NOTIMP - NOTICIÁRIO DA IMPRENSA

Capa Notimp Acompanhe aqui o Noticiário relativo ao Comando da Aeronáutica veiculado nos principais órgãos de comunicação do Brasil e até do mundo. O NOTIMP apresenta matérias de interesse do Comando da Aeronáutica, extraídas diretamente dos principais jornais e revistas publicados no país.


TV GLOBO - BOM DIA BRASIL.


Bom Dia Brasil | Forças Armadas combatem focos de incêndio em estados que formam a Amazônia Legal

As Forças Armadas trabalham para tentar controlar o fogo, que atinge inclusive áreas de preservação. No Pará, está uma das regiões que mais sofrem com as queimadas.

Publicada em 27/08/2019 09:19

TV GLOBO - JORNAL HOJE


Jornal Hoje | Dois aviões da FAB atuam no combate aos principais focos de incêndios florestais, em RO

Ao lado da pista de pouso os militares instalaram várias piscinas que são abastecidas por caminhões pipa. Quando um avião chega, ele se aproxima das piscinas e a água é bombeada para dentro do aparelho.

Publicada em 27/08/2019 15:29

REDE GLOBO


Jornal de Rondônia 2ª edição | Dois aviões da Força Aérea Brasileira ajudam no combate a incêndios em RO

Ações fazem parte da Operação Verde Brasil

Publicada em 27/08/2019 20:47

PORTAL G1


Piscinões são colocados em aeroporto para abastecer Hércules usados no combate de queimadas em RO

Base da operação se concentra em Porto Velho, mas aviões também atuam no Acre.

Maríndia Moura | Publicada em 27/08/2019 20:20

Duas piscinas foram montadas dentro do aeroporto Governador Jorge Teixeira em Porto Velho para abastecer os dois Hércules C-130 que são usados no combate às queimadas na Amazônia desde sábado (24). Cada um dos aviões pode transportar até 12 mil litros de água, além de produtos químicos.

Uma foto obtida pela Rede Amazônica, nesta terça-feira (27), mostra um Hércules ao lado de uma dessas piscinas infláveis.

Desde a segunda-feira (26), caminhões-pipa do Exército se revezam para levar água aos dois "piscinões".

Assim que o avião da Força Aérea Brasileira (FAB) pousa, os militares iniciam uma maratona para abastecer os Hércules o mais rápido possível. Além de Rondônia, os dois Hércules C130 estão combatendo queimadas no Acre.

Cerca de 900 militares atuam na operação nos dois estados. As aeronaves só podem buscar água na Base Militar da Ala 6 em Porto Velho, pois o estado acriano não tem local de abastecimento.

A Operação das Forças Armadas em Rondônia tem o objetivo de cumprir a Garantia da Lei e da Ordem (GLO), assinada pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL), na sexta-feira (23).

Em Rondônia, o Exército está oficialmente à frente da Operação Brasil Verde desde às 8h de segunda-feira. Como a operação Jequitibá, comandada pelo governo do estado, já havia começado na semana passada, a Força Aérea diz que os trabalhos estão mais adiantados do que em outros estados da Amazônia.

Na reserva Jacundá, onde há um de incêndio há vários dias, cerca de 100 militares atuam no combate às chamas. No local, foi montado um acampamento para soldados do Exército, Prevfogo e Força Nacional.

OUTRAS MÍDIAS


PORTAL AEROFLAP - Confira novas imagens do primeiro voo do Gripen E da Força Aérea Brasileira


Publicada em 27/08/2019 11:07

Ontem aconteceu o voo inaugural do primeiro Gripen E da FAB. O voo marca o início de vários testes com o primeiro caça brasileiro que deverá ser entregue a FAB em 2021 e em 2024 chegam as unidades construídas em território nacional.

A duração do voo foi de 65 minutos e incluiu testes de manobrabilidade e qualidade de voo em diferentes altitudes e velocidades. O principal objetivo foi verificar que o comportamento da aeronave estava de acordo com as expectativas.

“Como piloto, foi uma grande honra voar o primeiro Gripen E Brasileiro, pois eu sei o quanto isso representa para a Força Aérea Brasileira e todos da Saab e de nossos parceiros brasileiros. O voo foi tranquilo e a aeronave se comportou exatamente como ensaiamos nas bancadas de testes e nos simuladores”, disse o piloto de testes da Saab, Richard Ljungberg.

Hoje novas imagens do primeiro voo foram divulgadas pela SAAB. O que chama a atenção no caça são as cores na fuselagem e a bandeira brasileira no estabilizador vertical.

Até que seja entregue vários testes de sensores, manobrabilidade, dos equipamentos tecnológicos, bem como de armamentos serão testados para que tudo saia certo neste período de testes.

Ao todo a FAB encomendou 36 unidades do Gripen E, sendo algumas da versão F (biposta). A fabricação dos caças acontecerá tanto na Suécia, na fábrica da SAAB em Linköping, quanto em Gavião Peixoto-SP, na unidade da Embraer responsável por fabricar o novo caça da FAB em solo nacional.

Gripen NG em meio ao cerrado brasileiro:

O fator Transferência de Tecnologia foi crucial para a FAB escolher o caça em 2013. Na época o caça concorria com outros dois, sendo um o norte-americano Boeing F/A-18 Super Hornet e o francês, Dassault Rafale. A FAB após um período de grande estudo escolheu o sueco Gripen NG, onde o Brasil terá acesso livre na tecnologia para assim fortalecer mais a indústria aeronáutica brasileira.

Os 36 caças ficarão sediados na ALA-2 em Anápolis-GO, sob comando do 1º GDA que atualmente tem os caças F-5EM/FM.A medida que a frota de Gripens E/F (F-39 como será chamado na FAB) for chegando, será feita a substituição. A ALA 2 também será o lar de outra importante aeronave, o Embraer KC-390, cujo a primeira aeronave está prevista a ser entregue à FAB em setembro deste ano. As 28 unidades do cargueiro tático operacional farão parte do 1º GTT ( 1º Grupo de Transporte de Tropas).

Completando a lista de novas aeronaves a operarem na ALA 2, tem o E-99M, o avião-radar da FAB que está sendo modernizado para os padrões atuais, já tinha como lar a base localizada no planalto central, sob comando do Esquadrão Guardião, que começará a receber os aviões modernizados.

Com a ALA-2 completa com as novas aeronaves passará a ocupar um status de suma importância para a FAB. Sendo um porta de saída estratégica para que as aeronaves se desloquem para qualquer região do país.