PASSAGEM DE COMANDO

Força Aérea realiza transmissão de cargo do COMGEP

Durante a cerimônia também ocorreu a imposição da Comenda da Ordem do Mérito Aeronáutico
Publicado: 13/12/2018 10:32
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea, por Tenente João Elias
Edição: Agência Força Aérea - Revisão: Major Alle

A Força Aérea Brasileira (FAB) realizou, nesta quarta-feira (12), a Cerimônia Militar de Transmissão do Cargo de Comandante-Geral do Pessoal da Aeronáutica do Tenente-Brigadeiro do Ar Antonio Carlos Moretti Bermudez para o Tenente-Brigadeiro do Ar Luis Roberto do Carmo Lourenço. A solenidade foi presidida pelo Comandante da FAB, Tenente-Brigadeiro do Ar Nivaldo Luiz Rossato, e contou com a presença do ex-Ministro da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Lélio Viana Lôbo, de Oficiais-Generais membros do Alto-Comando da Marinha do Brasil, do Exército Brasileiro e da FAB, entre outras autoridades militares e civis, além de amigos e familiares.

"Os dois oficiais-generais são da mais fina estirpe e, sendo profundos conhecedores da nossa instituição, reúnem todas as características necessárias para garantir o desenvolvimento tão almejado e merecido pela nossa Força, que segue uma tendência evolutiva em direção a um futuro cada vez melhor", enfatizou o Tenente-Brigadeiro Rossato.

Em seu discurso, o Tenente-Brigadeiro Bermudez, que assumirá, em janeiro, o cargo de Comandante da FAB, enumerou algumas realizações no Comando-Geral do Pessoal da Aeronáutica (COMGEP), como a modernização da gestão médico-hospitalar, o aprimoramento das técnicas de ensino na formação e pós-formação, além da melhora dos procedimentos de avaliação do desempenho individual.

"Dediquei o melhor dos meus esforços em todos os níveis de responsabilidade que assumi até o limite da extensão do meu comando, ora concebendo novas formas de resolver problemas crônicos, ora aperfeiçoando processos e métodos, tornando-os mais dinâmicos e sincronizados às necessidades do processo de Reestruturação da FAB", ressaltou o oficial-general.

O novo comandante do COMGEP ingressou na FAB em março de 1976 e foi promovido ao atual posto em novembro deste ano. Realizou todos os cursos de carreira e, também, um MBA em Gestão Administrativa. Entre os principais cargos que assumiu estão o de instrutor de voo da Academia da Força Aérea, Adido de Defesa e Aeronáutico do Brasil no Equador e Vice-Secretário de Economia, Finanças e Administração da Aeronáutica. Ele já foi, ainda, Chefe do Estado-Maior do COMGEP.

"A área de recursos humanos da Força Aérea é uma área importante, difícil e prazerosa porque a gente está cuidando das pessoas e isso me dá muita alegria, muita satisfação e vontade de trabalhar mais para o bem-estar do nosso povo", afirmou o Tenente-Brigadeiro Lourenço.    

OMA

Durante o evento, também, foi realizada a solenidade de imposição da comenda da Ordem do Mérito Aeronáutico (OMA), no grau Grã-Cruz, pelo Tenente-Brigadeiro Rossato ao Presidente da Comissão de Coordenação e Implantação de Sistemas Espaciais (CCISE), Tenente-Brigadeiro do Ar Luiz Fernando de Aguiar; ao Chefe do Gabinete do Comandante da Aeronáutica (GABAER), Tenente-Brigadeiro do Ar Marcelo Kanitz Damasceno, e ao Tenente-Brigadeiro Lourenço.

"É uma alegria muito grande receber essa comenda e, agora que estamos fazendo parte do Alto-Comando, vamos continuar contribuindo para que a Força seja engrandecida cada vez mais", destacou o Tenente-Brigadeiro Aguiar

Criada em 1943, a OMA é uma distinção concedida a militares da Aeronáutica brasileira que tenham prestado notáveis serviços ao país ou que tenham se distinguido no exercício da profissão; a militares das Forças Armadas nacionais e estrangeiras que tenham se tornado merecedores de homenagem da Nação brasileira e, particularmente, da Aeronáutica; a cidadãos brasileiros e estrangeiros que tenham se destacado nas áreas que atuam a serviço do país; e a corporações militares, nacionais ou estrangeiras, suas bandeiras ou estandartes, por serviços ou ações que mereçam o reconhecimento da Nação brasileira e, de modo particular, da Aeronáutica.

Assista aqui ao vídeo.

 

Fotos: Soldado Wilhan Campos