SOCIAL

Base Aérea de São Paulo comemora 2 anos do Programa Forças no Esporte

Projeto atende 150 jovens e adolescentes
Publicado: 30/08/2016 09:00
Imprimir
Fonte: BASP
Edição: Agência Força Aérea, por Ten Emília Maria

Contando com 150 alunos, o Projeto Forças no Esporte (PROFESP) completou, no dia 25 de agosto, o segundo ano de implantação na Base Aérea de São Paulo (BASP).O projeto proporciona a crianças e jovens da comunidade local atividades esportivas, culturais e de lazer, reforço escolar, alimentação, assistência médica e, em breve, aulas de línguas estrangeiras.

Na BASP, o projeto social é dedicado às crianças e jovens da rede escolar estadual, tendo como parceiros na região Cumbica-Guarulhos as escolas Comandante João Ribeiro de Barros, Valter Fusco e Soimco II.

O Comandante da Base, Coronel Aviador Reginaldo Pontirolli tem boas expectativas em relação aos integrantes do projeto. "Esperamos formar ao longo dos anos grandes esportistas, futuros atletas, talentos para a nossa nação e, quem sabe, os que se interessarem pela carreira das armas, poderão futuramente fazer parte dos nossos quadros. Desejo que esses jovens sejam atores principais de mudanças efetivas para o futuro do nosso país", disse.

No dia 04 de abril deste ano, o projeto passou a ocupar o prédio da antiga Estação Ferroviária de Cumbica, localizada nas dependências da BASP. O local passou então a ser chamado "Estação PROFESP", um espaço mais adequado às necessidades dos alunos.

O aluno Gabriel de Souza Santana, de 14 anos, faz questão de expressar sua gratidão ao projeto. "Quero agradecer ao que o PROFESP fez por mim. Melhorei na escola e nos esportes. Estou muito feliz porque posso contar sempre com toda a equipe".

Leia um pouco mais na Revista Aerovisão como o PROFESP tem ajudado a mudar a realidade de jovens carentes: