APOIO LOGÍSTICO

FAB realiza Transporte Aéreo Logístico para a nova Estação na Antártica

Missão ocorreu entre os dias 26 e 28 de agosto. Foi o primeiro transporte realizado após a reinauguração da Estação
Publicado: 30/08/2020 11:05
Imprimir
Fonte: 1°/1° GT, por Tenente Marlon
Edição: Agência Força Aérea - Revisão: Capitão Oliveira Lima

Uma aeronave C-130 Hércules, operada pelo Primeiro Esquadrão do Primeiro Grupo de Transporte (1°/1° GT) - Esquadrão Gordo, localizado no Rio de Janeiro (RJ), transportou, pela primeira vez após a reinauguração da Estação Antártica Comandante Ferraz, que fica na ilha Rei George, na Baía do Almirantado, cerca de duas toneladas de materiais.

A carga transportada era composta por alimentos, medicamentos e equipamentos que serão usados pelos integrantes da Estação que há cinco meses não recebia apoio logístico, devido ao cumprimento dos protocolos e métodos de biossegurança para enfrentamento ao novo Coronavírus. 

Para tanto, o Esquadrão Gordo foi engajado na Ação de Força Aérea de Transporte Aéreo Logístico com Ressuprimento Aéreo pelo método CDS (Container Delivery System), modelo de apoio prestado em épocas de inverno, quando a única forma de ressuprimento da Estação Brasileira é via lançamento de carga, devido ao congelamento da Baía do Almirantado.

Segundo o Comandante da aeronave, Major Aviador André Nicolazzi da Rocha, apesar das intempéries do local a missão foi cumprida conforme o previsto. "Realizamos o lançamento da carga em nove passagens e todo material foi entregue na Estação com precisão", explica o oficial.

O Brasil faz parte do grupo de países signatários do Tratado Antártico, um acordo que possibilita as pesquisas científicas na região. Ao longo desses 37 anos, por meio do apoio aéreo, a FAB tem contribuído para viabilizar a presença do Brasil, uma vez que as características geográficas e o clima extremo dificultam o acesso ao continente.

Fotos: Esquadrão Gordo (1°/1° GT)