TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

FAB institui o Dia da Tecnologia da Informação da Aeronáutica

Data é comemorada em 1° de dezembro
Publicado: 01/12/2019 07:30
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea, por Aspirante Letícia
Edição: Agência Força Aérea, por Tenente Elias - Revisão: Tenente-Coronel Santana

Com o foco central no gerenciamento de informações, envolvendo banco de dados, redes, engenharia de hardwares e softwares, informática e análises, o profissional da Tecnologia da Informação tem atuação estratégica na Força Aérea Brasileira (FAB). Sendo assim, o Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Antonio Carlos Moretti Bermudez, instituiu o 1º de dezembro como o Dia da Tecnologia da Informação da Aeronáutica, por meio da portaria nº 1.914/GC3, que foi assinada em 29 de outubro de 2019.

A comemoração está relacionada com a data de criação do Centro de Informática e Estatística do Ministério da Aeronáutica (CINFE), em 1º de dezembro de 1983. De acordo com o Chefe do Centro de Computação da Aeronáutica de Brasília (CCA-BR), Coronel Intendente Marco Aurélio de Souza, o profissional de Tecnologia da Informação (TI) possui conhecimento para atuar em projetos de informatização de processos, infraestrutura de TI, produção de simulação de voo, entrega de informações confiáveis para o apoio à decisão, segurança da informação e defesa cibernética, dentre outras ações.

“Para manter a informatização de processos, cada vez mais são utilizadas metodologias ágeis e boas práticas para o gerenciamento de serviços de TI. Assim, consegue-se alinhar as atividades desenvolvidas às demandas, de forma a otimizar os recursos disponibilizados”, conta o Chefe do CCA-BR.

O Coronel explica, ainda, que o Sistema de Tecnologia da Informação do Comando da Aeronáutica tem um papel primordial na reestruturação da Força. “O cenário de redução do efetivo e a exigência de informações necessárias para tomada de decisão promoveram a necessidade de rever sistemas, criar e alterar novos processos. Atualmente, sem alguns desses sistemas apoiados e desenvolvidos pelos profissionais de TI, muitas Organizações não conseguiriam cumprir suas missões, e isso demonstra a primordial importância em relação aos sistemas informatizados existentes”, exemplifica.

Patrono da Tecnologia da Informação da Aeronáutica

A lei que outorgou o Major-Brigadeiro Engenheiro Tércio Pacitti como Patrono da Tecnologia da Informação da Aeronáutica foi assinada em 24 de abril de 2019, pelo Presidente da República, Jair Bolsonaro. O Oficial-General faleceu em junho de 2014, aos 85 anos, e foi um dos responsáveis pela criação do Centro de Computação da Aeronáutica do Rio de Janeiro (CCA-RJ), a primeira Organização Militar do Comando da Aeronáutica voltada inteiramente à Tecnologia da Informação (TI). Ingressou no Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) em 1952 para cursar a Graduação em Engenharia Aeronáutica. Dedicou-se à TI no então Ministério da Aeronáutica.

Na área acadêmica, formou-se PhD no Departamento de Engenharia Elétrica e Ciência da Computação na Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos. No âmbito militar, foi o primeiro militar reitor do ITA, onde idealizou, concebeu e criou o curso de Engenharia da Computação.