CARREIRA

III COMAR forma 124 Aspirantes de Saúde e Educação

Publicado: 19/12/2011 14:57
Imprimir
Fonte: III COMAR

O Terceiro Comando Aéreo Regional (III COMAR),  realizou na sexta-feira, 16/12, no Rio de Janeiro, a solenidade de conclusão do Estágio de Adaptação Técnico (EAT) da segunda turma de 2011. Concluíram o estágio 124 profissionais de cinco especialidades: Enfermagem, Nutrição, Pedagogia, Magistério e Medicina.

A solenidade foi presidida pelo Comandante do III COMAR, Major Brigadeiro do Ar Luiz Carlos Terciotti, que  exaltou a trajetória de cada um deles: “Chegar ao dia de hoje é, sem a menor sombra de dúvida, uma vitória. Foram sete semanas de curso e dias de expectativa e comemoração a cada etapa superada.”

Pais, mães, cônjuges, familiares e amigos dos formandos não escondiam a alegria ao longo da solenidade. Maria Aparecida e a jovem Priscila Souza, respectivamente mãe e irmã da Aspirante a Oficial Enfermeira, Patrícia de Oliveira Souza, se emocionaram. “Foi muito cansativo sim, mas só de ver minha filha se formando, com os objetivos dela conquistados, me dá muita alegria”, afirmou a mãe da Aspirante. A irmã resumiu tudo em uma só palavra: “Realização. Essa é a palavra que traduz tudo isso que a minha irmã está vivendo nesse momento”, disse.

Maria Helena, mãe da Aspirante a Oficial de Magistério com especialidade em Educação Física, Renata Medeiros Gomes Coelho, disse que a maior satisfação era ter visto o empenho da filha, e que não só ela, mas toda a família estava muito orgulhosa com o desempenho da Aspirante: “Até eu mesma fiquei envolvida durante as sete semanas do curso da minha filha. Ela lutou muito. É uma guerreira. Os dois filhos dela e o marido estão mais que orgulhosos dela.”

As primeiras colocadas do curso foram a Aspirante a Oficial de Magistério com especialidade em Química Sabrina Campos dos Santos (1º lugar), e a Aspirante a Oficial Enfermeira Ceres Maria Barreto Neto (2º lugar). Visivelmente emocionada, a Aspirante Sabrina relatou que, desde o início, se propôs a conquitar o título de primeira colocada para dedicá-lo a sua mãe: “Tive todo o apoio da minha família e amigos. Não foi fácil, foram dias intensos, semanas difíceis. Mas valeu a pena. Eu fui a primeira colocada e isso devo a minha mãe. Eu disse a ela que seria, e fui mesmo.”

Os formandos irão trabalhar em organizações militares da Força Aérea Brasileira (FAB) no Estado do Rio de Janeiro. Depois do período como Aspirantes a Oficial, os formandos serão declarados Segundo Tenentes, podendo chegar a Primeiro Tenentes, com a possibilidade de permanecer na FAB por um período de até oito anos.