ESQUADRILHA DA FUMAÇA

Fumaça já está em Maringá para apresentação

Primeira demonstração está prevista a partir das 15h30, no aeroporto da cidade
Publicado: 11/07/2015 14:13
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea

  Por volta das 12h25 deste sábado (11/07), a primeira das oito aeronaves A-29 Super Tucano pousou no Aeroporto Regional Silvio Name Júnior, em Maringá (PR). Nove pilotos do Esquadrão de Demonstração Aérea (EDA) já estão na cidade para a primeira apresentação pública, durante a EAB Air Show, 18ª Feira Internacional de Aviação. No evento, a Esquadrilha da Fumaça fará duas demonstrações. A primeira, a partir das 15h30, com 45 minutos de duração e cerca de 50 manobras aéreas. O portão será aberto ao público gratuitamente uma hora antes. No domingo (12/07), o EDA se apresenta novamente no mesmo horário. Para quem quiser prestigiar, a entrada é gratuita durante todo o dia. A organização pede a doação de um quilo de alimento não perecível, que será entregue para instituições carentes da cidade.

A chegada da Esquadrilha da Fumaça aconteceu de forma isolada, devido às condições meteorológicas da região. Ou seja, o primeiro A-29, denominado de precursor, foi a primeira aeronave a pousar. Os demais Super Tucanos saíram em intervalos de 15 minutos de Pirassununga, interior de São Paulo, onde está sediado o EDA. Um C-95 Bandeirante, considerado uma aeronave de apoio, utilizou o radar meteorológico para auxiliar a navegação dos pilotos.

As condições climáticas são determinantes para as apresentações. Por isso, a Esquadrilha da Fumaça prepara dois tipos de demonstrações: mau e bom tempo. O objetivo é garantir a segurança dos pilotos e do público presente.

Para dar suporte a essas apresentações, os Anjos da Guarda também acompanham as apresentações da Esquadrilha da Fumaça. Dez sargentos especialistas nas áreas de manutenção de aeronaves e serviços administrativos trabalham nos bastidores do evento.

“Estamos com uma grande expectativa em rever a vibração e a receptividade carinhosa do público com a Fumaça”, explica o Major Aviador Marcelo Oliveira da Silva, piloto da posição número 7. “Ficamos focados dois anos em montar um produto final que buscasse a emoção e essa é a nossa chance de apresentar o fruto desse intenso trabalho”, complementa o Major Marcelo, que possui 4.580 horas de voo e 261 demonstrações no currículo.

Para o Tenente-Coronel Marcelo Gobett, líder do EDA, é um privilégio reestreiar numa feira internacional de aviação. “A Esquadrilha da Fumaça proporciona uma grande projeção de imagem para a Força Aérea Brasileira e, ao mesmo tempo, interage com públicos diferenciados: o ligado ao meio aeronáutico e a população como um todo, que sempre se sente atraída pela aviação. Além disso, as apresentações em Maringá demonstram, entre outras potencialidades da FAB, a alta capacidade dos profissionais da instituição e a excelência dos produtos da indústria aeronáutica brasileira”, afirma.

Maringá

Maringá, escolhida para ser palco da volta da Esquadrilha da Fumaça, é uma cidade com 473.064.190 m². Terceiro maior município do estado e o sétimo mais populoso da região sul do Brasil, a cidade conta com uma população em torno 385.753 habitantes, possui um dos maiores IDHS do país (0,808) e um PIB de R$ 23.139,83 per capita. "Tenho certeza que assistiremos a um espetáculo com toda beleza e segurança que o público merece. Será sem dúvidas a principal atração para o grande público na nossa Feira de Aviação", prevê o prefeito de Maringá, Roberto Pupin.

O estado do Paraná é o 4° estado com maior quantidade de empresas de aviação agrícola no país. O movimento no aeroporto no ano de 2012 foi de 757.719 passageiros, entre embarques e desembarques. “Em um raio de 500 quilômetros no entorno da cidade de Maringá, estão concentradas cerca de 85% de toda a frota de aviação geral do estado, suas indústrias e empresas de serviços ligadas ao setor aeronáutico brasileiro e internacional”, ressalta Decio Corrêa, presidente da EAB AIR SHOW.