HOMENAGEM

FAB realiza concerto musical no Museu do Amanhã

A apresentação musical em homenagem ao Dia do Aviador e Dia da Força Aérea Brasileira, organizada pelo Comando Aéreo Leste, ocorreu no Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro, com participação da Esquadrilha da Fumaça
Publicado: 21/10/2020 21:28
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea, por Tenente Cristiane
Edição: Agência Força Aérea - Revisão: Tenente-Coronel Santana

Ocorreu, nesta terça-feira (20), no Espelho D´água do Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro (RJ), o Concerto Musical intitulado "O Amanhã nas Asas que protegem o País", em homenagem ao Dia do Aviador e Dia da Força Aérea Brasileira, celebrados em 23 de outubro. O evento foi organizado pelo Comando Aéreo Leste e contou com a participação do Esquadrão de Demonstração Aérea (EDA), também conhecido como Esquadrilha da Fumaça, que sobrevoou os principais pontos da cidade carioca, como o Cristo Redentor, o Pão de Açúcar, o Maracanã, dentre outras localidades.

Participaram do evento o Comandante da Aeronáutica,  Tenente-Brigadeiro do Ar Antonio Carlos Moretti Bermudez; integrantes do Alto-Comando da Aeronáutica;  Oficiais-Generais da Marinha do Brasil, do Exército Brasileiro e da Força Aérea Brasileira; dentre outros convidados.

O Comandante da Aeronáutica destacou a importância da comemoração. “Lembramos, mais uma vez, o feito do Pai da Aviação quando, ao comando do 14-Bis, Alberto Santos-Dumont realizou um sonho tão vigoroso e encantador que, ainda hoje, permanece aceso e vibrante. Às vésperas do dia 23 de outubro, quando comemoramos o Dia do Aviador e da Força Aérea Brasileira, trazemos, aqui no Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro, uma mensagem de acolhimento à sociedade: o Amanhã nas Asas que protegem o País. É a FAB abraçando a população por meio de seus aviadores", disse.

O Comandante do Comando Aéreo Leste, Major-Brigadeiro do Ar Luiz Guilherme Silveira de Medeiros, recebeu as autoridades para as homenagens. "Não podíamos deixar, mesmo em meio a esta pandemia, de fazer alusão ao Dia do Aviador e da Força Aérea Brasileira, aqui, no berço da Aviação Militar no Brasil, a cidade do Rio de Janeiro", declarou o Major-Brigadeiro Medeiros.

Celebração
O dia 23 de outubro foi instituído como o Dia do Aviador e da Força Aérea Brasileira por ser a data em que Alberto Santos-Dumont realizou o primeiro voo com o 14-Bis, o aparelho mais pesado que o ar. O fato histórico ocorreu no Campo de Bagatelle, em Paris, em 1906, quando o brasileiro percorreu 60 metros, voando a cerca de dois metros sobre o solo, perante mais de mil espectadores e a Comissão Oficial do Aeroclube da França.

Confira como foi a homenagem.

Fotos: Sargento Johnson Barros/ Sargento Bianca Viol e Soldado T. Amorim / CECOMSAER
Vídeo: Sargento Barros, Sargento Poleto e Sargento Santiago / CECOMSAER

imagens/original/41052/201020BIA3_Bianca_Viol.jpg
imagens/original/41052/201020TAM_Thallys_Amorim_14.jpg
imagens/original/41052/201020TAM_Thallys_Amorim_16.jpg
imagens/original/41052/201020TAM_Thallys_Amorim_17.jpg
imagens/original/41052/201020TAM_Thallys_Amorim_19.jpg
imagens/original/41052/201020TAM_Thallys_Amorim_23.jpg
imagens/original/41052/20201020161724__OH_6026.jpg
imagens/original/41052/20201020161900__OH_6168.jpg
imagens/original/41052/20201020162209__OH_6416.jpg
imagens/original/41052/20201020162723__OH_6556.jpg
imagens/original/41052/Capturar.PNG