SUSTENTABILIDADE

Programa de Eficiência Energética é apresentado ao efetivo da FAB em Natal (RN)

Objetivo foi debater desenvolvimento de projetos de eficiência energética
Publicado: 02/07/2019 15:40
Imprimir
Fonte: Ala 10, por Tenentes Mega e Juliana Lopes
Edição: Agência Força Aérea, por Tenente Adauto Fraga - Revisão: Capitão Monteiro

A Ala 10, localizada em Natal (RN), realizou, no dia 18 de junho, o Workshop sobre o Programa de Eficiência Energética (PEE) na Guarnição de Aeronáutica de Natal (GUARNAE-NT), o evento é uma das ações previstas no PEE-NT.

“O  Programa começou no ano passado, com aproveitamento de investimentos da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), quando houve a troca de 2600 lâmpadas, tipo led, no Esquadrão de Saúde de Natal. Este ano, foi realizado um certame para seleção de uma empresa que, durante 5 anos, realizará ações de eficiência energética, medição e verificação, bem como a instalação de fontes de energia renováveis em pontos estratégicos da Guarnição de Aeronáutica de Natal”, destacou o Presidente da Comissão de Implantação do Programa de Eficiência Energética em Natal (CIPEE-NT), Tenente-Coronel Intendente Elésio Martins Ferreira.

O workshop foi conduzido pelo Coordenador-Geral do PEE no Comando da Aeronáutica, Coronel Aviador André Luiz dos Santos Caldeira, que apresentou a iniciativa ao efetivo da guarnição, bem como explicou sua importância para a Força Aérea. “O Programa de Eficiência Energética gera benefícios diretos para nossa Instituição, com economia dos recursos destinados ao pagamento da conta de energia elétrica de até 90%, conforme estimativa dos estudos técnicos realizados", destacou o oficial superior.

Além disso, o Coronel Caldeira explicou como cada integrante da Aeronáutica em Natal deve contribuir para que os objetivos do Programa sejam atingidos. "Não basta trocar equipamentos antigos por mais novos, é imprescindível que os usuários sejam conscientizados da importância do uso racional da energia elétrica e que exista continuidade das ações, aplicando-se os protocolos de medição e verificação e as ações do Ciclo PDCA (Planejar, Fazer, Verificar e Aperfeiçoar)”, explicou.

Os recursos financeiros aplicados ao PEE-COMAER são oriundos do Programa de Eficiência Energética (PROPEE), da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), que determina às distribuidoras de energia elétrica a aplicação de até 1% da sua receita operacional líquida em ações de eficiência e em programas de pesquisa e desenvolvimento (P&D).

Durante o evento, com aproximadamente 400 pessoas, o Coronel Caldeira falou sobre a escassez dos recursos de combustíveis fósseis e demonstrou a relevância das fontes de energias alternativas, conduzindo o público presente a repensar a forma de utilização da energia em suas atividades rotineiras.

Fotos: Juliana Lopes / ALA 10