ESQUADRILHA DA FUMAÇA

Pilotos fazem readaptação de voo no A-29

Este ano, três novos pilotos fazem parte da equipe
Publicado: 21/02/2018 15:00
Imprimir
Fonte: EDA, por Tenente Cocate
Edição: Agência Força Aérea, por Tenente Elias - Revisão: Ten Gabrielli

A equipe de pilotos do Esquadrão de Demonstração Aérea (EDA), conhecido como Esquadrilha da Fumaça, está realizando treinamentos com a aeronave A-29 Super Tucano para retomar em breve as demonstrações aéreas. A previsão é que a primeira demonstração seja realizada no dia 29 de março, em Porto Alegre (RS).

Antes de iniciar as demonstrações, é necessário que o piloto passe por readaptação, que inclui treinamento nos voos. Os pilotos já deram início aos treinos das células, que são os grupos de aviões que fazem manobras juntos. São eles: o quatrilho (1 a 4), a dupla 5 e 6, e o isolado 7. O próximo passo é o voo com sete aeronaves, número que configura uma apresentação da Fumaça.  

A equipe total da Fumaça é composta por 13 pilotos. Este ano, três novos pilotos estão fazendo o treinamento que dura seis meses. Os novos aviadores do Esquadrão são oriundos da Aviação de Caça e já são pilotos de Super Tucano. Eles incialmente passaram por um processo de readaptação à aeronave, treinaram no Simulador de Voo do A-29, localizado em Campo Grande (MS), executando procedimentos normais e de emergência, e realizaram voos de treinamento em Pirassununga (SP), na sede do Esquadrão.

"Após os voos de readaptação, eles iniciaram o curso de Piloto Operacional de Demonstração Aérea e passam agora pelo módulo básico, fase em que se inicia a ambientação ao voo de dorso em voos isolados e em formação", explicou o piloto da Seção de Operações, responsável pela doutrina e instrução no Esquadrão, Capitão Lucas Yoshida.

A agenda de demonstrações ainda está sendo definida e, assim que for confirmada, será divulgada no site e nas redes sociais da Esquadrilha da Fumaça e da Força Aérea Brasileira.

Fotos: Tenente Cocate