PORTÕES ABERTOS

Base Aérea de Anápolis recebe comunidade neste fim de semana (5 e 6/9)

Evento que chega a 40ª edição contará com demonstração da Esquadrilha da Fumaça e exposição da maquete do Gripen NG
Publicado: 03/09/2015 08:00
Imprimir
Fonte: BAAN

A Base Aérea de Aná  polis (BAAN), localizada no Estado de Goiás, abre seus portões para o público neste final de semana (05 e 06/09). A programação da 40ª edição do evento conta com demonstração aérea da Esquadrilha da Fumaça e a exposição da maquete do novo caça da Força Aérea Brasileira, o Gripen NG. A unidade que completou 43 anos em março sedia o Esquadrão Guardião (2º/6º GAV) e o Primeiro Grupo de Defesa Aérea (GDA), que empregará a aeronave Gripen NG.

O evento será realizado entre 9h e 17h. A expectativa da organização é receber cerca de 60 mil pessoas nos dois dias de evento. A demonstração aérea da Esquadrilha da Fumaça está agendada para 15h do domingo (06/09).

A entrada é um quilo de alimento não perecível. Os alimentos arrecadados serão doados para instituições cadastradas na Seção de Assistência Social da base. Em 2014, foram arrecadadas 9,5 toneladas de alimentos que foram distribuídos em 26 instituições.

O público também poderá conferir sobrevoos de aeronaves da FAB, apresentação do Pelotão de Cães de Guerra, exposição de aeronaves, aeromodelismo, lançamento de paraquedistas, exposição sobre Santos-Dumont, entre outros.

O evento é uma iniciativa das unidades da FAB para mostrar à população as atividades exercidas pelos militares.

De acordo com o Comandante da BAAN, Coronel Rodrigo Fernandes Santos, a visita à base pode inspirar futuros militares. “O Portões Abertos é importante para despertar a paixão pela atividade aérea e inspirar as crianças e os jovens a se juntarem às fileiras das Forças Armadas”, destaca.

Base Aérea de Anápolis - No final da década de 60, teve início o projeto de implantação da Base da Força Aérea Brasileira que apoiaria a missão de Defesa Aeroespacial. A localização estratégica da cidade de Anápolis fez com que ela fosse escolhida para sediar a primeira “Unidade de Interceptação” da América do Sul. A BAAN cumpre a missão de defesa do Espaço Aéreo Brasileiro, especialmente da capital federal.