OPERACIONAL

Esquadrão Cobra realiza treinamento de evacuação de emergência

Objetivo foi treinar as tripulações para deixarem as aeronaves C-97 Brasília e C-98 Caravan em caso de emergência
Publicado: 30/04/2019 09:31
Imprimir
Fonte: Ala 8, por Ten Lorena; 7° ETA, por Ten Dantoniele
Edição: Agência Força Aérea, por Tenente Gabrielli - Revisão: Cap Monteiro

7° ETA realizou instrução de Evacuação de Emergência Tripulantes do Esquadrão Cobra (7º ETA) participaram, na última quinta-feira (25), de uma instrução de evacuação de emergência nas aeronaves C-97 Brasília e C-98 Grand Caravan. O treinamento acontece a cada semestre, e compreende exercícios teóricos e práticos afetos à atividade aérea.

O Chefe da Célula de Instrução do esquadrão, Capitão Aviador Gustavo Carlos Gammerdinger Veras, explica que a finalidade do exercício é manter o adestramento operacional dos tripulantes no meio aquático. "Com o treinamento, também promovemos a prevenção de ocorrências aeronáuticas, de forma a preservar a vida dos nossos militares", afirma. 

Treinamento mantém adestramento operacionalO exercício contou com um brifim preparatório, onde se destacou a importância da padronização dos procedimentos de emergência e da atuação da tripulação em condições adversas, como em uma evacuação. O próximo passo foi prático, com a simulação das evacuações de emergência nas aeronaves - momento em que os tripulantes puderam analisar pontos fortes e fracos de cada procedimento realizado, visando ao constante aprimoramento.

Finalizando a programação, os tripulantes realizaram a natação utilitária, com a finalidade de diagnosticar possíveis dificuldades de uma amerissagem (pouso na água), bem como despertar para a importância do preparo e da aptidão física em situações que envolvam uma evacuação em ambiente aquático, cenário mais provável de uma emergência na Região Amazônica.

Exercício incluiu natação utilitáriaEm uma situação de emergência nas aeronaves de transporte, a atuação dos comissários é fundamental na condução da evacuação, pois eles exercem o elo entre os pilotos e os passageiros, além de supervisionar os procedimentos de abandono. O Sargento Nemias Gomes de Lima, comissário do Esquadrão Cobra há mais de dez anos, participou do treinamento. "O exercício foi minucioso, o que facilitou a contextualização e o debate da correta abordagem por parte dos comissários", avaliou.