LAAD

Exposição da FAB contou com o Escalão Móvel de Apoio

Militares foram apoiados com alimentação, além de atendimento médico e odontológico
Publicado: 05/04/2019 20:41
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea, por Ten Cristiane dos Santos
Edição: Agência Força Aérea - Revisão: Tenente-Coronel Denys

Encerrou-se, nesta sexta-feira (05/04), a 12ª Edição da LAAD Defence & Security, maior feira de segurança e defesa da América Latina. Durante todo o evento, a Força Aérea Brasileira (FAB) ofereceu apoio aos militares das três Forças Armadas, além do Ministério da Defesa, por meio do Escalão Móvel de Apoio (EMA). A infraestrutura logística móvel foi montada na área externa do evento e contou com suprimento em seis unidades celulares distintas.

O Comandante do EMA na LAAD, Coronel Intendente Fernando Angotto de Oliveira, falou sobre as capacidades da estrutura. “O EMA consegue trazer para qualquer ambiente que a FAB esteja atuando toda a infraestrutura que existe na unidade de origem, como saúde, intendência, comunicação e controle, tecnologia da informação, engenharia, entre outras. E, na LAAD, provemos apoio para o estande da FAB e também para as forças amigas, Marinha do Brasil e Exército Brasileiro”, disse.

Apoio

A Unidade Celular de Intendência (UCI) ofereceu mais de 2.500 refeições, além de estoque, almoxarifado, montagem das barracas e transporte de equipamentos; a Unidade Celular da Tecnologia da Informação (UCTI) ficou responsável por disponibilizar a comunicação via internet/intraer, além da telefonia; a Unidade Celular de Engenharia (UCE) forneceu energia, refrigeração das barracas, coleta do esgoto do refeitório e balizamento tático do heliponto.

Já a Unidade Celular de Saúde (UCS) prestou atendimentos médicos e odontológicos emergenciais, e contou com uma estação de Defesa Química, Biológica, Radiológica e Nuclear (DQBRN), do Hospital da Força Aérea do Galeão (HFAG), para descontaminação primária, com até 90% de eficácia. A unidade de emergência do Hospital de Campanha (HCAMP) foi estruturada com três médicos (cirurgião, ortopedista e clínico-geral) e realizou sete atendimentos médicos, sendo um cirúrgico.

A Unidade Celular de Segurança e Defesa (UCSD) ficou responsável por todas as áreas sensíveis, além da segurança do efetivo do EMA e do material bélico da FAB em exposição. Por fim, a Unidade Celular de Comunicações (UCC) supriu a transmissão e recepção de informações.

Tráfego Aéreo

Ainda na área externa, a FAB proveu o gerenciamento do espaço aéreo nas proximidades do evento. O Serviço Regional de Proteção ao Voo de São Paulo (SRPV-SP), unidade do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA), foi o responsável por prestar o serviço de informações aeronáuticas, coordenando os movimentos aéreos, como pousos, decolagens e sobrevoos.

O Coordenador Tático do Serviço de Tráfego Aéreo, Major Especialista Ubiraci da Silva Pereira, explicou quais foram as funções desenvolvidas durante a feira. “A responsabilidade foi prestar o serviço de meteorologia, gerenciamento do espaço aéreo, telecomunicações e informações aeronáuticas, por meio de seus operadores da estação aeronáutica”, destacou.

Durante o evento, foram registradas 110 movimentações aéreas, incluindo as do Vice-Presidente da República, Antonio Hamilton Martins Mourão, e as do Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Antonio Carlos Moretti Bermudez.

Confira o vídeo.

Fotos: Cabo André Feitosa/CECOMSAER