SOCIAL

Praça em homenagem a Esquadrão da FAB é inaugurada em Salvador

A praça Orungan tem três mil metros quadrados e conta com ciclovia e equipamentos de lazer
Publicado: 07/01/2015 16:03
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea

Uma praça em homenagem ao ETerreno foi cedido pela Aeronáutica à Prefeitura de Salvador  BASVsquadrão Orungan (1°/7° GAV), unidade de patrulha da Força Aérea Brasileira, foi inaugurada nesta segunda-feira (05/01) em Salvador (BA). O novo espaço de três mil m² está localizado na orla da cidade, no bairro de Ondina, e conta com equipamentos de lazer, jardins, ciclovia, piso tátil e passeios mais largos.

O terreno possuía um muro impedindo a plena utilização do seu espaço e foi cedido pela Aeronáutica por meio de um Termo de Acordo e Compromisso (TAC) entre a prefeitura municipal e o Comando da Aeronáutica. O projeto desenvolvido pela Fundação Mário Leal Ferreira (FMLF) amplia a área pública destinada ao lazer na região.

A FAB vai ser responsável pela administração e segurança patrimonial do local, que fica próximo ao Centro Militar de Convenções e Hospedagens da Aeronáutica (CEMCOHA). A nova praça vai receber ainda um caça Mirage (aeronave recentemente aposentada pela FAB) para exposição permanente.

Para o Comandante da Base Aérea de Salvador, Coronel Aviador Adolfo Aleixo da Silva Júnior, a inauguração da praça reforça a relação entre a FAB  e a capital baiana. "O Esquadrão Orungan está intimamente ligado à cultura baiana. Isso reforça os laços de amizade que a cidade tem com a Base Aérea de Salvador", afirmou o Coronel.

Saiba Mais
A cidade de Salvador tem uma relação antiga com a aviação de patrulha da Força
  ArquivoAérea Brasileira. Desde 1947 o Esquadrão Orungan é sediado na Base Aérea de Salvador, local que recebeu a primeira unidade do P-95 Bandeirante Patrulha, em 1978.

O Esquadrão Orungan começou a receber em 2011 as aeronaves P-3 AM Orion, capazes de atuar em missões com duração de até 16 horas, monitorando alvos de superfície com os sensores eletrônicos embarcados, além de possuir capacidade de guerra antissubmarino (ASW).

Os P-3AM têm um papel determinante nas missões de busca e salvamento no Atlântico Sul e na proteção da área do pré-sal.