ENSINO

Escola de Especialistas recebe alunos para início de semestre

Estagiários já deram início à quarentena
Publicado: 14/07/2017 15:19h
Imprimir
Fonte: EEAR
Edição: Agência Força Aérea, por Ten Cynthia Fernandes

A Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR) recebeu, na primeira semana de julho, 152 alunos do Curso de Formação de Sargentos (CFS). A nova turma – denominada Esquadrão Verde, conta com as seguintes especialidades: Controle de Tráfego Aéreo (BCT) e Guarda e Segurança (SGS).

Os alunos participaram da semana administrativa, que compreende o período de recepção e matrícula dos candidatos aprovados no Exame de Seleção para o Curso de Formação de Sargentos (CFS), e assistiram à aula inaugural ministrada pelo Comandante da EEAR, Brigadeiro do Ar Jayme Ferreira Junior.

Na oportunidade, o Comandante da EEAR deu as boas vindas aos novos alunos, enfatizando a responsabilidade que os militares têm em fazer cumprir a missão da Força Aérea Brasileira (FAB). “Temos de manter a soberania do Espaço Aéreo Brasileiro com vistas à defesa da Pátria e a importância de basearmos nossa conduta com o lema do especialista que é disciplina, amor e coragem”, acrescenta.

Ao se apresentarem na EEAR para a concentração final, prevista no edital do concurso, os alunos passaram pela semana administrativa, quando acontece a verificação documental, recebimento e ajustes de fardamento, corte de cabelo, identificação, palestras sobre doutrina, orientações quanto à rotina do Corpo de Alunos e apresentação das especialidades.

No último domingo (09/07), foi dado início à fase de adaptação dos alunos à nova vida militar, a famosa quarentena, período em que são inseridos na dinâmica rotina de estudos, exercícios físicos, horários apertados e a oportunidade de conviverem e se ajustarem aos diferentes hábitos dos colegas, vindos de todos os cantos do Brasil.

Segundo o estagiário Gabriel Silveira Quintão Rocha, natural de Araruama (RJ), é uma fase que exige adaptação, mas é recompensante. “Os dias são muito corridos, a rotina é muito puxada, a responsabilidade é muito grande, mas, quando lembro que esse é o meu objetivo e que foi para justamente estar aqui que estudei esse tempo todo, tudo passa a valer a pena”, acrescenta.

Fotos: SO Janilson