SAÚDE

DECEA realiza Missão de Assistência Integrada Itinerante em diversas localidades

Confira como foram os atendimentos em Três Marias (MG), Maceió (AL) e Aracaju (SE)
Publicado: 10/09/2019 15:58
Imprimir
Fonte: DECEA, por Gisele Bastos e Daniel Marinho
Edição: Agência Força Aérea, por Tenente Elias - Revisão: Major Monteiro

O Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA) realizou o terceiro ano da Missão de Assistência Integrada Itinerante. Idealizada, coordenada e gerenciada pelo Subdepartamento de Administração (SDAD), o projeto leva equipes de profissionais de saúde da Força Aérea Brasileira (FAB) às unidades do DECEA que demandam maior atenção, seja devido ao isolamento geográfico, seja pela carência de serviços médicos.

DTCEA-TRM

O Destacamento de Controle do Espaço Aéreo de Três Marias (DTCEA-TRM), em Minas Gerais, está distante cerca de 30 km da vila habitacional da FAB. Profissionais do Esquadrão de Saúde de Lagoa Santa (ES-LS) e do Primeiro Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (CINDACTA I) realizaram 121 atendimentos em diversas especialidades, como Oftalmologia, Ortopedia, Pediatria, Ginecologia, Odontologia, Psicologia e Assistência Social.

“Esse tipo de missão é de suma importância para o DTCEA-TRM. São vários especialistas chegando à cidade, trazendo esperança e conforto aos militares e seus dependentes. Nosso atendimento em especialidade médica mais próximo está em Lagoa Santa, a 260 km, ou em Brasília [DF], a 470 km”, afirma o Comandante do Destacamento, Capitão Marco Aurélio Lopes Calisto.

DTCEA-MO

Nos três dias da missão itinerante no Destacamento de Controle do Espaço Aéreo de Maceió (DTCEA-MO), em Alagoas, foram realizados 161 procedimentos em 38 pacientes. Entre eles: tratamento de canal, de doenças da gengiva, cirurgias, extração, avaliação do uso de aparelhos corretivos e atenção à saúde bucal de crianças.

O Destacamento recebeu, ainda, o apoio da Secretaria Municipal de Assistência Social e Habitação, que deslocou profissionais para aplicação de vacinas contra a Hepatite B e Influenza. Foram realizados, ainda, pelos profissionais testes rápidos para detecção de HIV, sífilis e hepatites virais.

“Quando vêm vários profissionais altamente especializados para nos atender é algo muito importante, pois mostra o senso de pertencimento à Força Aérea.", pontuou o Comandante do DTCEA-MO, Major Especialista em Comunicações Diógenes da Rocha Garcez.

DTCEA-AR

Nos dois dias de missão no Destacamento de Controle do Espaço Aéreo de Aracaju (DTCEA-AR), Sergipe, foram atendidos 53 pacientes, entre militares, dependentes e reservistas, além de 42 crianças. Ao todo foram realizados 266 procedimentos.

A Secretaria Municipal de Assistência Social de Aracaju apoiou a missão de saúde itinerante do DECEA com a aplicação de vacinas e testes rápidos para detecção de doenças. Também houve a aferição de pressão realizada pela equipe médica. O efetivo assistiu, ainda, às palestras sobre benefícios sociais e cuidados com os dentes.

“Sentimos gratidão por receber o carinho das pessoas e ver a alegria estampada em seus rostos como forma de agradecimento", destacou a coordenadora da Odontoclínica de Recife, Capitão Dentista Daniela Asfora de Oliveira.

Fotos: Daniel Marinho / Gisele Bastos (DECEA)