ORDEM DO DIA

Dia da Intendência

Leia a Ordem do Dia alusiva ao 74º aniversário da Intendência
Publicado: 23/08/2019 16:00
Imprimir
Fonte: DIRAD
Edição: Agência Força Aérea

É com orgulho que comemoramos a passagem do septuagésimo quarto aniversário alusivo ao Dia da Intendência da Aeronáutica. A visão de vanguarda dos pioneiros que se lançaram ao desafio de estruturar uma atividade dedicada, exclusivamente, aos serviços de Intendência, mostrou-se certa e bem-sucedida.

A sua concretização ocorreu com a criação do Serviço de Intendência da Aeronáutica, constituído oficialmente em 23 de agosto de 1945, pelo Decreto-Lei nº 7.892, formado pelas Divisões de Finanças e de Provisões de Intendência, pelos Depósitos Centrais e Serviços de Intendência das então Zonas Aéreas e de órgãos da alta administração, e das Formações de Intendência das unidades administrativas.

Ao fazer uma análise das conquistas do nosso Patrono, o Tenente-Brigadeiro Intendente José Epaminondas de Aquino Granja, de todos aqueles que nos antecederam e dos feitos do passado, torna-se imperativo que pensemos nos desafios do futuro, mantendo o que foi conquistado. Expandir e inovar são verbos que devemos conjugar para cumprirmos com sucesso a nossa missão.

No decorrer dessas mais de sete décadas, o Comando da Aeronáutica tem colhido os frutos do capital investido e a Intendência vem passando por diversas transformações até chegar à configuração atual, com a implementação de avanços tecnológicos e melhoria na capacitação, aumentando o seu escopo de atuação.

Hoje temos uma considerável abrangência que permeia as atividades de Intendência: orçamento, contabilidade, administração financeira, controle interno, material aeronáutico, pagamento de pessoal, subsistência, provisões, gestão de próprios residenciais, serviço de hotelaria, transporte de superfície, aquisições específicas, atendimento aos nossos veteranos e pensionistas, produção agropastoril, Intendência de Campanha e apoio administrativo por meio dos Grupamentos de Apoio e do Centro de Apoio Administrativo da Aeronáutica.

Almejamos, assim, atingir o objetivo primordial de nos antecipar às necessidades da Força Aérea, cumprindo a nossa missão e mantendo a visão no porvir.

 A Intendência foi, também, o berço de iniciativas que trouxeram melhorias para as organizações e que viabilizou a centralização das aquisições, tão propagada no Comando da Aeronáutica. Graças ao árduo trabalho de abnegados oficiais Intendentes que persistiram, apesar dos obstáculos, desde a última década do século passado, no desenvolvimento de uma ferramenta que pudesse realizar todo o processo de obtenção por meio digital. Contaram para o sucesso desta empreitada com a decisiva participação do Grupo de Trabalho - SILOMS e do Centro de Computação da Aeronáutica do Rio de Janeiro.

Desse modo, o processo digital passou a cobrir desde o planejamento das necessidades, passando pelo Processo Administrativo de Gestão, até o recebimento de materiais e serviços.

No encaminhamento da desejável e continua melhoria, o seu desenvolvimento foi acelerado, ganhando robustez com a implantação do Grupamento de Apoio Logístico, quando foram delineados novos processos de gestão que permeavam tanto aquele Grupamento como as suas Organizações Militares apoiadas.

Quando da implementação da reestruturação da FAB, todas essas melhorias de processos e sistemas de tecnologia da informação migraram para os Grupamentos de Apoio (GAP) e para o Centro de Aquisições Específicas (CAE), finalizando o ciclo completo do processo digital de obtenção. Tal dinâmica deverá, em breve, ser utilizada por todas as organizações da FAB, sejam elas apoiadas ou apoiadoras. Tal façanha pode ser considerada pioneira na Administração Pública Federal.

Todo esse trabalho foi desenvolvido tendo como fundamento aquilo que é a marca registrada dos tradicionais Serviços de Intendência: o profissionalismo e a qualidade.

Manter o alto padrão de qualidade do que realizamos deve ser o compromisso de cada um de nós, militares e funcionários civis da Intendência. Essa é, também, a melhor maneira de reverenciar aqueles que nos precederam.

Os sistemas, os equipamentos, os processos e as tecnologias são importantes. Mas definitivamente, mais importante do que tudo isso são as pessoas.

O Intendente tem o privilégio de poder trabalhar, também, em apoio ao mais valioso recurso de uma Força Aérea moderna – os homens e mulheres, pois só eles podem transformar o mundo para uma realidade melhor.

Cabe-me o dever de, neste momento, ratificar o agradecimento aos que nos precederam e aqueles que apoiaram, incentivaram e viabilizaram as realizações da Intendência.

Manifestamos nossos sinceros agradecimentos ao Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Antonio Carlos Moretti Bermudez e a todos os Oficiais-Generais integrantes do Alto-Comando da Aeronáutica pela confiança e pelos incentivos dispensados à nossa Intendência.

Por fim, adaptando os versos do poeta português Fernando Pessoa, podemos, com orgulho dizer que: se voar é preciso; apoiar também é preciso.

Parabéns à Intendência da Aeronáutica! Parabéns a todos aqueles que, direta ou indiretamente, participam das atividades.

Que Deus continue a nos iluminar, protegendo a todos com saúde, harmonia e muita paz!

 

Rio de Janeiro, 23 de agosto de 2019.

Major-Brigadeiro Intendente Carlos Alberto Dias Martins

Diretor de Administração da Aeronáutica