ESPORTE

PROFESP é estendido a alunos da rede municipal de ensino de Florianópolis

Base Aérea passa a atender 190 crianças e adolescentes da capital catarinense
Publicado: 21/07/2019 07:05
Imprimir
Fonte: BAFL, por Sargento Rosana
Edição: Agência Força Aérea, por Tenente Adauto Fraga - Revisão: Capitão Monteiro

Os alunos do Programa Forças no Esporte (PROFESP) da Base Aérea de Florianópolis (BAFL) participaram, no dia 11 de julho, na Escola de Aprendizes Marinheiros de Santa Catarina (EAMSC), da cerimônia militar alusiva ao lançamento oficial da iniciativa para a rede municipal de ensino.

A formatura contou com a presença do Comandante da BAFL, Coronel Aviador Luiz dos Santos Alves; do Comandante da EAMSC, Capitão de Fragata William dos Santos Madela; do Prefeito de Florianópolis, Gean Marques Loureiro; e do Secretário Municipal de Educação, Maurício Fernandes Pereira; além de autoridades civis e militares.

A BAFL já atende cerca de 160 alunos das Escolas Tenente Almachio e Ildefonso Linhares, dos bairros Tapera e Carianos, respectivamente. A partir do mês de agosto, em parceria com a Secretaria de Educação da Capital e apoio de transporte da Prefeitura de Florianópolis, irá atender mais 30 crianças e adolescentes da Escola Adotiva Liberato Valentim, localizada na Costeira do Pirajubaé.

A Tenente Educadora Física Camila Kessler, coordenadora do PROFESP na Base Aérea de Florianópolis, destacou a importância do projeto. “Por meio de práticas esportivas e educacionais, buscamos contribuir para a reversão do quadro de vulnerabilidade social”, avaliou.

Os alunos, que participam do PROFESP realizam, em dois dias da semana em horário diferente do turno escolar, atividades como rugby, muay thai, basquete, judô e aulas de música. O Programa tem o objetivo de democratizar a prática e a cultura do esporte e promover o desenvolvimento integral e a inclusão social. A iniciativa se propõe ao resgate e ascensão social ao fazer com que as crianças em vulnerabilidade social e os adolescentes tenham visão de futuro.

"Gosto de participar do projeto, e quando eu crescer quero poder ensinar judô a outras crianças", disse o aluno Tales Ascore, que está no 6ª ano da Escola Tenente Almachio.

O secretário de Educação agradeceu o trabalho realizado pelas Forças Armadas. “Parabenizo os estudantes por aproveitarem esta oportunidade extraordinária”, pontuou.

Fotos: Sargento Rosana / BAFL