DIA DO AVIADOR

Evento no Museu Aeroespacial atrai mais de 50 mil pessoas durante o fim de semana

MUSAL AIRSHOW aconteceu nos dias 21 e 22 de outubro no Rio de Janeiro
Publicado: 25/10/2017 09:00
Imprimir
Fonte: MUSAL
Edição: Agência Força Aérea, por Tenente Gabrielli Dala Vechia

Mais de 50 mil pessoas visitaram o eventoNo último fim de semana, dias 21 e 22, o Museu Aeroespacial (MUSAL), localizado no Campo dos Afonsos, Rio de Janeiro (RJ), realizou a primeira edição do MUSAL AIRSHOW, que superou a expectativa de público e atraiu mais de 50 mil pessoas. O evento é realizado há 31 anos, mas em 2017 ganhou novo nome e um dia a mais de programação.

A festa marcou as comemorações do Dia do Aviador e da Força Aérea Brasileira - comemorado em 23 de outubro. O público presente pôde conhecer o MUSAL e também aeronaves abertas para visitação interna, como Mirage 2000, CBA Vector, C-130 Hércules, C-115 Búfalo, AT-26 Xavante e os helicópteros Sea King e H-34 Super Puma. Já o domingo foi marcado pelos shows aéreos.

Esquadrilha CEU foi uma das atrações do domingoO estudante Mateus Santana, de 17 anos, sonha em ser piloto e conta que já perdeu as contas de quantas vezes visitou o Museu. Ele esteve presente durante o sábado e assistiu ao treinamento da Esquadrilha CEU. “Eu amo aviões, sou simplesmente fascinado, um grande fã de Santos Dumont. Toda vez que venho ao MUSAL descubro coisas novas!”, enfatizou Mateus.

No domingo, mesmo sob ameaça de chuva, todas as apresentações aconteceram. A grande atração do dia, a Esquadrilha da Fumaça, teve seu início mais cedo do que o previsto, levantando o público com suas manobras de perder o fôlego.

Exposição estática de aeronaves atraiu a populaçãoAnsiosa pela apresentação da Esquadrilha da Fumaça, Simone Martins, 44 anos, contou que é frequentadora assídua do evento e levou sua filha, Ludmilla, e a amiga dela, Marina - que foi pela primeira vez e ficou encantada com os helicópteros e o C-115 Búfalo. “Gosto muito porque nossos filhos nem sempre têm oportunidade de ver o trabalho do pai que é militar, também saber a importância da FAB e das Forças Armadas para o Brasil. Eu amo a FAB desde criança e a Fumaça é um espetáculo!”, afirmou Simone.

O evento ainda contou com as apresentações da Esquadrilha CEU, acrobacias de T-6 Texan, simulação de resgate feita pelo Esquadrão Puma (3º/8º GAV), Esquadrão Falcões de salto livre, lançamento de paraquedistas pelo 3º ETA e ultraleves. Em terra, a Banda de Música da Base Aérea dos Afonsos e a banda Conecta Groove fizeram um show no palco, o grupo de reencenação Monte Castelo contou a história da aviação durante a Segunda Guerra Mundial.

Miguel, de seis meses, foi um dos visitantes do evento no MUSALA paulista Edna Posobom, 34 anos, esteve também pela primeira vez acompanhando o marido, Pedro Posobom, que realizou acrobacias aéreas no T-6 Texan, da empresa Helisul. Eles levaram o pequeno Miguel de apenas 6 meses, que estreou o presente dos tios - uma roupa de piloto de avião. “A organização do evento é muito bacana e toda essa estrutura é uma boa oportunidade de apresentar a aviação para as crianças”, destacou Edna.