ENSINO

Cadetes da Academia da Força Aérea participam de Simpósio das Aviações e da Infantaria

O encontro, promovido pelo COMPREP, apresentou informações sobre o contexto atual das Aviações e da Infantaria da FAB
Publicado: 11/09/2020 14:40
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea, por Tenente Letícia Faria
Edição: Agência Força Aérea - Revisão: Major Monteiro

Cadetes do Curso de Formação de Oficiais Aviadores e de Infantaria da Academia da Força Aérea (AFA), localizada em Pirassununga (SP), participaram na quarta-feira (9), do Simpósio das Aviações e da Infantaria 2020, promovido pelo Comando de Preparo (COMPREP). O objetivo foi proporcionar aos Cadetes do 4º e 3º Esquadrões, informações e conhecimentos sobre o contexto atual da Força Aérea Brasileira (FAB). 

O evento contou com a presença do Chefe da Subchefia de Segurança e Defesa do Comando de Preparo, Brigadeiro de Infantaria Marcelo Rosa Costa; do Comandante da Academia da Força Aérea, Brigadeiro do Ar Ramiro Kirsch Pinheiro; do Chefe da Divisão de Preparo Operacional do COMPREP, Coronel Aviador Ricardo Guerra Rezende; comitiva do COMPREP; além de Comandantes de Esquadrões e Chefes de Organizações Militares participantes do Simpósio. 

Oito aeronaves, pertencentes aos esquadrões da FAB, ficaram em exposição no pátio da AFA, para que os cadetes pudessem observar cada uma delas, bem como manter contato com os pilotos e tripulação. Estiveram presentes o Primeiro Grupo de Transporte de Tropa (1º GTT) – Esquadrão Zeus, com a nova aeronave multimissão da FAB, o KC-390 Millennium; o Primeiro Grupo de Defesa (1º GDA) – Esquadrão Jaguar, com o F-5M; o Segundo Esquadrão do Sexto Grupo de Aviação (2º/6º GAV) – Esquadrão Guardião, com o E-99; o Terceiro Esquadrão do Terceiro Grupo de Aviação (3º/3º GAV) – Esquadrão Flecha, com o A-29; o Primeiro Esquadrão do Nono Grupo de Aviação (1º/9º GAV) – Esquadrão Arara, com o C-105 Amazonas; o Terceiro Esquadrão do Oitavo Grupo de Aviação (3º/8º GAV) – Esquadrão Puma, com o H-36; o Primeiro Esquadrão do Sexto Grupo de Aviação (1º/6º GAV) - Esquadrão Carcará, com o R-35A Learjet; e o Segundo Esquadrão do Décimo Grupo de Aviação (2º/10º GAV) – Esquadrão Pelicano, com a aeronave H-60L Black Hawk.

A FAB conta, atualmente, com as Aviações de Caça, Transporte, Asas Rotativas e IVR (Inteligência, Vigilância e Reconhecimento). O cadete define em qual aviação deseja atuar somente ao final do curso, de acordo com sua classificação e habilidades. Após esta etapa de formação, segue para a Ala 10 - Base Aérea de Natal, localizada em Parnamirim (RN), para o Curso do Programa de Especialização Operacional (PESOP). Na Infantaria, os futuros militares atuarão nas áreas de Segurança e Defesa, Defesa Antiaérea e Operações Especiais.

Para o Comandante da AFA, Brigadeiro do Ar Ramiro Kirsch Pinheiro, o simpósio proporciona, aos cadetes, a realidade da Força Aérea. "A mensagem que os Comandantes e Oficiais das Unidades Aéreas do COMPREP trouxeram foi de que o Oficial necessita ter profissionalismo, comprometimento e que as Unidades são fecundas em oportunidades profissionais", destaca o Oficial-General.

O Chefe da Divisão de Preparo Operacional do COMPREP, Coronel Aviador Ricardo Guerra Rezende, lembrou que o simpósio foi idealizado pelo Comandante de Preparo, Tenente-Brigadeiro do Ar Luiz Fernando de Aguiar, por considerar que no Ninho das Águias, a AFA, estão os futuros líderes da FAB. "Serão aqueles que irão conduzir nossas aeronaves por todo território nacional, fazendo a defesa do nosso espaço aéreo e integrando todas as regiões do País. Por isso, resolvemos fazer este simpósio e tivemos a oportunidade de mostrar o futuro que os aguarda nas nossas Unidades Aéreas operacionais, além de reforçar os valores que esperamos dos futuros Oficiais da FAB", explicou.

Cadetes conhecem estrutura da FAB

O Simpósio foi importante para esclarecer aos cadetes detalhes referentes a cada Aviação e atuação no Quadro da Infantaria. O Cadete de Infantaria João Pedro Pinheiro, do 4º ano, comentou sobre a importância da participação no simpósio. “É um momento interessante, por poder vislumbrar a área que quero seguir, entender como atua o militar de Infantaria e a partir disso traçar plano de carreira para seguir meu futuro”, comenta.

Para o Cadete Aviador Ayrton de Figueiredo Miranda, do 4º ano, que está próximo da conclusão do curso, essa foi uma oportunidade de conhecer mais a estrutura operacional da Instituição. "Conseguimos ver um pouco do trabalho de alguns Esquadrões da Força Aérea e assim perceber os detalhes operacionais que vamos viver no futuro bem próximo", salienta. 

Já o Cadete Aviador Samuel de Almeida Andrade enfatizou a satisfação de ter a oportunidade de obter mais conhecimentos. "Isso é o que estamos buscando desde nosso ingresso e do que sonhamos fazer parte, além de conversar com os pilotos, ouvir histórias", finaliza. 

No encontro, que ocorreu durante todo o dia, os cadetes foram orientados, ainda, sobre as missões que atuarão a bordo das aeronaves, as características de atuação dos Esquadrões, bem como as perspectivas para o futuro, progressão operacional e rotina das Organizações Militares (OMs).

Confira aqui como foi o evento.

Colaboração: Tenente Inforzatto/AFA

Fotos: Soldado T. Amorim/CECOMSAER e Sargento Gaedke/AFA

Vídeo: Sargento Keyla dos Santos /CECOMSAER

imagens/original/40845/200908TAM_Thallys_Amorim.jpg
imagens/original/40845/200908TAM_Thallys_Amorim_2.jpg
imagens/original/40845/200909TAM_Thallys_Amorim_10.jpg
imagens/original/40845/200909TAM_Thallys_Amorim_22.jpg
imagens/original/40845/200909TAM_Thallys_Amorim_3.jpg
imagens/original/40845/200909TAM_Thallys_Amorim_43.jpg
imagens/original/40845/200909TAM_Thallys_Amorim_44.jpg
imagens/original/40845/200909TAM_Thallys_Amorim_5.jpg
imagens/original/40845/200909TAM_Thallys_Amorim_5.jpg
imagens/original/40845/200909TAM_Thallys_Amorim_6.jpg
imagens/original/40845/200909TAM_Thallys_Amorim_7.jpg