CERIMôNIA

FAB realiza despedida operacional de Oficial-General

Tenente-Brigadeiro Araujo se despede do serviço ativo após 46 anos de dedicação à Instituição
Publicado: 11/09/2020 19:11
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea, por Tenente Letícia Faria
Edição: Agência Força Aérea - Revisão: Major Monteiro

Com 46 anos na Força Aérea Brasileira (FAB), o Tenente-Brigadeiro do Ar José Magno Resende de Araujo despediu-se, nesta sexta-feira (11), do serviço ativo. A cerimônia de despedida operacional foi realizada na Ala 2 – Base Aérea de Anápolis (GO), e contou com a presença do Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Antonio Carlos Moretti Bermudez.

Estiveram presentes, também, integrantes do Alto-Comando da Aeronáutica; Oficiais-Generais; o Comandante da Ala 2, Coronel Aviador Gustavo Pestana Garcez; além de Comandantes das Organizações Militares da Guarnição de Aeronáutica de Anápolis (GUARNAE-AN). 

Antes da cerimônia em solo, em aproveitamento a um voo de treinamento de interceptação com um KC-390 Millennium, pertencente ao 1º Grupo de Transporte de Tropa (1º GTT), e duas aeronaves F-5M, uma do Primeiro Grupo de Aviação de Caça (1º GAVCA), e outra do Primeiro Grupo de Defesa Aérea (1º GDA), o Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro Bermudez, que estava a bordo do KC-390 Millennium, enviou, por rádio, uma mensagem de agradecimento e sucesso ao Tenente-Brigadeiro Araujo.

O Comandante da Aeronáutica lembrou a bem-sucedida carreira do Oficial-General, resultado de muita dedicação. “O caráter singular dessa despedida, representa uma breve e importante homenagem que prestamos aos 46 anos de jornada vitoriosa na Força Aérea Brasileira”, disse.

O discurso de despedida do Oficial-General foi baseado no agradecimento a tudo que viveu na Instituição ao longo da carreira militar. “Ser agraciado com esse presente, de poder retornar à lida operacional, fazendo um voo na aeronave que há mais de 30 anos não voava, dessa vez modernizada, e poder interceptar e voar junto do KC-390, o avião mais moderno de transporte da Força Aérea, é uma emoção única. Estou muito feliz e honrado com essa homenagem prestada”, finaliza.

Na cerimônia de despedida, em gesto de reconhecimento e respeito, o Oficial-General recebeu, do Cadete Aviador Siro Augusto Alvin, para custódia definitiva, o espadim de Cadete da Aeronáutica, marco inicial da carreira. E recebeu, também, do Tenente-Coronel Aviador Vitor Hugo Tunala, que o acompanhou como assistente nos últimos dois anos da carreira, a insígnia de Tenente-Brigadeiro do Ar.

Currículo do Tenente-Brigadeiro Araujo

O Tenente-Brigadeiro do Ar José Magno Resende de Araujo é natural de Belo Horizonte (MG). Ingressou na Força Aérea Brasileira em 27 de fevereiro de 1974, foi declarado Aspirante a Oficial aviador em 10 de dezembro de 1980 e atingiu o atual posto em 31 de março de 2016.

Dentro os principais cargos que assumiu, cita-se: Comandante do Corpo de Alunos da Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR); Comandante do 1º/4º Grupo de Aviação (1º/4º GAV) - Esquadrão Pacau; Comandante da Base Aérea de Brasília (BABR); Adido Aeronáutico no Paraguai; Chefe da Assessoria Parlamentar e de Relações Institucionais do Comando da Aeronáutica (ASPAER); Comandante do Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica (CIAAR); Chefe do Gabinete do Comandante da Aeronáutica (GABAER); Secretário de Economia, Finanças e Administração da Aeronáutica; e Comandante do Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE). Possui 4.400 horas de voo, 27 condecorações nacionais e três condecorações estrangeiras.

Confira aqui como foi a cerimônia.

Vídeo: Sargento Keyla dos Santos e Soldado Chagas/CECOMSAER

Fotos: Sargento Johnson Barros e Soldado A. Soares/CECOMSAER

imagens/original/40861/200911ASO__Anderson_Soares_17.jpg
imagens/original/40861/200911ASO__Anderson_Soares_22.jpg
imagens/original/40861/200911ASO__Anderson_Soares_29.jpg
imagens/original/40861/200911ASO__Anderson_Soares_4.jpg
imagens/original/40861/200911JOH9294_Johnson_Barros.jpg