INTENDÊNCIA

“Transformar números em conhecimento”

Método informatizado de análise gerencial permite a consolidação de um grande número de dados
Publicado: 22/08/2018 00:00
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea, por Tenente Gabriélli Dala Ve
Edição: Agência Força Aérea, por Tenente João Elias - Revisão: Major Alle

Desde o ano passado, a sigla “BI” vem transformando a rotina da 5ª Subchefia do Estado-Maior da Aeronáutica (EMAER). O Plano de Ação Orçamentário do Comando da Aeronáutica de 2018, pela primeira vez, foi elaborado com a ajuda de uma ferramenta de Business Intelligence (BI). Com a adoção deste novo instrumento, é possível analisar dados orçamentários de forma rápida, pictorial e com o nível de detalhamento desejado, além de garantir transparência e acesso às informações.

A utilização deste método informatizado de análise gerencial permite a consolidação de um grande número de dados, que, devidamente organizados, mostram como o orçamento está sendo distribuído e aproveitado dentro do exercício financeiro. “Trata-se de transformar números em conhecimento”, explica o Chefe da Seção de Estudos de Dados Orçamentários, Tenente-Coronel Intendente Francisco Luiz Guerra Figueira. Os gráficos têm contribuído para a distribuição de recursos para o próximo ano.

O Chefe da 5ª Subchefia, Brigadeiro Intendente Paulo Mauricio Jaborandy de Mattos Dourado, explica que, em época de crise e restrições orçamentárias, novas ferramentas, como o BI, alinhadas com as práticas de governança e de gestão de riscos, adquirem ainda mais relevância. “Não há espaço para erros, muito menos para desperdícios”, disse o oficial-general.

Entenda: 

O que é o Plano de Ação Orçamentário?

O Plano de Ação é o documento-síntese deste planejamento e contém as distribuições específicas das dotações orçamentárias para a realização das despesas do COMAER.

Foto: Sargento Bruno Batista/CECOMSAER