AJUDA HUMANITÁRIA

Base Aérea de Santos apoia vítimas dos deslizamentos ocorridos no Guarujá (SP)

Um forte temporal atingiu a região da Baixada Santista no início deste mês
Publicado: 01/04/2020 16:42
Imprimir
Fonte: Base Aérea de Santos, por Ten Cel Formaggio
Edição: Agência Força Aérea, por Tenente Fraga - Revisão: Tenente-Coronel Santana

A Base Aérea de Santos (BAST) apoiou, no início do mês de março, as vítimas dos deslizamentos ocorridos na cidade do Guarujá (SP). Um forte temporal atingiu a região da Baixada Santista. De acordo com a Prefeitura do Guarujá, a precipitação ultrapassou a marca dos 400 mm em pouco mais de 72 horas.

A BAST, sob a supervisão da Coordenadoria Operacional das Bases de Apoio (COBAp) da Secretaria de Economia, Finanças e Administração da Aeronáutica (SEFA), ofereceu, de imediato, total apoio à Prefeitura do Guarujá para o enfrentamento da situação. As ações tiveram início em 7 de março, com o apoio de militares e veículos.

O efetivo da BAST atuou nas seguintes frentes: triagem das doações (roupas, mantimentos, produtos não perecíveis, fraldas, produtos de limpeza, etc.) às famílias desabrigadas, sob a coordenação do Fundo Social de Solidariedade do Guarujá; remoção e transporte dos pertences das centenas de imóveis interditados pelo Corpo de Bombeiros e pela Defesa Civil do Estado de São Paulo; além do auxílio, com caminhão basculante, na remoção de toneladas de terra e de entulho nas áreas onde ocorreram os deslizamentos.

Os militares iniciaram e coordenaram uma campanha de arrecadação de donativos, envolvendo a população civil do Distrito de Vicente de Carvalho - onde se localiza a Organização Militar -, escolas públicas e grupos de escoteiros, resultando em cerca de duas toneladas de produtos, os quais foram ofertados ao Fundo Social de Solidariedade. “Em nome da cidade do Guarujá, a palavra é gratidão. Gratidão a todos os que estão entendendo o duro momento que a cidade vive quando sofreu o maior desastre natural da sua história”, relatou o Prefeito do Guarujá, Válter Suman.

“A Base Aérea de Santos tem o dever e a satisfação de prestar todo o apoio necessário ao enfrentamento desta tragédia natural ocorrida na região, que vitimou dezenas de pessoas e desabrigou permanentemente centenas de famílias. O nosso efetivo atuou de forma exemplar, seguindo todos os protocolos estabelecidos pelo gabinete de crise do Município”, ressaltou o Comandante da BAST, Tenente-Coronel Aviador Francisco José Formaggio.

Fotos: Suboficial Sanches / BAST