CAPACITAÇÃO

Centro de Lançamento de Alcântara inicia curso voltado para atividades operacionais

Objetivo é a transmissão de conhecimentos a servidores que atuam indiretamente nas missões de lançamento e rastreio do Centro, além de militares e servidores recém-chegados
Publicado: 08/07/2015 07:40
Imprimir
Fonte: CLA/Agência Força Aérea

Estação de Telemedidas do CLA  Sd Gilberto/ CLAO Centro de Lançamento de Alcântara (CLA) iniciou, na segunda-feira (06/07), a segunda edição de 2015 do Curso de Preparação para Operações de Lançamento (CPOL). O objetivo é capacitar militares e servidores do CLA para atuarem nas atividades operacionais de preparação, lançamento e rastreio de engenhos espaciais e cargas úteis. As aulas se estendem nas próximas sete semanas, com atividades práticas nas duas últimas semanas, abrangendo a Operação Falcão I 2015, com o lançamento de um Foguete de Treinamento Básico (FTB) no final do mês de agosto.

Um dos organizadores do curso, o engenheiro Antônio Rogério Torres Carvalho explica que o Centro, por sua localização, tem grande rotatividade de pessoal, então é preciso se valer de ferramentas de capacitação como o CPOL. Outra frente do curso é voltada a militares e servidores que não trabalham diretamente nas operações, para que possam ter um conhecimento mais abrangente sobre as atividades do CLA. "Muitos profissionais que atuam no Centro há muitos anos estão na iminência de se aposentar, então pretendemos também, com o curso, favorecer a troca de experiências entre os recém-chegados e aqueles que já têm bastante vivência", explica Rogério.

O curso é dividido em dois módulos: o teórico, com atividades comuns a todos os alunos, e outro prático, com atividades específicas para o pessoal envolvido nas atividades dos setores operacionais do Centro. Com uma carga horária total de 40 horas, os 40 participantes receberão orientações visando a exercer com segurança e desenvoltura as atividades ligadas ao lançamento de veículos espaciais a partir do CLA.

Durante os dias de atividades, os participantes serão inseridos no ambiente operacional de um centro de lançamento com aulas temáticas sobre planejamento operacional, operações de lançamento, segurança de superfície, atendimento médico, rastreio, tratamento de dados, entre outros assuntos. No encerramento do curso, os participantes realizarão uma visita às instalações operacionais do Centro e, posteriormente, devem conhecer todas as etapas que envolvem uma operação real de lançamento. Radar de rastreio de foguetes do CLA  Sd Gilberto/ CLA

Segundo o Diretor do CLA, Coronel Aviador Cláudio Olany Alencar de Oliveira, é importante que todo o efetivo conheça os procedimentos operacionais que envolvem o Centro, especialmente os profissionais que atuam indiretamente nas operações, como o pessoal da área administrativa, além dos novos colaboradores.

"É nosso objetivo, por meio do curso, a transmissão de conhecimentos e a familiarização do efetivo com o ambiente operacional, que envolve as campanhas de lançamento e rastreio de engenhos aeroespaciais", afirma.

Nestas duas primeiras edições, o CPOL foi aberto apenas aos militares e servidores do CLA. A partir dos resultados alcançados, espera-se que possa ser incluído na Tabela de Cursos da Aeronáutica (TCA), após aprovação dos órgãos superiores, possibilitando a participação de instituições ligadas ao setor aeroespacial e que não pertençam ao Comando da Aeronáutica.