ENSINO

Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica forma 130 novos oficiais

Médicos, dentistas, farmacêuticos, engenheiros, oficiais de apoio e capelães concluíram formação no CIAAR
Publicado: 17/05/2019 23:30
Imprimir
Fonte: CIAAR, por Sargento Yasmim Pena
Edição: Agência Força Aérea, por Tenente Felipe Bueno - Revisão: Capitão Landenberger

O Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica (CIAAR) realizou, nesta sexta-feira (17) em Lagoa Santa (MG), a formatura de conclusão de curso da Turma Alfa, formada por 130 novos oficiais da Força Aérea Brasileira (FAB) que agora atuarão em diversas organizações distribuídas no território nacional. Foram promovidos ao posto de Primeiro-Tenente os concluintes dos Cursos de Adaptação de Médicos, Dentistas e Farmacêuticos da Aeronáutica e dos Estágios de Adaptação de Oficiais Engenheiros da Aeronáutica e de Apoio; os egressos do Estágio de Instrução e Adaptação para Capelães da Aeronáutica foram promovidos ao posto de Segundo-Tenente.


A turma é formada por 69 médicos, dez dentistas, quatro farmacêuticos, 28 engenheiros, 17 oficiais de apoio e dois capelães. O Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Antonio Carlos Moretti Bermudez, presidiu a cerimônia e destacou o papel dos novos oficiais da Força: "Nós estamos muito felizes em participar dessa solenidade e temos a certeza de que esses novos oficiais, em suas futuras organizações, muito contribuirão para a missão da Força Aérea", disse.


O Tenente-Brigadeiro Bermudez ainda participou da entrega da espada, símbolo do oficialato, ao primeiro colocado da Turma Alfa, Tenente Assistente Social Heitor da Silva Codiceira, do Quadro de Oficiais de Apoio, e da imposição da Medalha Eduardo Gomes Aplicação e Estudo, destinada a incentivar a aplicação nos estudos e na instrução de oficiais e praças do Comando da Aeronáutica que venham a distinguir-se nas atividades escolares, classificando-se como primeiro colocado. "Aqui fomos forjados, passamos quatro meses muito intensos, mas deu tudo certo, hoje é dia de comemorar e retribuir à Força Aérea tudo que ela nos proporcionou, fazer o melhor pelo Brasil e contribuir para a Missão da Força, de Controlar, Defender e Integrar o território nacional", disse o Tenente Heitor.

Pelo desempenho durante o curso, o oficial ainda foi agraciado com o Prêmio Honra ao Mérito do Ministério da Defesa, entregue pelo Diretor de Ensino da Aeronáutica, Major-Brigadeiro do Ar Rui Chagas Mesquita, e o Prêmio Força Aérea Brasileira, entregue pelo Comandante-Geral do Pessoal, Tenente-Brigadeiro do Ar Luis Roberto do Carmo Lourenço.

A Turma Alfa é a primeira dos respectivos cursos formada nas novas instalações do CIAAR, transferido em 2018 de Belo Horizonte (MG) para Lagoa Santa. A cerimônia ainda contou com o compromisso dos militares à Bandeira Nacional, desfile militar e o tradicional fora-de-forma com o grito de guerra do esquadrão. O Comandante do CIAAR, Brigadeiro do Ar Mário Sérgio Rodrigues da Costa, falou sobre a primeira turma formada no novo CIAAR.

"A sensação é do dever cumprido, de poder ver o resultado da nossa missão, de entregar mais uma turma para a Força Aérea, coroada de pleno êxito, mas de uma forma totalmente diferente. Aqui em Lagoa Santa, contamos com estruturas fantásticas, belíssimas e funcionais, em sua plena capacidade, com conceitos de sustentabilidade. Isso culminou no melhor aproveitamento da turma, na parte acadêmica e de apoio, onde nós pudemos prover aos alunos condições melhores de dormitórios e refeitório. Isso nos dá a garantia da maior disponibilidade para a instrução, e consequentemente a qualidade da formação é maior e melhor", concluiu o Brigadeiro Mário.

Fotos: Soldados Ramon, Tallisson e De Melo/CIAAR

Assista à matéria em vídeo do evento.