Comitiva de Oficiais-Alunos do CPEA é destaque em Resende, São José dos Campos e Guaratinguetá.

Publicado: 12/06/2013 11:03
Imprimir
Fonte: ECEMAR

As cidades de Resende-RJ, de São José dos Campos-SP e de Guaratinguetá-SP foram palco da Viagem de Estudos do Curso de Política e Estratégia Aeroespaciais (CPEA) 2013.
A Comitiva do CPEA, composta por 43 Oficiais-Alunos e seis Instrutores, chefiada pelo Comandante da Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR), Brigadeiro do Ar Maximo Ballatore Holland, no período de 3 a 7 de junho, visitou Organizações sediadas nessas cidades e conheceram as instalações e os projetos de ponta da área nuclear, aeronáutica e aeroespacial e, assim, tiveram a oportunidade de aprofundar um pensamento crítico sobre os trabalhos em prol do desenvolvimento nacional e da Aeronáutica Brasileira por essas Instituições.
A Viagem teve início no dia 3 de junho, por meio da visita às Indústrias Nucleares do Brasil, na cidade de Resende-RJ. Nessa oportunidade, os Oficiais- Alunos puderam conhecer os processos de transformação da energia nuclear.
Em seguida, a Comitiva seguiu para a cidade de São José dos Campos-SP, a fim de conhecer os diversos projetos de interesse estratégico do País. Entre os dias 4 e 6 de junho, foram visitadas as instalações e conhecidos os trabalhos desenvolvidos pelos Institutos de Aeronáutica e Espaço (IAE) e de Estudos Avançados (IEAv), do Departamento Científico e Tecnológico da Aeronáutica, cujos destaques ficaram por conta do túnel de vento para ensaios aerodinâmicos e do desenvolvimento do Veículo Lançador de Satélites (VLS).
No dia 6 de junho, foram visitados a AVIBRAS Indústria Aeroespacial, onde a Comitiva teve contato com o desenvolvimento dos projetos de artefatos balísticos e de veículos aéreos não-tripulados, e o Instituto de Pesquisas Espaciais (INPE), quando foram apresentados os aspectos dos projetos de sondagem espacial e de telecomunicações por satélites.
No dia 7 de junho, a Comitiva seguiu para a cidade de Guaratinguetá-SP, coroando a Viagem de Estudos, com o fito de visitar a Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR), a qual é responsável por formar recursos humanos de nível técnico-especializado, do mais alto nível, para a Força Aérea. Lá, assistiu a uma palestra proferida pelo Comandante daquela Escola, Maj Brig Ar Jeferson Domingues de Freitas, que abordou os aspectos peculiares da formação técnica para uma área muito específica como a Aeroespacial, destacando o intercâmbio com Instituições de Ensino técnico-especializados nacionais.
A atividade faz parte do Currículo Mínimo do Curso e tem por objetivo identificar a atuação dessas Organizações no âmbito da Defesa, bem como ampliar os conhecimentos dos Oficiais-Alunos para o desempenho das funções do mais alto nível na Aeronáutica e que, de forma direta ou indireta, fazem vínculo com a Estratégia Nacional de Defesa (END).

Assunto(s): ,