ENSINO

Oficiais-Alunos da ECEMAR estudam soluções para desafios operacionais da FAB

Os trabalhos acadêmicos vão contribuir para o processo decisório das autoridades
Publicado: 24/11/2017 14:32
Imprimir
Fonte: ECEMAR
Edição: Agência Força Aérea, por Tenente João Elias

Oficiais-Alunos do Curso de Comando e Estado-Maior (CCEM) apresentaram, nessa terça (21/11) e quarta-feira (22/11), ao Estado-Maior da Aeronáutica (EMAER), em Brasília-DF, o resultado final do Estudo de Assuntos Operacionais da Força Aérea (EAOP) do ano de 2017.

O EAOP tem por finalidade avaliar aspectos operacionais que influenciam na formulação de alternativas e arranjos de capacidades militares, possibilidades de emprego do Poder Aeroespacial e proposições para soluções de problemas operacionais do Comando da Aeronáutica, a partir de temas relevantes previamente acordados entre a ECEMAR e o EMAER.

Os temas propostos para o EAOP foram conduzidos por grupos de trabalho distribuídos entre os integrantes do Curso de Comando e Estado-Maior, modalidade Presencial (CCEM-P), de 2017, que contou com 86 oficiais superiores. O trabalho consiste em empregar os Oficiais-Alunos do CCEM-P como equipe de pensadores (think tank), utilizando a experiência de cada um para maximizar o conhecimento por meio de avaliações, empregando metodologias avançadas e o pensamento crítico na análise dos problemas apresentados.

Foram constituídos sete grupos de trabalho que desenvolveram diversos temas, como interações entre a Defesa Cibernética e Ações de Força Aérea; Revisão da Doutrina de Logística da FAB focada no Emprego Conjunto; Metodologia de Seleção de Alvos no Âmbito das Operações Conjuntas; Condução e Simulação de Operações Aeroespaciais; entre outras.

"Os trabalhos acadêmicos sobre os respectivos temas serão encaminhados ao EMAER e Grandes Comandos, a fim de subsidiar o planejamento operacional da FAB e contribuir para o processo decisório das autoridades, no cumprimento da nossa missão constitucional", explica o Tenente-Coronel Alexandre Jannuzzi Peçanha, Coordenador do EAOP.