SEFA

Novo secretário assume unidade responsável pela execução orçamentária da FAB

Tenente-Brigadeiro Araujo assume o cargo de Secretário de Economia e Finanças da Aeronáutica
Publicado: 31/03/2016 16:50
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea, por Ten João Elias

  O Tenente-Brigadeiro do Ar José Magno Resende de Araujo assumiu, nesta quinta-feira (31/03), o cargo de Secretário de Economia e Finanças da Aeronáutica, substituindo o Tenente-Brigadeiro do Ar Antonio Franciscangelis Neto. A cerimônia, presidida pelo Comandante da Aeronáutica, Nivaldo Luiz Rossato, ocorreu no prédio do Comando da Aeronáutica, em Brasília (DF). O evento contou com a presença de ex-ministros e ex-comandantes da Aeronáutica, oficiais-generais do Alto-Comando da Aeronaútica, além de outras autoridades civis e militares.

"A experiência do gestor que deixa o cargo é substituída pela motivação daquele que assume sem que para isso ocorra quebra de continuidade. Pelo contrário, ao dar prosseguimento aos projetos em desenvolvimento, os novos gestos injetam ânimos e catalisam resultados", ressaltou o Comandante da Aeronáutica.

  O Tenente-Brigadeiro Araujo ingressou na Força Aérea Brasileira (FAB) em 1974. Em sua trajetória profissional exerceu cargos como os de Chefe do Gabinete do Comandante da Aeronáutica (GABAER), Comandante do Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica (CIAAR) e Chefe da Assessoria Parlamentar da Aeronáutica (ASPAER). Possui mais de 4.400 horas de voo, tendo voado nove tipos diferentes de aeronaves e já recebeu 22 condecorações nacionais e três estrangeiras.

“É uma felicidade muito grande poder assumir o cargo de Secretário de Economia e Finanças da Aeronáutica. É uma função de muito relevância tendo em vista que a execução orçamentária do Comando da Aeronáutica é executada pela SEFA, bem como a administração dos recursos financeiros e de contabilidade”, explica o Tenente-Brigadeiro Araujo.

Homenagens - A solenidade foi marcada pela despedida do serviço ativo do Tenente-Brigadeiro Franciscangelis, que ingressou na FAB em 1973. Entre os principais cargos que exerceu estão: Chefe do GABAER, Comandante do Comando de Defesa Aeroespacial Brasileiro (COMDABRA), Comandante do CIAAR e Chefe das 1ª, 2ª e 6ª Subchefias do Estado-Maior da Aeronáutica (EMAER). Ele possui cinco mil horas de voo, das quais, 2.500 horas na aviação de caça, tendo voado dez tipos diferentes de aeronaves; já recebeu 33 condecorações nacionais e uma internacional.

“Meu sonho de criança era ser piloto de combate e eu consegui, com muito esforço, ser piloto operacional de defesa aérea, mas, depois de um certo tempo, você passa para o outro lado, a área administrativa, e, como Secretário de Economia e Finanças da Aeronáutica, tive a oportunidade, juntamente com outros órgãos, de contribuir para que ocorresse a assinatura do contrato da nova aeronave de caça da FAB, o Gripen NG, o que selou a minha carreira”, ressaltou o Oficial-General.

  Durante o evento, o Tenente-Brigadeiro Franciscangelis recebeu o Espadim de Cadete da Aeronáutica, marco inicial de sua carreira, simbolizando o código de honra e enaltecendo os valores de coragem, lealdade, honra, dever e pátria com os quais foram pautados os mais de 43 anos dedicados à Força Aérea Brasileira. Ele recebeu, também, a insígnia de Tenente-Brigadeiro do Ar.

“Agradeço a Deus as proteções que eu tive, mas faço um pedido para que Ele possa proteger, cada vez mais, as pessoas que ficam para que mantenham a defesa do espaço aéreo, afinal, essa é a nossa missão. E é uma satisfação muito grande dizer: Missão cumprida!”, finalizou.

Assista abaixo à entrevista com o novo Secretário de Economia e Finanças da Aeronáutica.