DIA DOS PAIS

Suboficial formado pela EEAR é pai de atual Comandante da Unidade

Brigadeiro ainda assistiu presente emocionante de um pai para formando da EEAR
Publicado: 10/08/2018 19:00
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea, por Tenente Raquel Alves
Edição: Agência Força Aérea, por Tenente Felipe Bueno - Revisão: Major Alle

Imagine comandar uma unidade militar da FAB onde seu pai iniciou a carreira? Essa é a missão do Brigadeiro do Ar Valdir Eduardo Tuckumantel Codinhoto, filho do Suboficial da reserva Valdir Codinhoto. Exercendo o cargo de Comandante da Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR), em Guaratinguetá (SP), o Brigadeiro Codinhoto (que leva o mesmo nome de guerra do pai) recorda a carreira na FAB. “Ao ver meu pai no desempenho do trabalho dele e o convívio com os amigos de farda, foi me despertando o desejo de fazer parte daquele ambiente”, descreve o oficial-general.

Desde pequeno, o Brigadeiro Codinhoto já frequentava o local de trabalho do pai. No período de férias visitava a área de manutenção de aeronaves, especialidade do pai, e viver entre os aviões despertou nele o desejo de ser aviador. "Já no ensino fundamental, ele começou a estudar para a Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR). Disse para ele que seria uma carreira muito intensa e que não seria fácil, mas em momento algum ele desistiu”, explica o Suboficial.

O resultado veio algum tempo depois. Presente nas duas formaturas (da EPCAR e da Academia da Força Aérea), o Suboficial Codinhoto não escondeu o orgulho e a felicidade de ver o filho comandar a mesma instituição na qual ingressou. “Sempre trabalhei muito para oferecer o melhor para meus filhos e não há felicidade maior para um pai do que ver isso acontecer. E eu estava lá!”, relembra o militar.

Ao receber a notícia do filho que ele iria comandar a Escola de Especialistas, o Suboficial Codinhoto ficou várias noites pensando em como seria a atuação do filho e ansioso para assistir à passagem de comando. “Tanto para mim quanto para meus colegas, foi uma grande felicidade. Ter meu filho no comando da escola onde iniciei minha carreira foi uma grande surpresa. Valeu muito a pena todo o sacrifício passado para que ele chegasse aqui. Sinto-me um pai realizado.”, descreve o militar da reserva.

O Brigadeiro Codinhoto sente-se honrado em comandar a EEAR, mas descreve que a responsabilidade é grande. “Eu me sinto com uma responsabilidade dobrada. Coloco-me na posição do meu pai e tento me imaginar naquele garoto que ingressou na EEAR, em 1960, e jamais imaginaria que iria ter um filho que comandaria a Escola. A minha formação foi determinante para que eu chegasse ao comando hoje, e a contribuição de muitos especialistas durante minha formação foi fundamental para ser o profissional que sou hoje”, comenta.

Todos os obstáculos impostos pela vida são esquecidos quando um pai vê um filho na carreira que almejou. A alegria do Suboficial Codinhoto é triplamente comemorada: além do oficial-general, o segundo filho dele também é suboficial e sua neta se formou recentemente na EEAR.

Presente de pai
O Sargento Nilton Pedro do Amaral, do efetivo da Comissão de Desportos da Aeronáutica (CDA), correu 260 km para atender ao pedido de seu filho, o agora Sargento Enzo Ferraro Lage do Amaral. Sabendo que seu pai é um maratonista de longa distância, o sargento Enzo pediu que ele fosse para sua formatura, realizada no dia 22 de junho, correndo, do Rio de Janeiro (RJ) até a cidade de Guaratinguetá (SP), onde está sediada a EEAR.

O pedido foi aceito e o presente preparado durante os dois anos do curso de formação de Enzo. A ultramaratona, que durou dois dias, começou às 7 horas do dia 20 de junho. “Quando pensei em um presente, queria algo importante não só pra mim, mas para meu pai também. Então resolvi juntar as duas coisas que mais proporcionam orgulho e satisfação a ele, a FAB e o atletismo, e veio o pedido da ultramaratona. E, vê-lo chegando ao meu Esquadrão, que foi minha casa durante dois anos, foi emocionante - uma sensação inexplicável, de muita gratidão”, comentou emocionado o Sargento Enzo.

A chegada à EEAR foi às 11h30 do dia 22 de junho, dia da formatura. O Sargento Amaral e sua equipe foram acompanhados pelo grupamento da Turma Pantera, que os escoltaram até a chegada ao Esquadrão Branco. “Esse momento que vivi é inesquecível. O que eu fiz aqui foi por amor, e não tem satisfação maior que dar esse presente ao meu filho, pedido há dois anos, ao ingressar na Escola. As asas foram colocadas, agora o voo é dele”, comentou, orgulhoso, o ultramaratonista Sargento Amaral.

Assista ao vídeo de homenagem ao Dia dos Pais!

Fotos: Sargento Bruno Batista/CECOMSAER e Cabo T. Ribeiro/EEAR.