COOPERAÇÃO

FAB e CEB assinam Termo de Cooperação Técnica

Acordo contempla a primeira etapa da implantação do Programa de Eficiência Energética no âmbito da Organização de Aeronáutica de Brasília
Publicado: 09/01/2020 19:26
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea, por Tenente Fraga
Edição: Agência Força Aérea - Revisão: Major Monteiro

O Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Antonio Carlos Moretti Bermudez, o Chefe do Estado-Maior da Aeronáutica (EMAER), Tenente-Brigadeiro do Ar Carlos Augusto Amaral Oliveira, o Governador em Exercício do Distrito Federal (DF), Paco Britto, e o Diretor-Presidente da Companhia Energética de Brasília (CEB), Edison Antônio Costa Britto Garcia,  firmaram, nesta quinta-feira (9), em Brasília (DF),  o Termo de Cooperação Técnica relativo à primeira etapa da implantação do Programa de Eficiência Energética na Guarnição de Aeronáutica de Brasília (GUARNAER-BR).

A atividade será desenvolvida na Ala 1 - Base Aérea de Brasília por meio de ações de eficiência energética nos sistemas de iluminação, condicionamento ambiental, aquecimento solar de água e, ainda, a construção de Usina Solar Fotovoltaica de 600 kwp, estimando-se uma economia de, aproximadamente, 90% no consumo de energia da Organização.

No contexto dessa cooperação, destaca-se o comprometimento do COMAER e da CEB no desenvolvimento de parcerias estratégicas, alinhadas com a Política de Sustentabilidade, por intermédio do uso racional de energia, proporcionando benefícios para toda a sociedade.       

Segundo o Tenente-Brigadeiro Bermudez, o objetivo principal desse acordo é produzir energia limpa e sustentável, diversificar a matriz com a instalação de fontes de energia renováveis, em pontos estratégicos das diversas Guarnições de Aeronáutica. "Essas ações visam aumentar a confiabilidade e a continuidade do fornecimento energético, trazendo benefícios diretos para nossa Instituição, com a economia dos recursos destinados ao pagamento da conta de energia elétrica da ordem de até 90%”, afirmou.

O Governador em Exercício do DF destacou a importância do acordo assinado hoje. “O projeto da Aeronáutica atende em 100% e cumpre todas as condições legais para ser uma referência não só no Governo Federal, mas também em todo País”, ressaltou.

O Diretor-Presidente da CEB disse que a empresa está cumprindo uma política pública da maior importância do Governo Federal. “Sabemos que o Programa de Eficiência Energética advém da Lei nº 9.991, de 24 de julho de 2000, regulada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) por meio de chamada pública que tem por princípio buscar a eficiência energética no País, seja na redução do consumo por troca de lâmpadas mais econômicas, ou na substituição de equipamentos mais eficientes, bem como a geração de energia  limpa, por exemplo, a  fotovoltaica”, explicou.

Também estiveram presentes na ocasião o Chefe de Gabinete do Comandante da Aeronáutica, Major-Brigadeiro do Ar Pedro Luis Farcic; o Chefe da Quarta Subchefia do EMAER, Brigadeiro Engenheiro Eliezer de Freitas Cabral; o Comandante da Ala 1, Brigadeiro do Ar Vicent Dang; o Coordenador-Geral do Programa de Eficiência Energética no Comando da Aeronáutica, Coronel Aviador André Luiz dos Santos Caldeira;  o Chefe do Grupamento de Apoio do Distrito Federal (GAP-DF), Coronel Intendente Delmo Sifrônio Freire; o Diretor de Regulação da CEB, Wanderson Silva de Menezes; e o Presidente da Companhia de Desenvolvimento Habitacional do Distrito Federal (CODHAB), Wellington Luiz.

Fotos: Soldados Wilhan Campos e Anderson Soares / CECOMSAER