LUTO

Aeronaves da FAB transportarão brasileiros vítimas do acidente na Colômbia

Dois C-130 Hércules foram disponibilizados para transportar as vítimas e outras duas aeronaves em apoio aos familiares
Publicado: 29/11/2016 12:20
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea

Duas aeronaves C-130 Hércules da Força Aérea Brasileira (FAB) e uma equipe de profissionais especializados em resgate, do Esquadrão Aeroterrestre de Salvamento (PARA-SAR), estão de prontidão para auxiliar no resgate e traslado dos brasileiros vítimas do acidente ocorrido nesta terça-feira (29/11) com a aeronave de matrícula CP2933, da empresa LaMia, na Colômbia. O avião conduzia a delegação da Associação Chapecoense de Futebol, jornalistas brasileiros e cidadãos de Chapecó (SC), no trecho Santa Cruz de La Sierra – Medellín.

O Ministério da Defesa e o Comando da Aeronáutica, em nota oficial, lamentaram o acidente e informaram também que foram disponibilizadas duas aeronaves para transportar familiares das vítimas e equipes de militares.

Além disso, o Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA) está à disposição para contribuir com a autoridade colombiana de investigação.

Hércules -  A aeronave C-130 Hércules da Força Aérea Brasileira (FAB) já foi empregada no ano de 2010 no transporte  dos corpos de 17 militares brasileiros, mortos no terremoto no Haiti.  Saiba um pouco mais sobre as características do avião:  

Envergadura: 40,40 m
Comprimento: 29,80 m
Altura: 11,60 m
Peso Vazio: 36.400 kg
Peso máximo de decolagem: 69.750 kg
Motor: 04 Turbo-hélices Alisson T56-A-15
Teto de serviço: 32.000 ft (9.754 m)
Missões: Transporte Aéreo Logístico, Infiltração Aérea , Assalto Aeroterrestre, Reabastecimento em Voo, Busca e Salvamento e Combate a Incêndio em Voo.