FORMAÇÃO

FAB realiza encerramento do Curso de Formação de Soldados em diversas Unidades

Veja como foi a solenidade nas Unidades da Força Aérea Brasileira
Publicado: 03/07/2018 16:00
Imprimir
Fonte: Ala 12, EEAR, Ala 7 e BAFL
Edição: Agência Força Aérea, por Tenente João Elias - Revisão: Major Alle

A Força Aérea Brasileira realizou, nessa sexta-feira (29), a Cerimônia Militar alusiva ao Compromisso à Bandeira Nacional que marca o encerramento do Curso de Formação de Soldados (CFS) da primeira turma do ano de 2018 em diversas Unidades Militares.

Confira como foi a solenidade na Ala 12, em Santa Cruz, no Rio de Janeiro (RJ); na Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR), em Guaratinguetá (SP); na Ala 7, em Boa Vista (RR); na Base Aérea  de Florianópolis (BAFL), em Florianópolis (SC); na Ala 5, em Campo Grande (MS); na Ala 6, em Porto Velho (RO); no Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica (CIAAR), em Belo Horizonte (MG); e na Ala 10, em Parnamirim, na região metropolitana de Natal (RN).

Ala 12

Na Ala 12, a formatura foi presidida pelo Comandante da Unidade, Coronel Aviador Alessandro Cramer, e reuniu o efetivo da Ala, amigos e familiares dos novos soldados. Três militares foram homenageados por terem se destacado durante o curso: Kaique Telles Muguet, que se destacou como o primeiro colocado da turma; Marco Aurelio Brum Pereira Junior, que foi escolhido pelos seus instrutores e companheiros como Soldado Padrão; e Marlon de Castro Francelino, que recebeu a Menção de Destaque Operacional.

De acordo com o comandante, os novos soldados realizaram um estágio de adaptação nos moldes de uma escola de formação militar, sem contato com a família, e com muita exigência; concluíram o Exercício de Campanha, superando os próprios limites; e tiveram reforçados valores, como disciplina, amizade, coragem, lealdade, dever e honestidade.

“Percebam que esses jovens deixaram a adolescência para trás, ingressaram na idade adulta, criaram asas e já estão voando. Continuem a dar-lhes o apoio e o carinho de que necessitam, e cobrem deles atitudes corretas. A parceria de vocês com a Guarnição de Aeronáutica de Santa Cruz continua para formarmos cidadãos de bem, que contribuam para um Brasil melhor”, destacou.

Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR)

Durante a cerimônia na EEAR, os 108 novos soldados da FAB prestaram seu compromisso solene, seguido do canto do Hino Nacional. O Soldado Wesley Aguiar Correia, primeiro colocado da turma; e o Soldado Airton Rocha Braconaro, escolhido como soldado padrão, foram homenageados.

“Eu sempre tive o sonho de entrar para a FAB. No início foi um pouco difícil, são muitas as diferenças do mundo civil para o mundo militar, mas aos poucos fui me adaptando e o crescimento pessoal e intelectual foi muito grande, além de ter feito amizades que levarei por toda a minha vida. Tive como exemplo meu irmão, que foi 01 da sua turma em 2016, me dediquei, passei noites em claro estudando, treinei intensamente a parte física e consegui, tenho muito orgulho de pertencer à Força Aérea Brasileira”, comentou o primeiro colocado da turma.

Em seguida, os novos soldados receberam seus distintivos e, na sequência, desfilaram em continência à Bandeira Nacional. “Na realidade, manifestar publicamente o despojamento de desejos e anseios próprios da adolescência, em prol do serviço militar e do cumprimento que advém do juramento ora prestado, é por demais lição exemplar de cidadania e convicção na soberania do Brasil”, comentou o Comandante da EEAR, Brigadeiro do Ar Valdir Eduardo Tuckumantel Codinhoto.

Ala 7

Na Ala 7,  a cerimônia foi presidida pelo Comandante da Unidade, Coronel Eric Breviglieri, e contou com a presença de autoridades locais, familiares e convidados dos formandos. Mais de 80 soldados concluíram o curso que começou no dia 1° de março e, durante aproximadamente 120 dias, buscou adaptar o pessoal recém-chegado às atividades características da vida militar ao realizar instruções sobre as legislações do Comando da Aeronáutica, desenvolver atividades operacionais em ambiente de selva, de segurança e de defesa das instalações, além de apresentar diversas áreas de atuação da Organização Militar para, futuramente, especializarem-se em alguma delas.

Na parte social, participaram de ações preventivas e educativas cujo principal objetivo é complementar a formação do soldado para além do campo militar, mas também como cidadão. “Durante o curso procurava sempre me esforçar ao máximo e tirar o melhor proveito dos conhecimentos passados pelos meus instrutores”, revelou o Soldado Josenilton Vintura de Sousa, primeiro colocado do curso.

Para o Coronel Breviglieri, receber novos militares capacitados para auxiliarem nas atividades rotineiras, na segurança e na defesa da instituição é tão importante quanto a responsabilidade de realizar um trabalho social e educativo para auxiliá-los no crescimento e amadurecimento pessoal, na formação como cidadão e na projeção de um futuro profissional. “Durante o serviço militar obrigatório, esses jovens terão a oportunidade de vivenciar situações únicas, pela característica da atividade militar, e assimilar valores e práticas de maneira que sejam conscientes de seus direitos e, principalmente, de seus deveres”, frisou o comandante.

