ANIVERSÁRIO

Centro de Controle Interno da Aeronáutica completa oito anos de atividades

Uma solenidade alusiva ao aniversário foi realizada nesta sexta-feira (02), em Brasília (DF)
Publicado: 02/10/2020 20:00
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea
Edição: Agência Força Aérea - Revisão: Major Monteiro

O Centro de Controle Interno da Aeronáutica (CENCIAR) celebrou o seu 8º aniversário em uma cerimônia militar realizada nesta sexta-feira (2), no Espaço Força Aérea, em Brasília (DF).

A solenidade foi presidida pelo Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Antonio Carlos Moretti Bermudez, que foi recebido pelo Chefe do CENCIAR, Major-Brigadeiro Intendente Marcos Aurélio Pereira da Silva.

Participaram da solenidade, também, o Chefe do Estado-Maior da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Carlos Augusto Amaral Oliveira; o Comandante de Operações Aeroespaciais Tenente-Brigadeiro do Ar, Jeferson Domingues de Freitas; o Secretário de Economia, Finanças e Administração da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Marcelo Kanitz Damasceno; o Chefe de Logística e Mobilização do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas, Tenente-Brigadeiro do Ar João Tadeu Fiorentini; e o Chefe do Gabinete do Comandante da Aeronáutica, Major-Brigadeiro do Ar Pedro Luís Farcic.

Em razão das medidas de prevenção necessárias devido à pandemia do novo Coronavírus, a solenidade ocorreu de maneira a cumprir todos os protocolos previstos.

O Comandante da Aeronáutica destacou a importância do CENCIAR para a FAB. "Parabenizo a todos do Centro de Controle Interno da Aeronáutica por mais um ano de avanços. A Organização segue altiva, interagindo, de forma sinérgica, com todos os elos do Sistema de Controle Interno para o cumprimento de suas atividades regimentais", disse.

Durante a cerimônia foram entregues certificados ao Graduado e Praça que se destacaram no ano de 2020, a Sargento Luciana Rodrigues Pereira e o Cabo Felipe Alexandre Silva dos Santos. Ocorreu, também, a entrega dos certificados aos Auditores que, por sua postura, comprometimento e desenvolvimento das atividades de auditoria, se destacaram neste ano. Na área de Direção, Controles Internos e Gestão de Riscos Coorporativos o homenageado foi o Coronel Intendente Alexandre Gomes de Oliveira; na área de Licitações e Contratos, a Tenente-Coronel Intendente Juliana Ferreira Mendonça; na área de Finanças e Pessoal, a Major Intendente Tathiana Hungria Navarro; e na área de Controle de Bens Patrimoniais, a Tenente Administradora Carolina Medeiros Demutti.

A leitura da Ordem do Dia alusiva à data foi realizada pelo Chefe do CENCIAR. O Major-Brigadeiro Intendente Marcos Aurélio falou sobre os avanços e o papel da Organização. "De forma continuada, mantemos o aprimoramento de processos e práticas atinentes à atividade de auditoria interna, contribuindo com a excelência da Gestão do Comando da Aeronáutica", discursou.

Após a leitura, a Medalha Militar por Tempo de Serviço foi entregue pelo Chefe do CENCIAR aos agraciados. Criada em 15 de novembro de 1901, a comenda destina-se a reconhecer Oficiais e Praças da Marinha do Brasil, do Exército Brasileiro e da Força Aérea Brasileira após 50, 40, 30, 20 ou 10 anos de bons serviços prestados à Instituição. O Coronel Intendente Marcelo Andrade Martinelli, o Capitão Engenheiro Gabriel Queiroz Ribeiro e os Sargentos João Ricardo Costa de Souza e Maycon Rodrigues dos Santos receberam a Medalha Militar por tempo de serviço.

Centro de Controle Interno da Aeronáutica
O CENCIAR, como órgão central do Sistema de Controle Interno do Comando da Aeronáutica (SISCONIAER), atua como 3ª Linha de Defesa da Administração do Comando da Aeronáutica (COMAER), e foi efetivado por meio do Decreto nº 7.809, de 20 de setembro de 2012. Ao CENCIAR compete apoiar o controle externo no exercício de sua missão institucional, planejar, dirigir, coordenar e executar as atividades de controle interno e de auditoria interna no âmbito do Comando da Aeronáutica (COMAER), sujeitando-se à supervisão técnica e à orientação normativa do Sistema de Controle Interno do Poder Executivo Federal (SCIPEF), sem prejuízo da subordinação administrativa do COMAER.

Fotos: Soldado Wilhan Campos/CECOMSAER