustavo Pires Lopes Pinto, primeiro colocado no processo seletivo, ingressar na Escola foi a realização de um sonho. “Entrar para a EPCAR foi uma sensação indescritível. Espero realizar o meu sonho de me tornar um piloto de caça”, contou.

“O coração da família está apertado, em virtude da distância, pois moramos em Boa Vista (RR) mas temos a sensação do dever cumprido”, afirmou, emocionado, o Sargento Músico Claudinei dos Santos, pai do Estagiário Samuel Filipe Santana dos Santos.

Já no domingo (19/01), os estagiários fizeram a tradicional transposição do Portão da Guarda, que simboliza o ingresso na Instituição e o início da carreira militar, e se apresentaram formalmente ao Comandante da EPCAR. Eles iniciaram o Estágio de Adaptação à Atividade Militar que se estende até o dia 7 de fevereiro. O Estágio tem como objetivo adaptá-los aos princípios normativos que regem a rotina estudantil e militar da EPCAR.

Fotos: Sargento Gaedke / AFA e Sargento Domingues / EPCAR