Base Aérea de Florianópolis (BAFL)

A solenidade na BAFL foi realizada, na terça-feira (26), sendo presidida pelo Comandante da Unidade, Tenente-Coronel Aviador Luiz dos Santos Alves. A formação dos 57 militares foi coordenada pelo Batalhão de Infantaria-25 (BINFA-25). Durante o curso, os soldados participaram de instruções peculiares do campo militar, incluindo tática de combate terrestre, atividades de campanha e segurança do trabalho. Os novos soldados também realizaram o Estagio de Polícia de Aeronáutica (EPA), no qual já se formam capacitados para o controle de distúrbios.

Os militares que obtiveram destaque durante o curso tiveram seu esforço reconhecido. O Soldado Victor Macedo De Souza Palhares foi o primeiro colocado da turma, e o Soldado Victor Nascimento Lopes Da Rosa foi eleito como Soldado Padrão. Durante o evento, as madrinhas e padrinhos entregaram aos formandos os distintivos.

“Como na canção do Expedicionário, mantenham a paixão, o ardor e o amor que aqueles expedicionários jovens que doaram suas vidas na Itália e no Brasil tiveram. Lembrem–se que é a bandeira da nossa pátria que nos une. Sejam audazes, persistentes como os combatentes da Segunda Guerra Mundial que travaram a Batalha do Atlântico partindo desta Base defendendo as Costas do Brasil. Sejam ousados como os pilotos do primeiro grupo de caça nos céus da Itália, que defenderam fora do Brasil os nossos ideais. Sejam melhores a cada dia”, disse o Tenente-Coronel Santos.

Ala 5

Na Ala 5 foram formados 102 novos soldados. Dois alunos que de destacaram durante o curso receberam premiações: o Soldado Vinícius da Silva Lima, como destaque intelectual da turma; e o Soldado Ruan Caviquioli Guia, escolhido como Soldado Padrão.

“É uma experiência a mais que meu filho está obtendo na vida. É muito gratificante poder servir à Pátria dessa forma”, ressaltou a mãe do soldado Ruan, Cristina Caviquioli.

Além do juramento, durante a solenidade, os formandos também receberam a insígnia de Soldados de Segunda Classe de seus pais e padrinhos e desfilaram em continência à Bandeira Nacional. “O juramento não tem paralelo em nenhum outro grupo profissional, pois a defesa daquilo que se jura pode implicar a doação da própria vida”, destacou o Comandante da Ala 5, Brigadeiro do Ar Augusto Cesar Abreu dos Santos.

Ala 6

Na Ala 6,  a solenidade foi presidida pelo Comandante da Unidade, Coronel Aviador Rômulo Coutinho Lucas, e contou com a presença de familiares e amigos dos novos militares.

Foram incorporados 87 novos soldados às fileiras da FAB, destacando-se os seguintes militares: Soldado André de Souza Araújo - primeiro colocado da turma; e Soldado Júlio Rodrigues Silva e Souza Júnior - eleito como soldado padrão.

Em seu discurso para os familiares e soldados recém-formados, o Coronel Lucas ressaltou a importância da data para os formandos. “O dia de hoje marcará a vida de cada um de vocês. Aproveitem todos os momentos na caserna; os aprendizados e amizades aqui adquiridos vocês certamente levarão para toda a vida”, especificou.

Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica (CIAAR)

No CIAAR, foram 163 formandos. Durante o curso, destacaram-se o recruta Lucas Gabriel Pereira Bolonezi, 1º colocado da turma ”Taurus”, com a média 9,2; e o recruta André Moreira Teixeira, eleito pelos instrutores e companheiros de turma como padrão.

“No ano de 2018, agradeço a Deus pelo privilégio de poder realizar um dos meus sonhos de incorporar-me à FAB e me tornar o primeiro colocado da turma. Orgulho-me de dizer com toda a propriedade, que me tornei não só um militar preparado e em condições de servir ao meu país, mas também um ser humano melhor com consciência de um horizonte aberto a minha frente. Obrigado Força Aérea”, afirmou o Soldado Bolonezi.

O Comandante do CIAAR, Brigadeiro do Ar Mário Sérgio Rodrigues da Costa, cumprimentou os novos soldados da FAB. “O dia de hoje apenas encerra um ciclo de suas vidas, um pequeno passo dessa jornada, que será do tamanho do sonho que cada um dos senhores possui. O limite não será imposto por nós e nem por ninguém, mas vivido e colocado pelos senhores. Não deixem de sonhar, sonhem cada vez mais alto e não permitam que lhes imponham limites. Se chegaram até aqui, poderão ir muito mais longe e que este seja apenas o primeiro passo de uma longa e bonita caminhada dentro ou fora da Força Aérea, não importa onde será, importa como será ela vivida e que seja pautada nos valores aqui ensinados: hierarquia, disciplina, ética, amor à Pátria e tantos outros”, frisou.

Ala 10

Na Ala 10, 190 novos Soldados fizeram o juramento. O primeiro colocado da turma foi o Soldado Pedro Henrique Silva, com a nota 8,56, que recebeu as congratulações e o certificado das mãos do Comandante da Unidade, Brigadeiro do Ar Luiz Guilherme Silveira de Medeiros.

Em seu discurso, o Oficial-General ressaltou que as longas e intensas horas de treinamento, de formação e de fortalecimento de valores jamais deverão ser esquecidos e que o juramento proferido deve ser a certificação de que os ensinamentos absorvidos durante o curso de formação representam a real mudança de comportamento, permitindo que possam ser intitulados como agente público do estado, pronto para o cumprimento da missão atribuída como soldado da FAB.

"Trabalhem com afinco, com responsabilidade e com comprometimento. Sejam audazes e guerreiros independentemente do tempo que passarem junto a estes que aqui ombreiam em forma, perante os senhores!”, finalizou.

Fotos: Sargento Neubar / Cabo T. Ribeiro / Soldado Hakkenen / Soldado Moretoni  / Ala 5 / Soldado L Santos / Soldado Jessé / Soldado Simplício