COMANDO

Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica tem novo comandante

Publicado: 19/04/2013 13:29
Imprimir
Fonte: ECEMAR

O Brigadeiro do Ar Maximo Ballatore Holland  é o novo comandante da Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR), localizada no campus da Universidade da Força Aérea (UNIFA), no Rio de Janeiro. O oficial-general substitui o Brigadeiro do Ar Roverson William Milker Figueiredo. A cerimônia, presidida pelo Major-Brigadeiro do Ar Luis Antonio Pinto Machado, novo comandante da UNIFA , foi realizada na segunda-feira (15/4) e contou com a presença de oficiais-generais das três Forças, comandantes, chefes, diretores e autoridades da região.

O Brigadeiro Ballatore é natural de Campo Grande-MS, nascido em 11 maio 1960, e foi promovido ao atual posto em 31 mar 2011. Possui cerca de 4.600 horas de voo, das quais 2.600 horas são de Caça. Líder de Esquadrão de Caça; Piloto Operacional em Defesa Aérea, Piloto de Helicóptero, de Reconhecimento Aéreo (Controle e Alarme em Vôo, e Sensoriamento Remoto) e de Recebimento de Aeronaves.

Comandou algumas Organizações Militares, dentre elas o 2º/6º GAV e a Base Aérea de Campo Grande. Foi o Comandante da Força Aérea Componente (FAC) 105, da Operação ÁGATA 6 e a sua última missão foi exercida no EMAER, como Chefe da Terceira Subchefia (3SC – Operações).

Em sua primeira reunião com o efetivo da ECEMAR, o Brigadeiro Ballatore detalhou aspectos de sua diretriz de comando.  “A ECEMAR deverá ser reconhecida como a melhor Unidade de Ensino da Força Aérea Brasileira, tanto na área educacional quanto administrativa, e uma referência para as demais Organizações do Comando da Aeronáutica”, ressaltou o Brigadeiro  Ballatore.  "Em todas as atividades desenvolvidas pela ECEMAR devemos considerar que a Escola existe para aprimorar as reflexões e posturas (atitudes) daqueles que serão líderes da Força Aérea”, complementou o oficial-general. 

O novo comandante da ECEMAR citou, ainda, uma máxima antiga. “Não é a Escola que faz o Aluno, e sim o Aluno que faz a Escola. Portanto, o nosso foco é o Oficial-Aluno, temos que acreditar e investir neles. Eles representam o futuro da nossa Instituição, razão máxima de estarmos aqui", finalizou.

Assunto(s): , ,