CARREIRA

FAB oferece 80 vagas para a Academia da Força Aérea

Inscrições seguem até dia 15 de maio e as vagas são para os quadros de Aviação, Intendência e Infantaria
Publicado: 23/04/2014 15:41
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea/DEPENS

  O sonho de ingressar na Academia da Força Aérea (AFA) está mais perto de se tornar realidade. Começam nessa quarta-feira (23/04) e seguem até o dia 15 de maio as inscrições para concurso da AFA. São oferecidas 80 vagas, sendo 35 para aviação, 25 para intendência e 20 para infantaria.

O interessado em participar do processo seletivo não pode ter menos de 17 anos e nem completar 23 anos de idade até 31 de dezembro de 2015. O concurso é destinado a candidatos com ensino médio completo. A inscrição deve ser feita no site www.epcar.aer.mil.br e a taxa é de R$ 70,00.

O processo seletivo é composto de exame de escolaridade (prova de língua portuguesa, física, matemática, língua inglesa e redação), inspeção de saúde, exame de aptidão psicológica, teste de aptidão à pilotagem militar (somente para os candidatos que optaram pela especialidade de aviação e obtiveram a menção "APTO" na inspeção de saúde e no exame de aptidão psicológica), teste de avaliação do condicionamento físico e validação documental.

As provas escritas ocorrerão no dia 27 de julho de 2014 nas cidades de Belém (PA), Recife (PE), Salvador (BA), Natal (RN), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), Barbacena (MG), São Paulo (SP), Curitiba (PR), Campo Grande (MS), Pirassununga (SP), Porto Alegre (RS), Brasília (DF), Manaus (AM), Porto Velho (RO) e Boa Vista (RR).

Se aprovado em todas as etapas, o candidato fará o Curso de Formação de Oficiais Aviadores, Intendentes e de Infantaria na Academia da Força Aérea, em Pirassununga (SP), durante quatro anos. Durante o curso os candidatos aprovados serão Cadetes da Aeronáutica, receberão auxilio financeiro, terão direito a moradia na própria AFA, alimentação e plano de saúde. Após a conclusão do curso com aproveitamento o aluno será nomeado Aspirante-a-Oficial.

Para obter mais informações, não deixe de consultar o edital na página www.fab.mil.br/concursos

 Quadro de Vagas:

CURSO VAGAS
Aviação (CFOAV) 35 (ambos os sexos)
Intendência (CFOINT) 25 (ambos os sexos)
Infantaria (CFOINF) 20 (somente para o sexo masculino)

 

Conheça no vídeo um pouco mais sobre a rotina da AFA e como é a formação dos futuros oficiais aviadores, intendentes e infantes da Aeronáutica:

 

Saiba mais sobre as especialidades:

Aviação – A carreira do aviador possui uma rotina dinâmica. Entre missões em todo país, que vão da ajuda humanitária ao lançamento de paraquedistas, os aviadores também podem assumir funções administrativas nas unidades, cumprir escalas de sobreaviso e praticar exercícios regularmente. Ao passar pela Academia da Força Aérea, o cadete recebe os títulos de Bacharel em Ciências Aeronáuticas, com habilitação em Aviação Militar, e de Bacharel em Administração, com ênfase em Administração Pública.

O aviador pode optar entre as especializações de Asas Rotativas, Caça, Patrulha, Transporte, Reconhecimento e Busca e Resgate. Para cada uma delas existe uma atribuição específica, que se completam, e devem ser escolhidas de acordo com aptidão de cada militar. O blog da Força Aérea desenvolveu uma série de matérias sobre cada tipo de aviação. Confira mais informações no www.forcaaereablog.aer.mil.br

Os cadetes aviadores iniciam a instrução aérea voando cerca de 75 horas o T-25 "UNIVERSAL", avião de instrução primária/básica. Na 4ª série, os cadetes realizam a sua instrução na aeronave T-27 "TUCANO", turboélice de instrução avançada, no qual voam cerca de 125 horas. Nessas aeronaves, os Cadetes desenvolvem as qualidades individuais de pilotos militares, dominando o avião em manobras de precisão, acrobacias, vôos de formatura e por instrumentos. Aerodinâmica, Propulsão a Jato, Navegação Aérea, Tráfego Aéreo, Inglês Técnico e Meteorologia completam o currículo técnico-especializado do Curso de Formação.

Intendência – O Oficial Intendente é responsável pela Administração na área militar atuando em setores como licitações, material, patrimônio, controle e finanças. Possui os graus de Bacharel em Ciências da Logística, com habilitação em Intendência da Aeronáutica, e Bacharel em Administração, com ênfase em Administração Pública.

Os cadetes-intendentes estudam em laboratórios de administração e intendência, mas também participam de missões reais para a tarefa de apoio ao combate, como integrantes do sistema de logística. Nas instruções, os cadetes aprendem sobre a ciência e a tecnologia moderna da gestão econômico-financeira e os serviços especializados de intendência.
 

Infantaria – As atividades preparam os cadetes para as mais diversas missões ofensivas e defensivas, necessárias para a defesa das unidades da Força Aérea. Os exercícios ocorrem na ampla área de instruções da AFA em outras regiões do país, como a Amazônia, preparando os militares para as situações mais adversas de terreno e clima.

Considerada a salvaguarda da aviação, apenas os candidatos do sexo masculino podem concorrer às vagas de Infantaria. O Infante atua nos Batalhões da Aeronáutica no planejamento e na execução de segurança e defesa das unidades aéreas. Possui os graus de Bacharel em Ciências Militares, com habilitação em Infantaria da Aeronáutica, e Bacharel em Administração, com ênfase em Administração Pública.