INSTITUCIONAL

Oficiais-generais da FAB realizam primeiro voo no KC-390

O voo foi realizado nesta segunda-feira (22/10), em Brasília
Publicado: 22/10/2018 23:03
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea, por Ten Raquel Alves
Edição: Agência Força Aérea - Revisão: Cap Landenberger

Oficiais-generais da Força Aérea Brasileira (FAB) realizaram o primeiro voo na nova aeronave multimissão de transporte da FAB, o KC-390, nesta segunda-feira (22/10), na Ala 1, em Brasília (DF).

Para o diretor do Programa KC-390 pela Embraer, Paulo Gastão da Silva, que acompanhou os militares durante o voo, a aeronave trará muitos benefícios para a FAB. “Planejamos a aeronave nos moldes solicitados pela FAB. O KC-390 é uma aeronave moderna, de grande capacidade, com custo de ciclo de vida muito mais baixo, assegurando para a FAB a operacionalidade necessária com economia. Ano que vem eles estarão operando a todo vapor na Ala 2, em Anápolis”, destacou.

Robusto, moderno e de alta capacidade operacional, o KC-390 se materializou a partir do conceito e ideias de pilotos e engenheiros da FAB que almejavam por demandas acima das cumpridas pelo C-130 Hércules. “Tivemos a oportunidade de ver e sentir a versatilidade da aeronave, desde a decolagem até o pouso. Estamos muito satisfeitos com o projeto e ansiosos para iniciar nossas missões com o novo cargueiro”, descreve o Comandante da FAB, Tenente-Brigadeiro do Ar Nivaldo Luiz Rossato.

Fruto da capacitação tecnológica, o KC-390 significa um salto operacional para as Forças Armadas e um avanço para a indústria aeronáutica brasileira. A FAB é responsável por todo o investimento ocorrido no desenvolvimento do KC-390, que tornará a espinha dorsal da aviação de transporte da instituição nos próximos anos. Ao todo, 28 unidades foram encomendadas e a entrega está prevista para 2019.

Certificação
A certificação de Tipo da aeronave, feita pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), na sexta-feira (19/10), permite que o avião possa ser comercializado e operado em todo o território brasileiro. A certificação é emitida quando o projeto de aeronave demonstra ter cumprido todos os requisitos operacionais e de segurança e de proteção ambiental obrigatórios para a operação. Isso evidência que o nível de segurança da aeronave é compatível com padrões internacionais, e permite que o modelo certificado seja comercializado no Brasil e inserido no Registro Aeronáutico Brasileiro (RAB).

Sobre a aeronave
O Embraer KC-390 é o maior avião produzido na América Latina e foi desenvolvido para atender os requisitos operacionais da Força Aérea Brasileira. A aeronave estabelece um novo padrão para o transporte militar médio, por se tratar de um modelo inédito para o transporte de carga militar.

O cargueiro da FAB é o único da categoria que conta com o sistema de comando de voo eletrônico fly-by-wire que, além de dar maior eficiência para pilotagem, também proporciona uma integração com as demais missões. Um exemplo é o lançamento de carga. O uso dos controles eletrônicos vai mensurar o comportamento do avião durante o voo, que responde a essa dinâmica e repassa as informações ao piloto.

Foto: Soldado Wilham Campos/CECOMSAER