SISTEMAS ESPACIAIS

Reunião debate parceria em relação a satélite óptico entre FAB e outros órgãos

Satélite será o primeiro a gerar imagens de alta resolução de todo o território nacional
Publicado: 06/07/2018 12:51
Imprimir
Fonte: CCISE
Edição: Agência Força Aérea, por Tenente João Elias - Revisão: TC Pedra

Uma reunião entre a Força Aérea Brasileira (FAB), a Embrapa Territorial e o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) foi realizada, no dia 28 de junho, em Brasília (DF), para tratar de parceria no projeto do primeiro satélite de sensoriamento óptico da frota CARPONIS, pertencente ao portfólio de projetos do Programa Estratégico de Sistemas Espaciais (PESE).

"Esta parceria não só trará benefícios para a Defesa, como também para toda a sociedade brasileira, por meio dos produtos de alta resolução e baixo custo fornecidos pelo satélite", ressaltou o Chefe da Área de Planejamentos Operacionais do Estado-Maior da Aeronáutica (EMAER), Major-Brigadeiro do Ar Jefson Borges, que estava representando o Presidente da Comissão de Coordenação e Implantação de Sistemas Espaciais (CCISE), Major-Brigadeiro do Ar Luiz Fernando de Aguiar.

Com a previsão de ser lançado em órbita no ano de 2021, o CARPONIS-1 será o primeiro satélite de sensoriamento remoto óptico brasileiro a gerar imagens de alta resolução de todo o território nacional e de áreas de interesse estratégico do país. Como o projeto destaca-se pelo caráter dual, entendimentos realizados com a Embrapa Territorial e com o MAPA identificaram aplicações que são capazes de potencializar os produtos gerados pelas organizações e contribuir diretamente na produção agropecuária do país.

De acordo com o chefe geral da Embrapa Territorial, Evaristo de Miranda, a maturidade tecnológica com a qual a Embrapa conduz seus trabalhos de recebimento, tratamento e uso de imagens orbitais e os trabalhos conjuntos que a Empresa já desenvolve com as Forças Armadas, aliados a formalização de um acordo ou convênio de cooperação, deixará um legado para o país.

Por sua vez, o secretário-executivo do MAPA, Eumar Novacki, que preside o Conselho de Administração da Embrapa, disse que o ministério tem interesse em projetos de inteligência territorial fundamentais para o desenvolvimento tecnológico e de monitoramento do setor agropecuário nacional.

A reunião contou, ainda, com a presença do Assessor da 3ª Subchefia do EMAER, Tenente-Coronel Alessandro D’ Amato, do Chefe da Divisão de Sistemas Espaciais da CCISE, Capitão de Fragata, Márcio Martins da Silva Costa, e da Secretária-Executiva do Comitê Técnico Interno, Lucíola Alves Magalhães.