CAPACITAÇÃO

Alunos da Especialidade Bombeiro fazem Estágio de Combate a Incêndio no Exército

Já os alunos de Comunicações participam de instrução no 1°/1° GCC
Publicado: 16/10/2019 19:05
Imprimir
Fonte: EEAR, por Tenente Candiani
Edição: Agência Força Aérea, por Tenente Elias

Os alunos da 4° série, da Especialidade de Bombeiro (SBO), do Curso de Formação de Sargentos (CFS), da Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR), realizaram, de 7 a 11 de outubro, o Estágio de Combate a Incêndio Asas Rotativas na Base de Aviação de Taubaté do Exército Brasileiro (EB). A atividade contou com a participação de 19 alunos e teve como objetivo desenvolver a capacidade profissional do futuro bombeiro de aeródromo em resgate e combate a incêndio envolvendo aeronaves de Asas Rotativas.

O estágio teve, também, o propósito de incutir a confiança do militar em si próprio e na atuação em grupo, além de padronizar os procedimentos técnicos empregados na prevenção e no combate a incêndio. Diversas atividades foram realizadas, como: conhecimento dos pontos sensíveis, treinamento físico para bombeiro, visita ao simulador e sinalização de balizamento de aeronaves.

“A abordagem às aeronaves de Asas Rotativas tem suas peculiaridades, principalmente no que diz respeito aos procedimentos de segurança, de resgate de vítimas e de combate a  incêndio. Aprendemos, também, técnicas de balizamento de aeronaves utilizadas em aeródromos de campanha. O estágio  foi fundamental para ampliar nosso conhecimento e nos tornar aptos  a agir em diversas situações”, comentou a aluna Fernanda Rodrigues.

O Capitão Sérgio Henrique Arantes dos Santos, do EB, falou sobre a parceria entre as instituições. “É muito importante continuar implementando o espírito de cooperação entre a Aviação do Exército e a EEAR, as quais vêm prestando apoio mútuo na formação de seus especialistas", concluiu.

Comunicações

Já os alunos da quarta série, da Especialidade de Comunicações (BCO), participaram, entre os dias 23 e 27 de setembro, de instrução realizada pela equipe do Esquadrão Profeta (1º/1ºGCC). O objetivo foi aprimorar os conhecimentos obtidos durante o CFS, colocando em prática os ensinamentos adquiridos em sala de aula.

Os alunos, supervisionados pelos instrutores do 1º/1° GCC, montaram um campo de antenas no perímetro da EEAR, em Guaratinguetá (SP), formando um Posto de Comunicação (PCOM) estático e mais um PCOM móvel. Com isso, foi possível estabelecer comunicação entre os PCOM e dos PCOM com o esquadrão, sediado na Ala 12, no Rio de Janeiro (RJ).

“A oportunidade de interagir diretamente com a equipe do 1°/1° GCC foi de grande valia para a nossa formação na EEAR. As instruções nos ajudaram não apenas a ver, na prática, as atividades atribuídas ao sargento BCO, mas também, a ter uma melhor noção do quão fundamental é a nossa especialidade para o cumprimento eficaz das missões nessa área”, comentou a aluna Mayume Isabelle Gomes Horita.

Além das transmissões em alta frequência (HF), foi possível também estabelecer um link satelital com o Esquadrão Profeta, após montagem da antena Gigasat, estabelecendo dessa forma uma rede de dados com o esquadrão. Isso possibilitou realizar conexões Intraer, Internet e Telefonia, mostrando a importância do emprego das comunicações satelitais em ambientes desprovidos de meios de comunicação.

“É muito satisfatório participar da realização desses exercícios técnicos operacionais praticados em campo com os alunos, pois podemos ver toda a dedicação e o brilho nos olhos de cada um deles, tendo assim a convicção de que os objetivos planejados pela equipe do Galpão Básico de Comunicações foram atingidos com louvor”, reforçou o chefe do galpão, Tenente Especialista em Comunicações Cláudio Rodrigues de Souza Júnior.

 

Fotos: Soldado Charleaux / Capitão Custódio