FORMAÇÃO

Universidade da Força Aérea recebe 214 novos oficiais-alunos para os cursos de 2018

Com inovações na metodologia de ensino, cursos visam ao desenvolvimento de competências específicas
Publicado: 20/02/2018 13:50
Imprimir
Fonte: ECEMAR
Edição: Agência Força Aérea, por Tenente Aline - Revisão: Ten Gabrielli

A Universidade da Força Aérea (UNIFA), localizada no Rio de Janeiro (RJ), recebeu, nessa segunda-feira (19/02), 214 novos oficiais-alunos para o Curso de Comando e Estado-Maior, modalidade presencial (CCEM-P), na Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR), e também para o Curso de Aperfeiçoamento de Oficiais (CAP), da Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais da Aeronáutica (EAOAR), do ano de 2018.

Além dos 106 oficiais superiores brasileiros matriculados no CCEM-P, a ECEMAR recebeu cinco oficiais de nações amigas, vindos do Canadá, Argentina, Guatemala, Peru e Estados Unidos. Já no CAP, são três majores e 97 capitães brasileiros, além de três oficiais advindos da Guatemala, Peru e El Salvador.

Oficialmente, o Comandante da UNIFA, Major-Brigadeiro do Ar José Isaias Augusto de Carvalho Neto, dará as boas-vindas aos militares nesta quarta-feira (21/02), conclamando-os a se dedicarem plenamente aos estudos que se iniciam.

O Comandante da Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica, Coronel Aviador Flávio Luiz de Oliveira Pinto, saudou os novos oficiais-alunos por ocasião de sua chegada e, durante uma palestra, expôs os principais pontos do curso para os futuros Comandantes, Chefes, Diretores e Assessores do Comando da Aeronáutica (COMAER).

Entre as inovações do CCEM-P 2018 apontadas pelo Coronel Flávio estão a implantação da metodologia de Sala de Aula Invertida, que, ao deslocar o protagonismo do processo de ensino-aprendizagem para o oficial-aluno, torna-o mais responsável pela construção do conhecimento e facilita o atingimento de níveis cognitivos mais altos para o conteúdo proposto, como os de análise e síntese – essenciais para o futuro de suas carreiras.

Ainda, há a reedição do Estudo de Assuntos Operacionais (EAOp), implantado em 2016, cujo objetivo é, valendo-se da experiência acumulada pelos discentes ao longo de suas carreiras, bem como dos conteúdos ministrados durante o CCEM-P, conceber alternativas e arranjos de capacidades militares, debruçando-se sobre temas operacionais peculiares à Força Aérea Brasileira (FAB), propostos pelo Estado-Maior da Aeronáutica (EMAER) em conjunto com a ECEMAR.

O Comandante da EAOAR, Coronel Aviador Helmer Barbosa Gilberto, saudou os presentes e destacou, em suas palavras, que os capitães passarão por um período intenso. "O Curso de Aperfeiçoamento visa ao desenvolvimento de competências específicas para o desempenho de atividades administrativas, operacionais e de assessoramento. Aos oficiais-alunos é oferecido um amplo conhecimento sobre Liderança, Emprego das Forças Armadas e Administração Pública. Esse período letivo também é marcado pela volta ao convívio fraterno entre os Oficiais de diferentes Quadros da Força Aérea Brasileira. Ao término do curso, os discentes são coroados com um MBA reconhecido pelo Ministério da Educação”, explicou.