NOTIMP - NOTICIÁRIO DA IMPRENSA

Capa Notimp Acompanhe aqui o Noticiário relativo ao Comando da Aeronáutica veiculado nos principais órgãos de comunicação do Brasil e até do mundo. O NOTIMP apresenta matérias de interesse do Comando da Aeronáutica, extraídas diretamente dos principais jornais e revistas publicados no país.


PORTAL METROPOLES (DF)


ITA lança edital com 120 vagas para ingresso na Aeronáutica

Oportunidades são para admissão em janeiro de 2020. Inscrições estão abertas e vão até 15 de setembro

Rebeca Borges | Publicada em 01/08/2019 09:53 | Atualizado em 01/08/2019 15:16

O Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA) divulgou, nesta quinta-feira (01/08/2019), o edital do concurso de admissão para 2020. O documento foi publicado no Diário Oficial da União (DOU).

São 120 vagas disponíveis no curso de formação nas áreas de engenharia aeroespacial, aeronáutica, civil-aeronáutica, de computação, eletrônica e mecânica-aeronáutica.

Após o período de graduação, os selecionados farão parte do quadro de oficiais engenheiros da ativa e da reserva da Força Aérea Brasileira.

Para concorrer, é preciso ter concluído o ensino médio e ter até 25 anos de idade. As inscrições estão abertas e vão até 15 de setembro, no site do instituto. A taxa de registro é de R$ 140.

Cargos

Do total de postos disponíveis, 25 são separados para quem deseja seguir carreira militar após o curso de formação. Eles irão ingressar no quadro de oficiais engenheiros da ativa.

As outras 95 vagas são para não optantes à carreira militar. Nessa categoria, os selecionados farão curso de formação e, após o período, ingressarão no quadro de engenheiros da reserva.

O curso tem duração de cinco anos. Após a graduação, os alunos que optaram pela carreira militar serão promovidos a 1º tenente do quadro de oficiais de engenheiros da ativa. A remuneração é de R$ 8,2 mil.

Avaliação

Todos os candidatos serão avaliados por meio de provas objetivas, divididas em duas fases e previstas para o mês de dezembro. Também haverá inspeção de saúde.

O conteúdo programático dos exames e mais informações sobre o concurso podem ser vistos no edital.

OUTRAS MÍDIAS


AEROFLAP - Aviação comercial brasileira transportou quase 2,6 mil itens para transplantes no 1º quadrimestre


Publicada em 01/08/2019 07:48

A aviação comercial brasileira transportou gratuitamente, de janeiro a abril deste ano, 2575 itens para transplantes (órgãos, tecidos, equipes médicas e insumos).

Os dados são da Central Nacional de Transplantes (CNT), do Ministério da Saúde. Ao todo, 1389 voos das companhias aéreas brasileiras transportaram pelo menos um item.

Voos de companhias aéreas estrangeiras e da Força Aérea Brasileira, transportes terrestres e envios pelos Correios somam 757 itens transportados. Ao todo, foram 3332 movimentações. A parcela de participação das companhias aéreas nacionais é de pouco mais de 77%.

Asas do bem

A contribuição da aviação no transporte de órgãos teve início em 2001. Em 2014, a Associação Brasileira das Empresas Aéreas (ABEAR) lançou o programa Asas do Bem, com o objetivo de divulgar o transporte gratuito de órgãos realizado diariamente no país por suas associadas.

O esforço, hoje formalizado em acordo de cooperação, inclui, além das companhias aéreas, Ministério da Saúde, Central Nacional de Transplantes (CNT), Centro de Gerenciamento da Navegação Aérea (CGNA), órgão do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA), e operadores aeroportuários.

O Brasil é referência mundial na área de transplantes e possui o maior sistema público de transplantes do mundo, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS). Atualmente, cerca de 96% dos procedimentos de todo o País são financiados pelo SUS. Em números absolutos, o Brasil tem o segundo maior volume de transplantes no mundo, atrás apenas dos Estados Unidos.

Os pacientes recebem assistência integral e gratuita, incluindo exames preparatórios, cirurgia, acompanhamento e medicamentos pós-transplante, pela rede pública de saúde. 

AEROFLAP - Comandante da Aeronáutica recebe Secretário de Assuntos Estratégicos da Presidência


André Magalhães | Publicada em 01/08/2019 10:13

O Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Antonio Carlos Moretti Bermudez, reuniu-se, nesta quarta-feira (31), em Brasília (DF), com o Secretário de Assuntos Estratégicos da Presidência de República, Maynard Marques Santa Rosa. A finalidade do encontro foi ratificar a cooperação entre as instituições.

De acordo com o Tenente-Brigadeiro Bermudez, a visita tratou de assuntos de interesse institucional. “Existem atividades desenvolvidas pela Força Aérea Brasileira que são relevantes para a Secretaria e, nesse contexto, foram elencadas ações de algumas organizações do COMAER, como, por exemplo, do Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE) e do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA)”, afirmou.

O Secretário Santa Rosa disse que essa visita é muito útil porque facilita a interação entre as instituições. “Para nós, é extremamente importante atuar em todo o cenário estratégico do país”, disse.

Também participaram da reunião o Secretário de Economia, Finanças e Administração da Aeronáutica (SEFA), Tenente-Brigadeiro do Ar Marcelo Kanitz Damasceno; o Comandante-Geral do Pessoal (COMGEP), Tenente-Brigadeiro do Ar Luis Roberto do Carmo Lourenço; e o  Assessor Especial da Secretaria-Geral do Ministério da Defesa, Brigadeiro Paulo Érico Santos de Oliveira.