ORDEM DO DIA

Aniversário de Nascimento de Alberto Santos-Dumont

Leia a Ordem do Dia alusiva ao 146º Aniversário de Nascimento de Alberto Santos-Dumont
Publicado: 19/07/2019 11:30
Imprimir
Fonte: GABAER
Edição: Agência Força Aérea

“Inventar é imaginar o que ninguém pensou; é acreditar no que ninguém jurou; é arriscar o que ninguém ousou; é realizar o que ninguém tentou. Inventar é transcender.”

Esta citação de Alberto Santos-Dumont expressa, de maneira muito clara, todo o espírito aventureiro e abnegado do Patrono da Aeronáutica Brasileira, sem os quais não seria possível alcançar o grande feito que logrou: realizar o primeiro voo do mais pesado que o ar – o 14-BIS.

Em uma época tão distante, onde os recursos se mostravam, muitas vezes, escassos, a capacidade de adaptação e a dedicação se faziam primordiais para se atingir um objetivo tão grandioso.

Protagonista de seu tempo, vislumbrou oportunidades em um caminho que se apresentou tortuoso em alguns momentos. Todavia, sem pensar em desistir, superou todas as dificuldades. Mantendo-se atento somente em seu objetivo, seguiu em frente com absoluta resiliência e focado no seu propósito.

Mais que um advento tecnológico, deixou para a humanidade a certeza de que todo sonho pode ser realizado; de que, mais importante que a capacidade física, é possuir uma vontade irrefreável de conquistar feitos tidos como impossíveis.

Assim, somos detentores de seus legados, imensuráveis em importância, mas que, posso assegurar, serviram como base para nossos valores e princípios, os quais nutrimos como essenciais à nossa instituição, de modo que possamos permanecer em patamares elevados de atuação, almejando conquistas cada vez maiores.

Criador da ferramenta que proporcionou ao homem atuar na terceira dimensão, Alberto Santos-Dumont foi aquele que nos permitiu entender o quão importante se faz o alinhamento do aprimoramento intelectual com o avanço tecnológico, cada vez mais dinâmico nos dias de hoje. Somente assim, como fez nosso Patrono, teremos condição de estar “à frente de nosso tempo” em nossas ações.

Senhoras e senhores,

Nesta data, celebramos o 146º aniversário daquele que tanto fez pela humanidade, pelo Brasil e pela aviação brasileira e mundial.

Novos e modernos sistemas foram e serão incorporados a nossa Força, e cabe a nós estarmos preparados para operá-los em sua plenitude, assim como fez Santos-Dumont.

Em toda a história da Força Aérea Brasileira, sempre cultivamos os mesmos valores e princípios praticados por Alberto Santos-Dumont. A disciplina, que utilizou para se manter fiel ao seu propósito, a despeito dos obstáculos que enfrentou;o profissionalismo, evidente na dedicação desprendida para o cumprimento da missão; a integridade, sem se deixar desviar em sua conduta; o comprometimento, demonstrado quando abdicou do convívio em seu lar para alçar voos mais altos; e o patriotismo, manifestado permanentemente em suas ações, estando sempre preocupado em enaltecer sua pátria mãe.

Todas essas características, que nunca lhe faltaram, servem de estímulo para que consigamos seguir progredindo em nossa trajetória. Sua ética, honestidade e idoneidade, traços distintos em sua personalidade, devem ser tomados como indispensáveis e servir como pilares para atuação em qualquer situação, independente do cenário que se apresente a nossa frente.

Espelhem-se nos feitos realizados pelo nosso Patrono. Mais do que isso, sejam inspirados pelo caráter empreendedor e perseverante daquele que permitiu ao homem a realização de um dos anseios mais antigos da humanidade: voar. Assim, jamais pereceremos frente às dificuldades que se apresentem em nossa jornada, sendo capazes de manter nosso desempenho em níveis sempre elevados.

Alinhados a esses atributos, tenho convicção de que um futuro glorioso nos aguarda, pois, aliados às competências individuais de meus comandados, seremos uma Força Aérea cada vez mais vibrante e pujante.

Parabéns, Santos-Dumont!

Parabéns à Força Aérea Brasileira!

Muito obrigado a todos!

 

Ten Brig do Ar Antonio Carlos Moretti Bermudez

Comandante da Aeronáutica