CRUZEX

Comitiva da FAB visita localidades próximas a Natal (RN) para falar sobre a CRUZEX

Comunidade da região está sendo informada sobre a movimentação que acontecerá em novembro
Publicado: 08/11/2018 17:50
Imprimir
Fonte: Ala 10, por Tenente Juliana Lopes
Edição: Agência Força Aérea, por Ten Emília Maria - Revisão: Cap Landenberger

Uma comitiva composta por 19 militares da Ala 10, unidade da Força Aérea sediada em Parnamirim (RN), visitou, na segunda-feira (5), a cidade de Pureza, na região leste do Rio Grande do Norte, onde está sediado o Estande de Tiro de Maxaranguape. A visita teve como objetivo preparar a população para a movimentação aérea e terrestre que ocorrerá no município durante o Cruzeiro do Sul Exercise (CRUZEX), que ocorrerá no período de 18 a 30 de novembro, na Ala 10 e em Maxaranguape.

Nas escolas das redes públicas estadual e municipal de Pureza foram realizadas palestras que explicaram aos professores e alunos sobre as atividades que ocorrerão no Estande. Os moradores ficaram sabendo, por exemplo, que todas as operações previstas seguem os protocolos de segurança de voo, nacionais e internacionais, para a aviação militar.

Uma das instituições visitadas foi a Escola Municipal Jarbas Passarinho, em que participaram das palestras os alunos de 11 turmas do 5º ao 9º ano do ensino fundamental. “Os militares foram muito bem recebidos, os alunos fizeram muitas perguntas e saíram bem informados. Agora eles estão tranquilos e curiosos, esperando o início dessa operação para ver as aeronaves passando no céu”, contou a Coordenadora Pedagógica, Francisca de Paula Batista Costa.

Na visita à Escola Estadual Maria Antonia, a aluna Renata Lopes de Araújo, de 10 anos, teve o primeiro contato com militares da FAB. “O pessoal da Aeronáutica foi muito legal, eles nos deram a revistinha que explica tudo o que eles fazem e falaram para a gente não se preocupar, porque os aviões que vão passar estarão no treinamento e que tudo é controlado por eles, que não tem nenhum perigo”, contou a estudante.

Além das escolas, foi realizada uma audiência pública na cidade, com a presença de representantes de organizações da sociedade civil, como as igrejas católica e evangélica, das Secretarias Municipais e Câmara Municipal. Também está sendo distribuído material informativo em escolas de Natal e Parnamirim, além das associações de moradores de Parmamirim, onde fica localizada a Ala 10, unidade da FAB que sediará a Operação.

Durante a operação, espera-se uma média de duzentos pousos e decolagens por dia, um movimento aéreo 2,5 vezes maior do que o registrado normalmente nos períodos de operação dos esquadrões sediados na Ala 10, além de lançamentos de paraquedistas. Por isso, a Força Aérea mobilizou uma equipe de militares, sob coordenação do Centro de Comunicação Social da Aeronáutica (CECOMSAER), para conversar com as comunidades de Natal, Parnamirim e Pureza e seus representantes, cidades diretamente envolvidas na CRUZEX.

"Sabemos que um exercício dessa dimensão modifica a rotina da região, com passagens de aeronaves de caça, helicópteros e lançamentos de paraquedistas, que foge do cotidiano dos moradores. Porém, o treinamento de proteção do espaço aéreo e o intercâmbio com as outras Forças proporcionam elevação do nível das capacidades da FAB", ressalta o Chefe da Divisão de Comunicação Corporativa do CECOMSAER, Coronel Aviador Rodrigo Fontes de Almeida.

 Outras ações informativas à sociedade

Representantes dos poderes públicos municipais de Parnamirim, Natal e Pureza (RN), além das associações de moradores de Parnamirim participaram, nos dias 25 e 26 de outubro, de reuniões na Ala 10 sobre o exercício. Os visitantes assistiram a uma palestra sobre a CRUZEX e conheceram a área operacional da Ala 10.

Além de Natal, Parnamirim e Pureza, também estão sendo enviadas informações aos veículos de comunicação e formadores de opinião das cidades de Rio do Fogo, João Câmara, Caicó e Mossoró, no Rio Grande do Norte, e Souza, na Paraíba. Estas cidades estão inseridas nas áreas de sobrevoo de aeronaves durante a operação.

A movimentação dos mais de dois mil participantes poderá ser notada principalmente pelos moradores da região de Natal e Parnamirim, áreas que terão a atividade turística e o setor de serviços beneficiados, já que os visitantes ficarão hospedados fora das bases militares. O Exercício envolverá cerca de duas mil pessoas, das quais mil e setecentos militares visitantes, brasileiros e estrangeiros, que chegam à capital potiguar a partir do dia 15 de novembro.

 Saiba mais sobre o Exercício CRUZEX 2018 na página especial.

 Fotos: Soldado Simplicio/Ala 10

Clique aqui para ler o Cordel que foi distribuído na região durante as visitas.